sábado, 23 de outubro de 2021

Tento esquecer de quem não me merece


 *****

Esvoaçante, como os meus pensamentos
Num silêncio que entoa
Mil pensamentos guardados em mim
Numa dança, que nunca será à toa
Depende, dos acertados momentos
Mas, os meus pensamentos não terão fim
*
Tento esquecer de quem não me merece
Que, por momentos, usa a traição
Quem não respeita a suscetibilidade
Deixando mágoa no meu coração
Mas confessando a verdade, a gente esquece
Porque a vida segue... mas sem vaidade
*
Esvoaçantes, tal como os meus ideais
Vestido longo, cor quente, acetinado
Alegria saída da alma, e sem saber
Que trago o coração apaixonado
E mesmo que não seja segredo, jamais
Roubarão de mim esta alegria de viver!

*****
Cidália Ferreira
______________________

Um blogue que vos recomendo; " METADE DE TI É MEU " visitem, sigam e comentem. Obrigada. Bom Domingo.

sexta-feira, 22 de outubro de 2021

Tu, eu, e a nossa cumplicidade (da mana)


Tu e eu....
**
Duas irmãs que se amam
Que só com um olhar,
Sei que consegues ler
Os meus pensamentos. 
Consegues ver toda a minha alma, 
De trás prá frente, 
Tens um dom especial, porque me conheces, 
Tão bem, que quase podia chamar-te de "Mãe".
Amo os nossos passeios, as nossas gargalhadas,
Tanta coisa que fazemos juntas, 
Que nunca, nem a distância, 
Nos conseguiu afastar. 
*
 Adoro a nossa cumplicidade,
Mesmo, tendo tu o teu feitio, 
Por vezes chamam-te "rabugenta ", deixa,
Eu também tenho o meu...
Ainda assim cá nos entendemos!
Foste, és, e sempre serás, apesar de irmã,
 Uma grande Amiga...muito especial para mim,
Que esteve, e estará sempre presente,
 Em todos os momentos bons e maus da minha vida. 
Então... do fundo do meu coração...
"Obrigada Maninha"
Amo-te muito 
Mana.

 Escrito por:- Paula Saraiva. A minha mana mais nova

Bem, assim sendo, apraz-me apresentar-vos mais uma iniciante na escrita. Aproveito e deixo-vos finalmente o seu/nosso blogue  METADE DE TI, É MEU...  Desta vez fui eu a presenteada o que me deixou profundamente feliz e emocionada 🌻 

Visitem e façam-se seguidores...Obrigada

quinta-feira, 21 de outubro de 2021

Nunca deixem que vos destruam a autoestima


 ****Para quem sofre de bullying****

Nunca deixem que vos manipulem
Que vos ponham a baixo
Que digam que estão feias/os
Que vos obriguem a fazer o que eles/as querem
Não deixem...
Não deixem que vos destruam a autoestima
Que vos rebaixem,
Que usem a violência
Que vos chantageiem
Que vos obriguem a ficar em silêncio,
Não se fechem nem se calem
Não deixem...
Que vos destruam por causa do medo
Jamais deixem que vos roubem a alergia
A vontade de viver. Não deixem!
.
Apenas os fracos recorrem ao bullying. Porém, estes ditos fracos também precisarão de ajuda, mas ninguém nota.
.
Precisamos estar atentos. O stress da vida, por vezes, pega-nos partidas de forma, que não reparemos no que se passa à volta das nossas crianças e jovens.
.
Denunciem
Falem, com os vossos Pais, Avós, Tios, Professores, Auxiliares, etc...
Mas, não deixem que vos façam sofrer, nem que vos roubem a autoestima
Denunciem... denunciem sem medos... SEMPRE
.
"Nunca façam aos outros o que não gostam que façam convosco."

Cidália Ferreira

terça-feira, 19 de outubro de 2021

Sonhos, vontades, e outros desejos ...

****
 
Sonhos, vontades, e outros desejos
Envolvidos no sono
Duma noite chuvosa, mal dormida
E por períodos,
Entre o sono mais profundo
E o mais leve
Envolvo-me num sonho impossível
Que me consola a alma
Mas, acordo sobressaltada,
Imagino, como seria aquele beijo
Que escapou
Dos meus lábios tão sedentos
Acordada fiquei,
Ouvindo a chuva nas telhas
Embrenhada nos mais ternurentos beijos!

****
Cidália Ferreira

domingo, 17 de outubro de 2021

Traçando os caminhos sombrios

~~~~~~ 

Traçando os caminhos sombrios
Calcando folhagens ressequidas
Sentindo o silêncio do vento
E o esvoaçar dos ramos vadios
.
Caminhando sem medo do destino
Procurando no silêncio, respostas
Estar atenta a cada mensagem
Sem nunca entrar em desatino
.
É outono na vida de muita gente
Volta a melancolia e a saudade
Alivia a alma, abraçar uma árvore
E tudo ficará mais leve e resiliente
~~~~
Cidália Ferreira

sexta-feira, 15 de outubro de 2021

Numa árvore onde o silêncio se torna audaz


 *****
Sente-se paz num deserto no meio do nada
Onde o sol se expõe por detrás da natureza
A brisa é respirável, saudável e enamorada
Onde se deseja viver em paz, por gentileza
*
Numa árvore onde o silêncio se torna audaz
Talvez por ser sozinha e se ergue, não morre
Seca e volta a brotar, na estação mais fugaz
Mesmo que seja no ermo, onde tudo decorre
*
Céu azul, na resplandecência do sol nascer
Onde a calma, é a reflexão do meu coração
Não existe nada mais belo, que saber viver
Mesmo no silêncio de uma nova convicção.
*****
Cidália Ferreira

terça-feira, 12 de outubro de 2021

Mãos que acolhem no regaço

 ****

Mãos... que trabalham do duro
Que albergam qualquer tempestade
Que afagam, e afastam a maldade
De qualquer contratempo impuro
.
Mãos que acolhem no regaço
Que levam ao rosto, ao beijo
Que massajam com desejo
E não se vencem pelo cansaço 
.
Mãos, que abrangem o mundo
Que dão a vida, pela vida
Salvando momentos de lida
Onde o carinho é tão profundo
.
São mãos, que cuidam da família
Que doam e agasalham
Se desmazelam... trabalham
E, serão sempre uma mais valia  
****
Cidália Ferreira

segunda-feira, 11 de outubro de 2021

O meu coração tem cor

*****

Benfica, o clube do meu coração
Que me dá alegrias com arrepios
Minha paixão, e nunca desilusão
Faz saltar nos jogos, são delírios
*
Quem nasce benfiquista, saberá
A alegria que sente ao ver jogar
O clube que sempre nos ajudará
E no alento, com alegria festejar
*
Neste momento em que me sinto
De alma aliviada, muito contente
Pelo novo mister sempre distinto
O Sr Rui Costa, nosso Presidente
****
 
Cidália Ferreira

domingo, 10 de outubro de 2021

Queria ser...

*****

Queria ser;
A serenidade das manhãs de outono
O colorido mais sedutor do arvoredo
E o espelho das águas sossegadas...
*
Queria ser;
As folhas que desistem de cair
Esperando outras, que um dia virão
Sendo as resistentes dum outono calmo...
*
Queria ser;
Em cada madrugada, o amanhecer
Esperar um sol límpido e perspicaz
Que reflete em cada folha que se solta...
*
Queria ser;
A fortaleza dos dias mais pequenos
Guardar no meu coração todas as cores
Que as árvores nos oferecem com ternura...
*
Queria ser;
Como o rio, beijando o céu azul celeste
Passear pelo arvoredo mesclado
Em reflexão, de uma vida atribulada...
*****
Cidália Ferreira 

quinta-feira, 7 de outubro de 2021

Enquanto a solidão me perseguir

Imagem pessoal
****

Costas voltadas num olhar atento
A brisa da noite limpa-me a alma
O horizonte, o alimento da calma
Os pensamentos são mero alento
*
A luzes da noite são meu encanto
A coragem acalma o meu espírito
E meu olhar para além do infinito
Viaja, no pensamento, em pranto
*
Mil sentimentos passam por mim
Tantos, quantos me acompanham
Os que me acompanham... olham
E percebem que sou muito assim
*
Enquanto a solidão me perseguir
Jamais poderei de tudo esquecer
Mas, enquanto a vida for...vencer
As costas voltar-se-ão para sorrir
*****
Cidália Ferreira 

terça-feira, 5 de outubro de 2021

Que nunca se ouse enfrentar...

*****
Ondas revoltas e embrulhadas
Raios de sol penetrantes
Agitação, beleza, salpicos
É a natureza, na intensidade
Intimidando olhares espantados
*
Batem, sem noção em rochedos
Uma força que a natureza tem
Inundam areais habitados
Despertam emoções
Aos que respeitam seus medos
*
Um sol incandescente tricolor
E ao pôr-se, além mar
Deixa a beleza e o brilho
Em mar agitado, marés vivas
Aos olhares penetrantes, com fervor
*
O respeito que as ondas transmitem
Deixam marcas no pensamento
São o espetáculo da natureza
Mas que nunca se ouse enfrentar
Esta força incalculável. Não facilitem...
*****
Cidália Ferreira

domingo, 3 de outubro de 2021

Felizes somos ao contemplar o amanhecer

***** 
Felizes somos, ao contemplar o amanhecer
Poder acordar, respirar, a brisa da manhã
Olhar o horizonte, e para lá da montanha
Se consegue antever a beleza resplandecer
*
Felizes somos, por acordar, e poder detalhar
Ter na mesa um pouco de tudo, até gratidão
Fazer o melhor pela natureza com prontidão
Olhar para um mundo imperfeito, e trabalhar
*
Felizes somos, por nos sentirmos conscientes
Por sermos presença, em cada dia que nasce
Sem termos direito a recusa nem procedentes
*
Se refletirmos no que se passa ao nosso redor
Se podermos acreditar que outra vida renasce
Felizes somos por acordar numa vida com cor.
*****
Cidália Ferreira

Para todas as amigas e amigos deste cantinho, votos de um excelente fim de semana.

sexta-feira, 1 de outubro de 2021

Mundo catastrófico... [desafio- Marta Vinhais]🌏

'imagem da google'

 ******

Quando era miúda já ouvia, “os mais velhos” dizerem, que o mundo andava louco. Ria-me, não acreditava nas palavras que ouvia.

Constato que é verdade. Louco, porque é o próprio ser humano que o destrói. É tudo muito pouco. O ser humano quer mais... quer tanto que, de tanto querer, a vida é um autentico carrossel de emoções. Um redopio que nos impede de, parar e pensar, porque a própria vida assim o exige.

Não posso estar mais de acordo com os antigos. O mundo está doente e a ser destruído lentamente.

O stresse é deveras demasiado. Entre outras doenças, cada vez mais, existem as doenças do forro psicológico. As depressões são a doença do momento [moda]. As pessoas que não conseguem ultrapassar a doença arriscam-se a serem deixadas numa qualquer Ala psiquiátrica, entregues à solidão.

Cada vez mais me convenço que o fim está próximo. Basta fazer uma reflexão de todos as noticias que passam diariamente nas TV's, sobre o mundo, catastrófico a todos os níveis. Está louco...está deveras doente. Uma doença sem cura. Todos nós somos arrastados para o abismo...

*********
Uma pequena participação e interação com o Blogue Com Amor da Marta Vinhais Para mais esclarecimento, e digo-vos que é interessante, basta clicarem no linke. Obrigada

Cidália Ferreira.


quarta-feira, 29 de setembro de 2021

A ousadia dos sonhos...

*****
Deambulei pelos sonhos mais ousados
Uma ousadia permitida em meu desejo
Num turbilhão, pensamentos delicados
Onde sinto por momentos que fraquejo
*
Na veste acetinada que me enlouquece
Onde sinto um devaneio, por ti causado
Deambulas neste sonho que me aquece
Deixas o meu corpo tão frágil, e eriçado
*
E neste desejo sinto o meu corpo frágil
Sinto a presença da tua sombra, na luz
Numa avidez que me devora o coração
*
Neste sonho tão ousado... um toque ágil
E umas mãos de acalento, em contraluz
Me faria acordar dum sonho de sedução
*****
Cidália Ferreira

segunda-feira, 27 de setembro de 2021

Silêncios do tempo...

"imagem da net"
 ****
Escuto no silêncio do tempo
A multidão, de tudo e nada
Um ermo vazio, sozinho
Que enfeitiça em contratempo
Mostra a beleza e o carinho
Duma paisagem que parece parada
*
Em passos lentos, apreciando
O que me rodeia, e é tão pouco
Mas do pouco que é, é bom
O importante é ir agradecendo
Mesmo em silenciado tom
Neste ermo que parece louco
*
Escuto os murmúrios da brisa
Sacodem-se as ervas bravias
E o vento, sem pedir
Inspira qualquer poetisa
E no momento de desistir
Sinto-me sozinha nos meus dias!
****
Cidália Ferreira 

sábado, 25 de setembro de 2021

Meu braço impudente ao alto se ergueu

"Minha"

 *****

Momentos únicos, rodeados de alegria
Palavras ditas com emoção, e a dança
Uma mesa de café e palavras de magia
É a saudade de tudo o que é lembrança
*
Sorrisos soltos para qualquer liberdade
Sussurros ao âmago uma única certeza
Ficou para trás a esperança, na verdade
São recordações, nunca serão fraqueza
*
Meu braço impudente ao alto se ergueu
Viu a luz como esperança, e da amizade
Entre os momentos, quem ganhou fui eu
Encontrando segurança na autenticidade
*****
Cidália Ferreira

quarta-feira, 22 de setembro de 2021

Sinto o outono em meu redor


 *****

Sinto o outono em meu redor

Caem as folhas, lentamente

Como quem segue viagem

No chão, um tapete quebradiço

Das folhas que já foram sombra,

Agora, caem, mudam de cor

Como a melancolia da gente

Que, sem pedir licença, assombra

*

Despem-se árvores, sem limitação

Onde outrora foram a frescura

A brisa perfumada

O recanto de qualquer conversa

Beleza de muitos olhares,

O refugio das aves era a emoção

Agora, apenas a desventura

Dum tempo onde a previsão e incerta!

*****

Cidália Ferreira

segunda-feira, 20 de setembro de 2021

Se o sol sumir num dia, noutro voltará ...

****

As tempestades podem fazer derrubar
O sol pode sumir e as névoas surgirem
A tristeza ser maior que a força do mar
Haverão sempre energias, a decidirem
.
Enquanto existe um pensamento vago
Existe quem ofereça com a convicção
De comutar a tristeza num mero afago
Numa tela de papoulas, em exaltação
.
Se o sol sumir num dia, noutro voltará
Se a melancolia for insistente, negarei
E prometo, que meu coração suscitará
.
Como pode a tempestade ser tão dura
Perante as papoulas sensíveis. Não sei
Sei, que voltei, com esta bela moldura
****
Cidália Ferreira.

Voltei... desejando que todos tenham/tenhamos, um feliz fim de semana.

sexta-feira, 17 de setembro de 2021

"A vida necessita de pausas"


Tal e qual...Uma pausa "inesperada"... Volto assim que a vida me permitir! Talvez - se não for possível  antes - volte na segunda-feira.

Cidália Ferreira

quarta-feira, 15 de setembro de 2021

Desejo ler calmamente para quem não sente ...


 *****

Desejo silêncio, estou vencida pelo cansaço
Desejo água, tenho sede, tenho a alma seca
Tenho o sonho suspenso, feito de embaraço
Desejo um ermo só para mim... a alma peca
*
Sinto a alma desassossegada neste mundo
Sinto que não consigo ir além do imaginário
Os pensamentos, os sentimentos profundos
São causa do cansaço dentro deste cenário
*
Ainda que a água seja abundante não chega
Para que a minha secura seja de vez saciada
Mas, a minha alma em silêncio... descarrega
Desaba, como um rio. Sinto-me sentenciada
*
Desejo silêncio como da vida desejo o amor
Desejo ler calmamente para quem não sente
Ainda, que no meu ermo, não exista o temor
O sonho continua numa alma que não mente
****
Cidália Ferreira

segunda-feira, 13 de setembro de 2021

Aos Bombeiros que fazem a diferença...

****
Existem Heróis desde sempre
Cuidando, sem outro interesse
Dão a vida.. salvando vidas
Mas cumprem com dignidade
A sua missão de bombeiro (a)
Que noite e dia vão em frente
Com determinação de guerreiro
*
O dia; deveria ser todos os dias
Assim como Eles se dispõem
Perdendo as noite de sono
Deixando famílias para trás
Para com honra cumprir
Deveres e outras tragédias,
Heróis que não deixarão de existir!
****
Cidália Ferreira.

Uma pequena homenagem, não só, aos Bombeiros profissionais, mas a todos os que se chegam à linha da frente, fazendo a diferença... para salvar vidas e outros bens.

domingo, 12 de setembro de 2021

Viajo nas palavras, por águas quietas...

|d'google|

****
Viajo nas palavras, por águas quietas
Olhando a lua, transformada em amor
As estrelas, que afagam com glamour
Deixam as águas estranhas, inquietas
*
Na chegada da noite a mente brilhante
Meus olhos sorriem é quietude da vida
Faço do trilho, a minha arma precavida
Com o receio duma noite aconchegante
*
Se as palavras flutuam no meu coração
Como as estrelas se apresentam no céu
Então viajo nas águas em descontração
*
Se o luar me acompanha nesta trajetória
Prometo, partilhar, uma pontinha do véu
É que, atrás do receio existe uma estória
*****
Cidália Ferreira

quinta-feira, 9 de setembro de 2021

Escrever, é falar em silêncio

*****
Escrever, é falar  em silêncio
É abrir a janela à imaginação
É soltar a lágrima de emoção
E nas palavras, me evidencio
*
É abrir a alma e sobre o papel
Deixar derramar pensamentos
Livrar o coração de tormentos
Para não saborear amargo fel
*
Escrever, é conversar sozinha
Ir ao fundo de uma alma triste
E saber que tem quem acarinha
*
É abrir uma página em branco
Sentir que tanto de bom existe
No silêncio, onde nada é tanto
****
Cidália Ferreira

terça-feira, 7 de setembro de 2021

Olhar tentador ...

Foto pessoal

****

Esse teu olhar tentador
Que deslumbra quem o vê
Será meiguice
Será sedução
Ou simplesmente o amor
Que transmitem os teus olhos
.
São as janelas do tempo
E um pensamento indeciso
Será que vais
Será que ficas
Preso ao passado, e atento
Como a janela se vai abrindo
.
E nesse teu olhar tão afável
Escondido na timidez
Da incerteza
Da ânsia
De querer o inevitável
Mas fica escondido, vazio
.
Não esboças o teu sorriso
Que parece estático
Triste
Ou simplesmente cuidadoso
E com esse olhar conciso
Conquistaste, o que hoje te pertence!

****
Cidália Ferreira

[Filho]

domingo, 5 de setembro de 2021

Bom fim de semana. Aqui ou além 🌻


 ***
Sejam felizes, aqui ou além
Mesmo nos dias cinzentos
E, apreciando os momentos
Também se pratica o bem
.
E se o sol vos visitar
Abracem-no e agradeçam
Mas também nunca se esqueçam
De quem de ajuda, precisar
*
Cidália Ferreira

🙏
 Que o vosso fim de semana seja abençoado.

sábado, 4 de setembro de 2021

Um medo que assombra a alma

| Imagem do facebook-real |

 ****
Caí a tarde, num qualquer lugar
Ninguém fica indiferente
No céu a tempestade parece chegar
Cheira a chuva certamente
*
Um medo que assombra a alma
Ninguém se sente seguro
Mesmo que regresse a calma
Cai a tarde num céu tão escuro
*
Foi para longe, mas com certeza
Que assombrou outro povo
São as coisas da natureza
Que, com meu olhar comprovo
*
Debaixo das nuvens assombradas
Espreita um sol amarelado
Ouvem-se ao longe as trovoadas
Anseia-se, que o pior tenha passado
---
Sobre as montanhas distantes
Está a beleza da imagem
As memórias são constantes
E pontos de vista na bagagem
****
Cidália Ferreira

quinta-feira, 2 de setembro de 2021

Tens a doçura que ninguém domina

|Foto familiar|
***** 
Tens doçura estampada em teu rosto
Um ar angelical que te define
Tens uma beleza natural que dá gosto
*
Tens um brilho que gostas de mostrar
Tens um sorriso cativante
Tens muito mais que possas imaginar
*
Não escondas o teu rosto de menina
Solta a alegria que há em ti
Tens a doçura que ninguém domina
*
E esse teu sorriso que tentas esconder
Que enche qualquer coração
Será, certamente, a tua forma de ser
*
Nunca percas a tua autenticidade
Sê ainda melhor, se puderes
Porque, a vida passa, com celeridade
****
Cidália Ferreira

terça-feira, 31 de agosto de 2021

Esperava ser a novidade do amanhecer

Imagem da google

****
Esperava a lua chegar, para adormecer
Esperava pelas estrelas mais brilhantes
Esperava a noite prometida como antes
Esperava ser a novidade do amanhecer
*
Jamais esperaria em ser tão acarinhada
Como fui, entre a lua e outras emoções
Também, rodeada de flores e tentações
Noutros tempos já passados, recordava
*
E em tempos em que a lua era o cupido
Era onde suspirava sem ninguém saber
Mas era a vida e para mim fazia sentido
*
Esperava pela lua e as estrelas cadentes
Desejava, dos meus sonhos poder beber
Enquanto recordava meus descendentes
****
Cidália Ferreira

 

domingo, 29 de agosto de 2021

Detalhes...

| Imagem da google |


****
 Palavras para quê?

Tudo é prosa, tudo é poesia. Basta saber interpretar cada detalhe, das pequenas coisas da vida. Sejam Felizes. Um excelente Domingo para todos/as vós.


Cidália Ferreira🌻

sábado, 28 de agosto de 2021

Rasgam-se pensamentos pelas nuvens

imagem da net
****

Rasgam-se pensamentos pelas nuvens
Esvoaçam como as plumas
Como os desejos proibidos
Que a mente quer dar ouvidos
E quando a noite cai
Procuro o silêncio doutro tempo
Encontro a saudade
Dum tempo que vai passando
Mas o sentimento ficará bem guardado
*
Quando os pensamentos se comunicam
Existe uma força muito além
Existe nas nuvens o paraíso
Como na terra, o teu sorriso
Aquele que procuro no silêncio
Das nuvens que passam devagar
E nos pensamentos fervorosos
Cresce em mim, a emoção
Que guardo numa nuvem, já rasgada!
*
Se as palavras fossem por magia
Como se vê o céu ao entardecer
Beijar-te-ia, com a nossa ironia
Para que te pudesse agradecer
 ****
Cidália Ferreira

quinta-feira, 26 de agosto de 2021

A coisa mais certa da vida...

(imagem da google)

*****
*****

É a vida, a coisa mais linda que temos
Quando vivida, dentro da compressão
Sozinha, acompanhada, com desilusão
É porque, por algum motivo nascemos
*
O amor deve ser vivido, e reproduzido 
Dentro da circunstância mais saudável
Deve ser o Elo de ligação. Ser inegável
Que tudo se desvaneça por algo perdido
*
A morte, das coisas mais certas da vida
Ainda que, não seja aceite. Eu confesso 
Já foi o meu fantasma. Sou sobrevivida
*
Não existirá a vida... para além da morte
Mesmo que o amor permaneça expresso 
Recusar-me-ei à morte por falta de sorte

*****
Cidália Ferreira

Com participação  No "ematejoca azul". Um blogue que recomendo vivamente.

terça-feira, 24 de agosto de 2021

Deambulava num sonho inacabado

"imagem da net"
 ****

Deambulava num sonho inacabado
Onde, os raios de luz me seduziam
Deixava-me ir, até ao meu passado
Ignorando coisas que então diziam
*
Sentia em mim alguma serenidade
Sentia que o sonho era um encanto
E o amor que serenava, na verdade
Era a saudade, nunca o desencanto
*
Sonho inacabado deixando a ilusão
Ou esperança de quem dele acorda
E abre o coração, ao mundo doente
*
Os raios sol despontam uma alusão
Sobre impacto que o sonho recorda
Por onde deambulei, ansiosamente
****
Cidália Ferreira

domingo, 22 de agosto de 2021

Isto de ser Avó...é amar duplamente.

"Imagem da net"
******

Poder ter os netos à minha volta, faz-me recuar, no tempo em que os meus filhos eram pequenos e todos os dias era uma azafama para os deixar na Avó – Minha Mãe –, depois seguir-mos para os empregos.

Poder avaliar quão importante é, para eles, estarem com as avós, (quer sejam maternos ou paternos), é maravilhoso. Sobretudo, porque entendo muito melhor, o sacrifício que se fazia outrora, quando apenas as brincadeiras eram fora de portas. Brincadeiras saudáveis diga-se de verdade.

Esta semana, o meu balanço como avó, foi cansativo mas muito positivo. Isto porque estive com os 3 e a minha mais nova de 13 anos. Total de 4. Claramente que isto me enche o coração. Ou seja, é um cansaço que se herda e que muito vale a pena. 

Sinto que sou amada por eles, pelo carinho que me dão. 💖

Bom fim de semana.   🌻🌻

Cidália Ferreira. Avó babada 

sexta-feira, 20 de agosto de 2021

Tudo em mim é emotivo ...

 

****
Quando a tristeza vem
E num ápice se instala
É como gume sem fala
Que aparece dum além
*
E rápido levou a alegria
Que restava no coração
Agora apenas exaltação
Transformada numa fúria
*
A tristeza, é sem motivo
E quando há sentimento
Neste preciso momento
Tudo em mim é emotivo
****
Cidália Ferreira

quinta-feira, 19 de agosto de 2021

Solidão ao som da viola...

Durante as férias a Portimão, registei este momento numa saída à noite, a Albufeira. Um pequeno túnel com acesso à explanada do Túnel com vista para a praia do Peneco, e por onde passam milhares de pessoas/turistas...O som da viola entoava ao longe. Músicas bem lindas, tipo Phil Collins; Scorpions, (instrumental) etc... Um som tão afinado que dava gosto ouvir, numa noite quente de verão, apenas em troca de umas moedas que lhes iam dando. Olhei e pensei, o Músico aqui está sempre acompanhado... Depressa refleti, e achei, que a solidão era uma constante. A concentração para animar aquele corredor era tanta que nem via quem ali passava.

Chamo a isto, a solidão no meio da multidão.

Cidália Ferreira.
 

terça-feira, 17 de agosto de 2021

O sonho realizado...

Praia da Rocha (Portimão)

 ****

Cheguei ...
Cheguei feliz
Realizada
De coração cheio,
Um sonho concretizado
Com os melhores,
Um sonho que parece fácil
Mas para muitos é difícil,
Valeu a pena cada cêntimo
Cada hora perdida de sono
Mas, cheguei...
E, eis-me aqui, em grande estilo,
Pronta, para mais um ano
De luta e sacrifícios
Esperando...
Que o próximo ano seja melhor
Sem medo, sem máscara e sem pandemia!
****
Cidália Ferreira

PS: Obrigada a todos os amigos e amigas que me visitaram durante as minhas férias 🌻 

sábado, 7 de agosto de 2021

Vou ali e já volto... 📌

Amigas e Amigos, esta rapariga, vai fazer uma pequena pausa, para umas merecidas férias. Como não vou levar o portátil comigo, ficarei em falta com todos. Porém, uma semana não custa nada. Passa rápido. Até lá, portem-se bem - ou mal - mas com estilo. 🥰 

Boas férias para quem for, também. Dias felizes para quem fica a trabalhar.

Muita saúde para todos (as).📌🌻🌻🌻 


sexta-feira, 6 de agosto de 2021

Perco-me na doçura do teu sorriso

"Mana & Sobrinho"
 ****
Perco-me na doçura do teu sorriso
Mas, entrando no teu olhar
Sinto uma doce ternura
Muito mais que uma tentação
Embarcas nesta aventura
Deixas-te levar pelo improviso
E da tua boca em exaltação
Ouvem-se gargalhadas pelo ar
*
No teu olhar encontrei a magia,
E na alma de quem te pega
És o ex-libris do tempo
Que o futuro vai acolher
Não quero só este momento
E na conquista da tua simpatia
Fica a promessa de voltar a ver
Porque o meu colo nunca te nega.
****
Cidália Ferreira

quarta-feira, 4 de agosto de 2021

O tempo anda triste...

"Imagem da net"

****

Entre caminhos sem fim
E sonhos por realizar
Permanece entre os desejos
Uma viagem no tempo,
E sobre uma claridade densa
Sinto a tristeza na brisa
Que inunda qualquer jardim
*
As folhas caídas previamente
Quando ainda deviam florir
Enfeitiçando o meu olhar
Deixando um amargado tempo
Que trocando as suas voltas
Fica o medo, o receio
De me sentir deprimente
*
A água escassa, vai passando
Como no dia a dia, os sonhos
Uns podem ser pesadelos
Outros, os contos de fadas
Mas longe da realidade
Porque o tempo anda triste
E o meu coração vai magoando.
****
Cidália Ferreira

terça-feira, 3 de agosto de 2021

Terás firmeza, que a enfrentarás no tempo

"imagem da net"

 *****
Não sei quem és mas pertencerás ao mar
Enfrentarás sem medos as ondas bravias
Sentirás a brisa como sussurros dos dias
E alimentarás a alma que parece vaguear
*
Olharás o horizonte, como incerto futuro
Abraçarás sem medo o que vier por bem
Deixarás, que as ondas, os pés te beijem
E te elevam... jamais te sentirás inseguro
*
Terás firmeza, que a enfrentarás no tempo
Terás, muito mais para viver, e serás forte
Se conseguires realizar-te viverás da sorte
Ou ficarás absorto de qualquer sentimento
*****
Cidália Ferreira 

domingo, 1 de agosto de 2021

Embriagado...pela solidão dos dias.

"imagem da net"

****
Embriagado …
Pela solidão dos dias
Das noites
Pela falta de tudo
Ou de nada
Pela incompreensão
Ou pela sede que tenho
*
Sinto falta...
Dos tempos passados
Dos dias, da energia
Do carinho
Das coisas no tempo certo
Do desassossego
Onde a vida tinha graça
*
Sinto que...
A alma vai perdendo força
Nada mais é igual
Adormeço, embriagado
Sinto o corpo cansado
Não quero mais viver assim
Nesta solidão maldita
*
Ao outro dia...
Tudo é igual ao ontem
E será, igual ao amanhã
A embriaguez
As conversas mudas
As portas que não se abrem
Sinto-me, uma alma abandonada!
****
Cidália Ferreira

sexta-feira, 30 de julho de 2021

Encontro no teu sorriso o espelho da alma

'Eu e a mana'
 *****
É no colorido da vida que nos encontramos
Numa varanda encomendada, já adornada
Subimos degraus com os sorrisos do nada
Com os nossos olhares nos deslumbramos
*
Encontro no teu sorriso o espelho da alma
Uma alma tantas vezes muda, desinquieta
Mas a atração que nos une é tão completa
Que nos oferece momentos de pura calma
*
Sorrimos em conversas...sentido de humor
Choramos do passado e meras recordações
Brincamos enquanto adultas sentindo amor
*
O colorido da vida pode ser, preto e branco
Pode ser feito das mais profundas emoções
Quando dois seres dividem o sorriso franco
****
Cidália Ferreira

quarta-feira, 28 de julho de 2021

Sopra a brisa sobre o vazio da melancolia ...

 *****

Numa praia vazia, sobre a noite que chega
Ou será o nascer da seguinte alvorada
Tudo me desperta a atenção, mas sozinha
Observo o lindo cenário que me aconchega
*
Tudo será tão belo quanto a minha saudade
E mesmo seguindo as pegadas pelo areal
Existe um silêncio que me atrai
E me leva a desejar momentos de liberdade
*
Sopra a brisa sobre o vazio da melancolia
Medito, e de coração apaixonado
Relembro as palavras escritas na areia
Envoltas de carinho sem fim, por magia
*
Sente-se o cheiro a maresia, da água salgada
Mesmo que as ondas acalmem, eu fico
No meu silêncio esperando o sol nascer
Para voltar a sorrir com a energia revigorada!
*****
Cidália Ferreira

segunda-feira, 26 de julho de 2021

Feliz dia dos Avós

*****

Celebra-se hoje, o dia mundial dos Avós. Como Avó, de 3 meninas e 1 menino, sinto-me orgulhosa, e um amor sem fim. Acompanhar o crescimento. Os primeiros passos, as primeiras palavras...etc...Ajudar a educar - ou a desiducar - estar presente nos momentos em que mais precisam. Estar sempre pronta para os receber. Ter disponibilidade para eles...Tudo isto são motivos de felicidade e bem estar.

Dizem, que ser Avó, é ser Mãe a dobrar, e é verdade! Eu tenho o privilégio de exercer este meu papel de muito perto, o que me deixa orgulhosamente feliz.

Para todas os Avós do Mundo, muita força, coragem e muita saúde para os poderem acompanhar, dentro das possibilidades de cada um.🌹

Avó Cidália Ferreira.

domingo, 25 de julho de 2021

A teimosia que me define ...

(pessoal / mana)
 ****

Sou intensa, na força do meu ser
Sou a alma que acarinha
O conforto
Sou desalento no alento
Na raridade de todas as forças,
Sou o que quero
E não, o que querem que eu seja
Sou tudo o que possam imaginar
Quando a força maior, é
A teimosia que me define
A lealdade,
O poder amar-me
Mesmo que ninguém ligue
A minha alma tem um só sentido
É... eu quero... eu posso...
Nesta intensidade, sobretudo, viver!
****
Cidália Ferreira

sexta-feira, 23 de julho de 2021

No despertar da melancolia...

 *****
Deambulando sobre os segredos do mar
Escutando, o murmurar das ondas puras
E no areal, deixar, as palavras inseguras
Que me fazem esta melancolia despertar
*
Sinto, o que a frescura do tempo me traz
Numa saudade estranha, que não rejeito
Mas deambulando nas brumas do desejo
Imagino, que um dia tudo voltará em paz
*
Sinto que a brisa marinha me lava o rosto
E numa desorientação por mero desgosto
Espero, que o fim do dia traga um sorriso
*
Deambulo, sobre os segredos da maresia
Deixo um olhar carente, e outro de magia
Mas, espero que chegues num improviso
****
Cidália Ferreira

quarta-feira, 21 de julho de 2021

Carreguei-te num ventre de amor

[Mana: Mãe e Filha]
*****
Carreguei-te num ventre d'amor
Dei-te vida, dei-te luz
Ensinei-te a caminhar
Levantei-te algumas vezes,
Dei-te o berço
Berço, onde tu foste crescendo,
Hoje, tudo de ti me seduz
E no carinho que te entrego
Sei que és, pureza, feita flor
*
Dei-te tudo de mim, mais daria
Dei o colo enternecido,
Tu deste, de ti, a energia
A doçura sem sobressaltos
Os dias esperados, em mistos,
Tu cresceste e eu também
Tudo ficou guarnecido
E na pureza que demonstras
Jamais, com nada, te faltaria
*
Carreguei-te durante uma fase da vida
Dei-te o Ser com muito gosto
Entreguei-te o meu coração
Em troca destes-me o teu,
Hoje, menina mulher
Pronta para seguir em frente
Nunca tive de ti o desgosto
Nem coisas que fossem nefastas
O que me deixa orgulhosa e rendida
*
Assim te entrego o meu galardão
Num beijo meu, ternurento
Um sussurro de felicidade,
Entre o silêncio que compensa,
E no vazio que me deixaste
Um alegria dobrou,
Sempre, em qualquer momento
Traz-me à vida nova esperança
Que envaideça o meu coração
*****
Cidália Ferreira

segunda-feira, 19 de julho de 2021

Procuro a paz que anda perdida

 ****
Abro a minha alma a cada amanhecer
Alimento-a das manhãs frescas
E do sol, que abrilhanta o dia
Deixando uma alegria transparecer
*
Numa paisagem limpa e saudável
Com o cheiro a relva húmida
Num perfume que me dá vida
Faz-me abrir a alma ao imaginável
*
Agradeço cada raio de sol que aparece
Que me invade o rosto escondido
Que me alimenta no tempo disperso
E ao mesmo tempo, a alma se aquece
*
Abro a alma, e num olhar indeciso
Procuro a paz que anda perdida
Encontro-a, nos raios do sol
Que raiam, neste desejado paraíso.
****
Cidália Ferreira 

domingo, 18 de julho de 2021

Os pensamentos mudaram, e tu cresceste ...

Foto familiar/sem direito a partilha

****
Quando os olhares se cruzaram na magia
Dum crescimento em agitação e saudade
O alvoroço, emoldurado, de quem sentia
Tua perspicácia em timidez, sem vaidade
*
Os nossos olhares ainda são tão idênticos
Os pensamentos mudaram, e tu cresceste
O que importa, é, que sejamos autênticos
Na vaidade, do sorriso que me ofereceste
*
Quero reviver-te em todas as lembranças
Enquanto a vida nos permitir este desejo
Quero olhar, recordar todas as mudanças
Que me fazem viver, e lisonjeada gracejo
****
Cidália Ferreira

sexta-feira, 16 de julho de 2021

Momentos de lúcida reflexão

Foto familiar( Mana e meu neto)

*****
São os momentos que sinto de verdade
A grandeza dos sorrisos, e brincadeiras
A inocência entre os laços de felicidade
Soltam-se de mim loucuras verdadeiras
*
São estes momentos de lúcida reflexão
Que me entram na alma, e na nostalgia
Que fazem lembrar um passado em vão
Que impediu de acompanhar a rebeldia
*
És alegre, mas em teimosia és vencedor
És o desassossego, o coração carinhoso
A luz que ilumina este meu colo de amor
E que te recebe com um abraço caloroso
***
Cidália Ferreira