sexta-feira, 2 de maio de 2014

Vou guardar tua moldura.

**//**
Vou levar-te comigo para o meu imaginário
Em férteis momentos que os vejo com fervor
Pinto no teu corpo como se fosse um cenário
Palavras tão bonitas, com alegria, luz e cor

És o corpo pintado do meu quadro preferido
Onde te emolduro com as mais bonitas cores
Sorrio para ti, gosto do teu jeito enternecido
És inspiração do todo o meu jardim de flores

Falo sozinha, para uma imagem que vejo
Na realidade serás sempre tu, meu desejo
Que provoca arrepio, e amolece meu coração

Diariamente te imagino no meu quadro pintado
Fazes-me companhia, quando triste tenho andado
Vou guardar tua moldura para minha recordação
*****

Cidália Ferreira

15 comentários:

  1. Lindo amor que restará sempre vivo na moldura pra sempre...beijos,lindo dia! chica

    ResponderEliminar
  2. E a moldura guarda um bem mais precioso, a imagem dele.

    Beijinhos

    ResponderEliminar
  3. Lindo Cidália,é sempre bom guardar o mais precioso em uma moldura.
    E dentro do coração!!
    Bom dia,beijinhos.

    ResponderEliminar
  4. Lindo!!! Um poema expressivo, delicado e muito belo.
    Bom dia!

    ResponderEliminar
  5. Um encanto de soneto, cheio de amor e saudade. Bom dia amiga!

    ResponderEliminar
  6. Mas que bela moldura!...:-)
    Parabéns, deves estar radiante com o teu Benfica!...:-))
    xx

    ResponderEliminar
  7. Oi Cidália,
    Lindo poema de amor
    Beijos
    Lua Singular

    ResponderEliminar
  8. A sua poesia é muito boa, e desejo imensa sorte para o seu livro.
    Eu não vou estar em Portugal, porque vou para a Irlanda,porque
    teria muito gosto em estar no lançamento e conhecê-la pessoalmente.
    Bj.
    Irene Alves

    ResponderEliminar
  9. Oi Cidália,você esta cada vez mais se aprimorando em seus poemas.
    E esse é mais um com a moldura dos seus versos de amor.
    Lindo.
    bjs amiga
    Carmen Lúcia.

    ResponderEliminar
  10. Lindo, requintado...falar de amor é tal e qual assim...simples não é?? mas só para quem sabe, para quem faz da poesia a cama onde se deita com o Amor!!

    beijo-te minha querida poeta

    ResponderEliminar
  11. Da imaginação sempre fértil vai construindo belos poemas.
    abraço

    ResponderEliminar
  12. Um poema maravilhoso cheio de amor e sedução. Adorei.
    Beijo

    ResponderEliminar
  13. Querida Cidália
    Um belo hino ao seu amado! Muitos parabéns.
    Um beijinho
    Beatriz

    ResponderEliminar