sábado, 24 de maio de 2014

Sinto-me a fugir da vida


Sinto-me...a fugir da vida…
Como areias que se escapam
Por entre dedos entrelaçados
Que seguram sentimentos
E certos momentos que pairam
De uma revolta que marca...
No meu peito não cabe mais
Tristeza, estado de mágoa
A vida passa em desgraça
Lembranças que nos abafam
Sinto a vida já perdida
E sem sentido...
Não fosses tu companhia
Da minha alma inflamada
Que encontro em cada dia
No meu lugar, amargurada
Sinto a vida fugir de mim
Sinto falta de alegria!

****
Cidália Ferreira 


21 comentários:

  1. Bom Dia
    Muito bonito ...gostei muito !!!
    Beijo bom fim de semana :)

    ResponderEliminar
  2. Intensa e linda poesia, isso sempre!!!beijos,ótimo fds!chica

    ResponderEliminar
  3. É um prazer ler-te...porque falas na minha lingua, a lingua universal dos poetas, daqueles que vivem desesperadamente a vida e as suas nuances!
    Beijos poeticos minha querida!

    ResponderEliminar
  4. Amiga poesia maravilhosa bom dia ótimo sábado
    Blog: http://arrasandonobatomvermelho.blogspot.com.br
    Canal de youtube: http://www.youtube.com/NekitaReis

    ResponderEliminar
  5. Cidália, querida a alegria do Senhor é a nossa força. Linda poesia que expressa bem um desejo escondido da alma. Desejo um dia com muito sorrisos. bjsss

    ResponderEliminar
  6. Triste porém bela poesia.
    um feliz fim de semana para ti poetisa.
    abração com carinho

    ResponderEliminar
  7. Poema muito bonito mas muito triste... que vendo bem é sinónimo de qualidade em poesia
    Felicidades.

    ResponderEliminar
  8. Quem nunca se sentiu assim, Cidália?...Lindas palavras, amei.
    Não me canso dessa música rs.
    Beijosss!

    ResponderEliminar
  9. Mesmo que estejamos muito tristes, a vida nunca está perdida. Amanhã surgirá um grande arco-íris que trará um pouco de colorido ao que parece não fazer sentido.
    xx

    ResponderEliminar
  10. Boa tarde,
    escreve sempre poema lindos com muito romantismo, a tristeza que entra em nós como uma flecha, serve para refletir e ganhar força para conquistar a felicidade novamente, esta é sempre possível, vai chegar no momento certo, todos merecemos ser felizes.
    Que seu dia seja feliz.
    ag
    http://momentosagomes-ag.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
  11. Que maravilha,Cidália. Encanto-me com teus poemas tristes e que nos passam os caminhos do coração que sempre vence através do amor!

    Beijos e uma semana de alegrias

    Donetzka

    Face Book:


    https://www.facebook.com/donetzka.cercck

    Twitter: @donetzka13


    Blog Magia de Donetzka









    ResponderEliminar
  12. Feliz fim de semana Amiga.
    Que as tristezas não passem nunca das palavras escritas, e que essa vontade de escrever seja reforçada com a força da alegria de viver e.......vencer !!!!
    - Viva com Alegria, esta nossa poetiza, de primeira categoria !!!!
    Beijinho

    ResponderEliminar
  13. Oi Cidália,não podemos fugir de nós mesmos e temos que aceitar adversidades que nos aparecem,pois muitas vezes aparecem para melhorar nossas vidas.
    Adorei seu poema.
    Bjs-Carmen Lúcia.

    ResponderEliminar
  14. Cidália, és uma grande poetisa, achei lindo, bom fim de semana, beijos

    ResponderEliminar
  15. Este sentimento descrito no poema é muito ruim, mas sempre há uma fenda pelo qual vai entrar a felicidade.
    abraço

    ResponderEliminar
  16. mesmo triste Cidalia não deixa de ter
    um encanto nas belas palavras, eu gostei
    muito

    Bom final de semana

    └──●► *Rita!!

    ResponderEliminar
  17. Amei, blog bem calmo, senti uma leveza rs

    Te espero no tortamaca.blogspot.com.br
    Instagram: @anaraguiar_

    ResponderEliminar
  18. Todo pasa, un momento triste también, pero de ese instante has logrado plasmar belleza
    Besos Cidália.

    ResponderEliminar
  19. Não sei disse aqui, mas... "Não há mal quer sempre dure, nem bem que nunca se acabe", é a dinâmica da vida. Bonito e verdadeiro, Cidália.

    ResponderEliminar
  20. Querida Cidália
    Um sentimento que perpassa por alguns de nós, de vez em quando...
    Lutemos para ser felizes! A nossa estrutura psicológica é capaz disso,mas embora pareça óbvio, é um dos princípios menos compreendidos.
    Parabéns pelo seu poema.
    Um beijinho
    Beatriz

    ResponderEliminar