20 de fevereiro de 2024

||🤍30 Anos|| Recordar é viver...

Querida Mãe; hoje, se fosses viva, farias 84 Anos. Deixastes-nos há 30 anos, ainda muito jovem, com tanto para viver e “aprender”, com os teus netos. Recordar-te-ei sempre pelos momentos mais bonitos e positivos, tal como, pelos bons ensinamentos que deixaste. É sempre muito bom falar de ti. Do que foste. Do que passaste. Do quão guerreira eras. Continuas a ser a minha maior inspiração. 

Todos os dias da minha vida, serás lembrada, por todos os motivos e mais alguns. 🙏 Sei que estás em Paz. Peço-te que nos protejas...

Desta tua Filha: Cidália Ferreira.🤍🌹

9 de fevereiro de 2024

Eu queria ser...

~~~~
Eu queria ser forte o suficiente para mudar
Queria passar as tempestades, e sair a sorrir
Queria ter coragem de não baixar os braços
Queria, ser corajosa, para de mim me cuidar
.
Queria ver passar o tempo com a sobriedade
Ter consciência do peso que carrego na alma
Deixar entrar a leveza para me tranquilizar
Por isso, prezo sempre, pela minha lealdade
.
Quando em horas vagas me sentir mais frágil
E mesmo que o tempo não chegue para tudo
Há sempre um toque suave, vindo de alguém
Que me desafia, e me deixa, muito mais ágil.
~~~~
Cidália Ferreira.

2 de fevereiro de 2024

Os olhares aventureiros aquecem o coração

~~~~

O sol rompe, iluminando árvores despidas
Sacudidas pelos ventos outrora, do outono
Deixou-as em sobrevivência, desprotegidas
Resistindo ao tempo, que parece abandono
.
Veem-se adornos de musgo, no frio que faz
Os fetos enaltecem os olhares aventureiros
São resistentes, teimosos, mas que satisfaz
Os tempos de nudez, dos amantes trilheiros
.
Os olhares aventureiros aquecem o coração
Ao contemplar, o que parece simples, assim
É preciso desvendar a natureza com emoção
.
O frio vento de outono pertencem ao passado
Mas, existem sentimentos em qualquer jardim
Que aquecem a alma, de quem se sente amado
~~~~
Cidália Ferreira

23 de janeiro de 2024

Estamos no caminho certo...

Olá... Desculpem a ausência. Como todos, também sou gente, também tenho os meus momentos menos bons. A saturação chegou ao limite e tive que me desviar a fim de acalmar e fazer o que estava certo. Foi/é, desgastante estar a cuidar, dar força, dar ânimo, fazer de tudo para que a outra parte não desista, principalmente quando não há, da outra parte, otimismo. 

Foi e é, muito difícil, mas estamos a conseguir. Tivemos consulta com o Médico da Radiologia e está tudo a correr muito bem. Afinal, a minha dedicação, a minha teimosia e persistência tem resultado.

Está tudo no caminho certo. Já conseguimos ver a luz ao fundo do túnel. Há uma semana que o Marido come de forma normal, todas as refeições, apesar das suas limitações e do  sacrifício.

Muito obrigada por todo o vosso carinho e paciência. Vou tentar estar mais persente. Espero que estejam todos bem de saúde. Beijinhos

Cidália Ferreira 💪

10 de janeiro de 2024

Não me sinto perdida no tempo...

Vagueio entre sonhos e realidades

Mas não me sinto perdida no tempo

Vivo num turbilhão de acontecimentos

Que vão além das minhas fragilidades

Serei uma lutadora, talvez, não sei

Só sei, que descobri coisas diferentes

Descobri o outro lado de mim

Esta serenidade que dentro de mim vivia

O carinho que também desconhecia

São hoje, a minha âncora de sentimentos

Onde vagueio, atenta, em todos os momentos!

Cidália Ferreira____________Uma excelente semana, e um feliz 2024

7 de janeiro de 2024

A ladeira pode ser longa, mas eu subo...

 

A força, coragem e fé, podem salvar
Podem ser o balsamo perfumado
A lufada de ar fresco que necessito
A garra, pode ser, uma forma de amar
.
A ladeira pode ser longa, mas eu subo
Nem que para isso tenha que silenciar
Todo os sentimentos que me invadem
Pois só assim, sinto que não me derrubo
.
A força abraça a coragem com devoção
A fé, move o meu instinto cuidador
O sentimento é o motor da sensibilidade
Que me orienta os labirintos do coração.
*****
Cidália Ferreira.

3 de janeiro de 2024

Quero, e vou recomeçar esta trilha

 
Quero, e vamos recomeçar de novo
Deixar para trás as dores sentidas
Viver e pensar, que não me demovo
De coisas que não estão resolvidas
.
Quero, e vou recomeçar esta trilha
Mesmo sabendo que a dificuldade
Mora ao lado duma luz que brilha
Dando forças e outra sensibilidade
.
Aprender que estar ao lado, é amor
É dividir as batalhas sem cobranças
É conchegar o outro, dar-lhes calor
E mais tarde, avaliar as lembranças
*****
Cidália Ferreira


"Que o Ano de 2024, seja, para todos nós, muito generoso"