terça-feira, 31 de março de 2020

Eu posso...

****
Eu posso seguir na inquietude desta quarentena
Posso, ser tudo, ser nada, neste mundo Indigno
Posso, não receber os abraços... Mas é obscena
A ideia, da rebeldia dum mundo cruel. Designo
*
Posso, e quero, o que for melhor, para o mundo
Quero, um mundo melhor, e de sorrisos abertos
Quero união, humanidade, em estado profundo
Porque, podemos ser mais unidos, nos desertos
*
Queria, poder continuar este caminho, sozinha
Queria, poder adormecer e sair deste pesadelo
Abraçar o mundo, tão incerto, que se avizinha
*
Não consigo, ficar mais tempo antes da partida
Eu posso... e quero... esquecer todo este flagelo
Acreditar, que dentro do meu lar existe guarida
****
Cidália Ferreira

domingo, 29 de março de 2020

Um futuro mundo melhor

****
Amanhece, o sol espreita pelas ramagens
A brisa fresca em verdes campos
Pássaros cantando para ninguém
Campos vazios de gente, a mágoa
A mudança de uma vida, tão severa
Que nos faz meditar pelas brechas do tempo
*
Os raios de sol desafiam os sentimentos
Do querer a libertação e sentir a brisa
Sentir ao pés no chão, olhar em volta
Ver o mundo activo... ver gente
Ver o crescimento da natureza
Sem receios, sem a prisão, sem o pânico
*
Amanhece, mas dentro da minha janela
Espreito pela cortina e vagueio
Com uma saudade tremenda de outrora
Onde pouco valor se dava à natureza
Hoje, tanta coisa se desejava fazer, não faz
Resta a meditação, de um futuro mundo melhor.
****
Cidália Ferreira
.
🌈VAMOS TODOS FICAR BEM🌈

sábado, 28 de março de 2020

Tudo se recomeça...

Resultado de imagem para imagens de força
****
Entre o distanciamento tão duro e lento
Quando, no solo, apenas existe uma flor
Num sol brilhante e tão cinzento de dor
Existe o murmúrio moribundo, sedento
*
Sendas abandonadas, por gentes de bem
Deixando à sua sorte a flor da esperança
Ficando, entre muitas outras lembranças
Num solitário distanciamento de alguém
*
Tudo se aprende nesta vida tão exigente
Tudo se ganha, tudo se perde neste meio
Tudo se recomeça lentamente em anseio
Que o afastamento seja um bem urgente
****
Cidália Ferreira

quinta-feira, 26 de março de 2020

Deambulo nas tuas palavras escritas outrora

****
Deambulei, pela  noite, perdida de amores
Cheguei ao local um  alguém me esperava
O mar, qual lago, matizado de tantas cores
Onde me deixei ficar...a saudade imperava
*
As estrelas pareciam teus beijos cintilantes
Onde cada uma parecia teu olhar sorridente
Mas neste lugar tão silencioso, dos amantes
Ficam-me as lembranças gravadas na mente
*
Deambulo nas tuas palavras escritas outrora
Afago-as no meu coração como o prometido
Deixo-me envolver no irreal a qualquer hora
*
As estrelas continuam brilhantes...Tu existes
Neste mar deserto, só para mim, e comedido
Onde deambula minha saudade e tu sumistes
****

terça-feira, 24 de março de 2020

Primavera assombrada...

****
Noite vazia, escura como breu
Lua brilhante, iluminando
Almas vazias, tristes, sozinhas
Nuvens dispersas
Sem estrelas
E a solidão instala-se
*
Árvores secas, morrendo de pé
As folhas voaram
Os ramos não brotam
A primavera entrou assombrada
Mas a noite
É como o dia, vazio
*
Nasce mais um dia, e termina
Nem viva alma se vê
A tristeza é companheira
A revolta domina-nos a mente
As árvores morrem
Numa constante solidão
*
O dia nasce, e ninguém faz caso
As ruas sentem-se abnegadas
Já outros olhares ali passaram
Correrias, e vidas atarefadas
Numa solidão tão deserta
Como se fosse noite na minha alma.
****
Cidália Ferreira

segunda-feira, 23 de março de 2020

Entre trajetos árduos ...

****
O mundo une-se, pelas mesmas circunstâncias
As caminhadas são árduas realidades nas vidas
As aves, sentem-se abandonadas por distâncias
Entre os caminhos sem fim...realidades vividas
*
São condições iguais, para o rico e o humilde
O ambiente  circula a uma velocidade incrível
Não há força que nos faça  demover nesta lide
E recomeçar, mesmo  num silêncio invencível
*
Entre trajetos árduos haverá de ficar tudo bem
Conseguir - nos - emos reerguer e ser vencedores
Sermos pessoas melhores, se todos perceberem
Que o mundo, está unido, numa ligação de dor
*
Os precipícios são os autênticos ensinamentos
De duras realidades, que nos fazem prosseguir
A crença, é maior força de todos os momentos
E mesmo que a trilha se afaste é nunca desistir
****
Cidália Ferreira


VAI TUDO FICAR BEM

sexta-feira, 20 de março de 2020

Giramos juntos, numa bolha. Mundo imperfeito

****
Sinto que o mundo gira numa bolha de ar impuro
Sinto, que tudo o que se respira, é cruel e amargo
Sinto que ao fim do horizonte dum caminho duro
Está a nossa vida, entregue à realidade e encargo
*
Vai ficar tudo bem, se assim cumprimos o dever
O dever de suster e de apelarmos a uma reflexão
Apelando às forças, sem que possamos conviver
Alimentando a expectativa, da nossa compaixão
*
Giramos juntos, numa bolha. Mundo imperfeito
Onde o ar é de todos e de ninguém, mas doentio
A poluição que ninguém deseja. Mundo desfeito
*
É uma vida desamparada e à deriva pelo deserto
Numa angústia, dentro de cada coração sofredor
De quem dorme, e acorda, e o desejado é incerto
****
Cidália Ferreira 
-
{VAI   FICAR   TUDO   BEM}

quinta-feira, 19 de março de 2020

A fé atravessa-nos o pensamento cruel

****
A fé move-nos, e faz-nos a acreditar
Faz-nos calar muitas vozes
Faz-nos querer um mundo melhor
Olhar para o lado, querer ajudar
Faz-nos olhar o mundo com outros olhos
Faz-nos chorar, de tristeza, de alegria
Faz-nos soltar em gritos mudos
Talvez refletivos para uma esperança
*
A fé leva-nos à mais profunda reflexão
Olhares aflitos, tremores no coração
Dá-nos aquela força, divina
Dá-nos a crença, e não o desânimo
Dá-nos a vida pesada, mas com leveza
Faz-nos mover montanhas de incerteza
Procurando o melhor para a humanidade
Porque a nossa crença é a bonança
*
A fé atravessa-nos o pensamento cruel
Faz-nos acreditar que dias melhores hão-de vir
Faz-nos olhar a natureza com olhos de ver
Abraça-la mentalmente, aproveitar o sol
Ainda que algumas nuvens se atravessem
Outras se esvaeçam, sem querer
Haverá a outra face que nos fará sorrir
E acreditar, que a crença, é a única solução
****
Cidália Ferreira
Resultado de imagem para arco iris.- vai ficar tudo bem

quarta-feira, 18 de março de 2020

Nesta senda feita de curvas e rectas

****
Vagueio pela recta da senda isolada
Olhando o horizonte e céu nublado
Desertos de solidão, e desesperada
Continuo de ânimo sobrecarregado
*
Nuvens revoltas, e aves que fogem
Procurando no ar o alento disperso
Esvoaçando em sentido e coragem
Deixando ao abandono, o universo
*
Nesta senda feita de curvas e rectas
Vagueio, e entre o sentimento misto
Partem as aves com desejo de metas
Para uma chegada, antes do previsto
****
Cidália Ferreira.

segunda-feira, 16 de março de 2020

Sinto que o tempo vai ficando escasso

Resultado de imagem para imagens uma lágrima
Olho o além, com o compromisso de ver
Através da vidraça do meu quarto,
Olhar duvidoso, pensamento vão
Num silêncio que se torna assustador,
Mas, que todos tenhamos de respeitar
Quem sabe, servir-nos-há de reflexão
E não vejamos a humanidade a decrescer 
*
Nem viva alma passa pelas ruas, desertas
Apenas o zumbido do vento se ouve,
Do meu pensamento saltam emoções
Lembranças num misto te tristezas
Sem saber, como irá ser o futuro,
Apenas a solidão e o pensamento comove
Por um destino onde as palavras são incertas
*
Sinto que o tempo vai ficando escasso
Numa correria sem consciência
Sinto que através no meu olhar sereno
As lembranças, a reflexão, o tempo
É o maior amigo, se souber-mos esperar
Se respeitarmos a vida com sapiência
Que façamos dela, o nosso maior compasso
****
Cidália Ferreira

sexta-feira, 13 de março de 2020

Arrepiam-me tuas palavras saídas d'alma.

Resultado de imagem para frases triste de amor
***
Olhos vidrados, cansados, tão pesarosos
Lágrimas de saudade que libertam por ti
Por tudo o que me fizeste ser, e ansiosos
Derramam os sentimentos, que já admiti
*
Fico na dúvida... mas numa profunda dor
Arrepiam-me tuas palavras saídas d'alma
Mesmo sabendo que são meras de pudor
As lágrimas são palavras isentas de calma
*
Olhar lavado, e vagueando pela incerteza
Apaixonado pelo sentimento do desígnio
Vivendo em sentido, e exausta estranheza
*
Olhos negros, e saudosos...triste realidade
Quando, as palavras, são o veraz declínio
Deixando na alma, o vazio, da dignidade.
****
Cidália Ferreira

quinta-feira, 12 de março de 2020

Transparências ...

Resultado de imagem para mulher de vestido na praia

***
Transparências, numa manhã de primavera
Numa viagem pelo areal castigado
Humedecido, pelo mar calmo, azulado
Enquanto a brisa vai sussurrando ao ouvido
Coisas, que minha mente traz à quimera
*
Salpicos de iodo pela manhã, me fascinam
Quando sozinha me dispo, e por ali passeio
O sol penetra-se na minha alma, e anseio
Que este silêncio me deixe num jeito sorridente
Enquanto as ondas me banham os pés, e serenam
*
Transparências, quando da alma me desnudo
Olho o horizonte e bate aquela saudade
Da promessa feita num momento de felicidade
Mas, desnorteia-me saber que deambulo sozinha
Enquanto o meu corpo pelúcido se sente sisudo.

***
Cidália Ferreira

segunda-feira, 9 de março de 2020

Toca-me, os sentidos ...

****
Toca-me, nem que seja, num pensamento
Passa as mãos pelas curvas do meu corpo
Sente-o, como pérolas da vida num sopro
Nem que seja, apenas por breve momento
*
Toca-me, sente-me a alma no desassossego
Acaricia-me a pele, aveludada, pelo desejo
Nunca te esqueças de deixar teu doce beijo
E o odor da tua tez no meu corpo de apego
*
Toca-me, provoca em meu corpo, o arrepio
Excita o meu pensamento, que adormecido
Coberto de pérolas nunca se dá por vencido
Mas esconde um sentimento nobre e sóbrio
****
Cidália Ferreira

domingo, 8 de março de 2020

Ser Mulher, É...

Resultado de imagem para imagens : ser mulher
Ser mulher, É...
Ser o mundo em construção
Ser, o Ser de procriação
Ser a noite e ser o dia
Ser a imensidão do mar
Ser o sorriso escondido
Ser amor, que espalha a poesia
*
Ser Mulher, É...
Ser o esforço quando acorda
Ser a luz, do coração de alguém
Ser a utilidade enquanto gente
Ser tratada com amor
Ser a inspiração, dar o que tem
Ser o mundo em reconstrução
*
Ser Mulher, É...
Ser a Força da Natureza
Ser conselheira, amar em silêncio
Ser o lacrimejar em emoção
Ser a natureza que brota cada flor
Ser tanto, ou tão pouco, ser verdadeira
Ser um exemplo, e nunca a riqueza
*
Ser Mulher, É...
Ser o pensamento profundo
Ser o rosto sorridente
Ser humilde, dar o exemplo
Ser, o Ser que sobrevive
Ser, ou não ser, experiente
Ser Mulher é...uma dádiva do Mundo
****
Feliz dia internacional, para as Mulheres de todo o Mundo:- Cidália Ferreira.

sábado, 7 de março de 2020

Sonho improvável ...

****
Sinto que continuo naquele sonho improvável
Onde tudo é pintado de várias cores, e sabores
Onde o agridoce do tempo me traz dissabores
Mas continuo no meu imaginário incontestável
*
Anda sobre mim uma nuvem de fumo tão belo
Um fumo, que parece a tua sombra a meu lado
Onde caminhamos pelo túnel, tão abandonado
Mas, com um silêncio natural, e muito singelo
*
Neste sonho improvável onde tu estás presente
Sinto num sopro as caricias que me prometeste
Mas tudo passa ao acordar...onde não estiveste
Meu olhar entristecido, que no sonho presente
*
Mas, sendo um sonho, ou uma outra realidade
É sempre um sufoco quando sei que não estás
Todas as horas são  contadas, como horas más
Acordo do sonho, e ao fundo  vejo a realidade
****
Cidália Ferreira

quarta-feira, 4 de março de 2020

Em sonho de amor primeiro

****
Deixo-me levar por um vento voraz
Quando embarco num breve sonho,
Vejo as cores, em todas as cores
Sinto o assobio do vento
Testemunhando segredos d'amores
Amores esquecidos, tanto faz,
O vento, que tudo leva e tudo traz
Quando num sonho se vive o momento
De ilusões, ou realidades possíveis 
Onde me deixo levar pelo sentimento
*
Se o vento levasse a minha mensagem
Ainda que o sonho fosse impossível
Faria de tudo para conquistar
Entregar-me-ia sem medos
Às cores do amor, e da sedução,
De olhos fechados, sentindo teu cheiro
Num turbilhão de outras sensações,
Mas foste tu, o amor primeiro
Que me fez palpitar em voraz aragem
E a quem em sonho confiei meu coração

****

Cidália Ferreira

domingo, 1 de março de 2020

Sopros e sonhos, em contraluz. [Poetizando e Encantando: Segunda edição: Nr 01 ]

Podem ser os sonhos, os belos mistérios
Serem o caminho de uma vida, ser acção
Adornos dourados, estrelas...doce edição
E ter-te perto de mim. Momentos sérios
*
Sopro com carinho os sonhos vindouros
Brindo à vida, que me presenteia de luz
Os sonhos, e ensinamentos são tesouros
São os elixires d'uma vida em contraluz
*
Soubesses tu que meu sopro tem destino
Abrias a porta do teu coração, percebias
O quão importante és...em meu desatino
*
São os mistérios duma vida com segredos
Como as estrelas e suas saudáveis ironias
Escapando, docemente, pelos meus dedos
****
Cidália Ferreira.
SEGUNDA EDIÇÃO DO POETIZANDO E ENCANTANDO - 01
Não poderia deixar de embarcar novamente nesta "aventura poética" no qual já sentia saudades. Muito obrigada Amiga Lourdes Duarte, por mais um convite. Obrigada por não se esquecer no meu cantinho. Tenho a certeza que este "desafio" vai ter mais sucesso ainda... Obrigada! Blogue:- Filosofando na Vida. Também AQUI Visitem e façam-se seguidores.