terça-feira, 13 de maio de 2014

Chega a noite...

**//**
Chega a noite, o pensamento permanece
Naquele lugar, onde deixei  recordação
Meu sentir,  gostar de quem não esquece
Trago minha alma em sentida agitação

Chega a noite,  tenho saudades de ti
Não te vejo, a lembrança sempre fica
Saudade do tempo, daquilo que não vivi
Arrependimento, só de pensar me excita

Chega a noite,  e a escuridão se apoderou
No meu ser agitado, que o ontem chorou
Neste recanto que é tão só meu, a solidão

Chega a noite, rolam tristezas e ansiedades
Naquele lugar florido, que deixou saudades
Do que não fiz, e que guardo no meu coração
*****
Cidália Ferreira

21 comentários:

  1. Bom dia Cidália
    A bruma negra da noite costuma nos fazer ficar assim tristes e nostálgicos. Belos versos minha amiga
    Beijos e uma feliz semana

    ResponderEliminar
  2. Ternura e saudade, bem dosados numa bela poesia.
    Abraços, Cidália.

    ResponderEliminar
  3. Chega a noite e repassamos nosso dia, lembrança, saudades! Linda! bjs, chica

    ResponderEliminar
  4. Olá,
    Memorias que permanecem com saudade, mais que queiramos, mais que digamos que esquecemos, a memoria permanece para sempre que faz apertar a saudade.
    Poema encantador repleto de saudade.
    Dia feliz
    ag

    http://momentosagomes-ag.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
  5. Muito bonito! A pior saudade é a do que não se fez. Mas está-se sempre a tempo de fazer, embora talvez de forma diferente.
    xx

    ResponderEliminar
  6. Bom dia Cidália.. nas noites tudo parece aflorar mais.. o amor queima.. os pensamentos flutuam.. o entrelaçamento de energias acontece.. bjs e até smepre

    ResponderEliminar
  7. A noite está sempre nos trazendo muitas recordações,das coisas que fizemos ou deixamos de fazer,aí a tristeza chega em nossos pensamentos.
    Lindo poetar amiga Cidália.
    bjs
    Carmen Lúcia..

    ResponderEliminar
  8. Bom dia Ci

    A noite o silêncio fica no ambiente, e é a hora que a gente sente mais sdd, sente mais as ausências.
    O verdadeiro amor a gente guarda no coração e não importa tempo e distância ele permanece perene.
    bjokas =)

    ResponderEliminar
  9. É durante a noite, quando o sono não acontece, que o nosso pensamento flutua entre o que se fez e o que não se fez, durante o dia. Mas o que se fez fez e ponto final. Tudo tem o momento certo e o destino assim o comanda. Não se deve ter arrependimento por se ter feito isto ou aquilo quando essa acção foi feita em consciência.

    Gostei muito do poema. Recordações são sempre companhias dos momentos de insónia.

    Fica feliz
    Beijo

    ResponderEliminar
  10. Olá Cidália,

    É dolorosa a saudade daquilo que não se viveu. E a noite é madrasta das melancólicas recordações
    Muito lindo o soneto.

    Ótimo dia.

    Beijo.

    ResponderEliminar
  11. Poemas como o presente, deveriam florescer em todos os cantos do mundo poético, porque muito iriam contribuir para a qualidade das rimas em ode romântica.
    Parabéns pela sublime veia de artista que colocas no papel, em palavras e sentimentos de elevado índice de lealdade e pureza, em oferta aos teus e tuas leitoras.
    Que a noite te traga sempre sorrisos e nunca tristeza
    Abraço

    ResponderEliminar
  12. Um poema que se pode pensar ser dirigido a alguém que deixou marcas no coração.
    O silêncio da noite traz-nos pensares e recordações, umas boas outras nem tanto.
    Mas é bom recordar desde que sejam recordações boas
    Poema lindo
    Abraço do amigo Pedras

    ResponderEliminar
  13. À noite a solidão e as lembranças sempre nos torturam. Bonito soneto Cidália, bj.

    ResponderEliminar
  14. Há que saber abraçar o anoitecer e relembrar que sempre amanhece.

    Beijinhos

    ResponderEliminar
  15. Oi Cidália
    Eu não sei o que é solidão, quando ela quer entrar na minha vida, fecho meu coração para elas. O amor é a chave desse meu coração amado.
    Linda, como sempre, sua poesia
    Beijos
    Lua Singular

    ResponderEliminar
  16. Oi tia Cidália,
    Parabéns, ficamos sabendo do livro que editou. Hum...Poderosa.
    Beijinhos de todos daqui e muitoooooooooo sucesso.
    Mundo dos Inocentes

    ResponderEliminar
  17. Gostei muito!!!! Sucessos com o teu livro e espero que escrevas o 2º!

    gaby

    ResponderEliminar
  18. Amiga que linda poesia amei
    Blog: http://arrasandonobatomvermelho.blogspot.com.br
    Canal de youtube: http://www.youtube.com/NekitaReis

    ResponderEliminar
  19. Oi Cidália
    Vi as fotos do dia do lançamento do seu livro e fiquei feliz de saber que tudo deu certo ,
    Dever cumprido, livro lançado agora é o sucesso merecido.
    Que seus desejos se concretizem e inspiração não lhe falte.
    Abraços e muitos parabéns .

    ResponderEliminar
  20. Querida Cidália
    Quando chega a noite,um coração atormentado sofre ainda mais.
    Esse sofrimento inspirou a escrita de um belo soneto.Parabéns.
    Um beijinho
    Beatriz

    ResponderEliminar