sábado, 12 de abril de 2014

...Por entre nuvens passageiras.


 */*
Contigo vagueio  por entre as nuvens passageiras
Liberta como pássaro que vai voando em liberdade
Obedecendo a regras, e tuas ordens mensageiras
Sentindo-me atraída por um desejo sem maldade

Sou como as nuvens, que como o tempo, crescem
Como um sentimento de felicidade que me sorri
Meu corpo flutua como canteiros que florescem
Não me sinto vaguear no meu imaginário sem ti

E raia o sol por entre os espaços que brilham
São os corações, que bons amores partilham
Nossas declarações que são atiradas ao vento

Ao ar livre vamos libertar nossas vontades
Olhamos o céu, e juntos juramos verdades 
Com o desejo de deixar fluir nosso momento.

Cidália Ferreira

13 comentários:

  1. Lindo poema e nuvens passageiras sempre estão em nossos céus! bjs, chica

    ResponderEliminar
  2. Bom dia Cidália

    Lindo...imaginação fértil...vagueando, esvoaçando, por entre nuvens de amor

    Gostei muito
    Beijo

    ResponderEliminar
  3. Bom dia !!!!!!
    Gostei deste encontro com os céus, na busca do imaginário.
    Boa continuação e Feliz fim de semana, amiga.
    Bjs

    ResponderEliminar
  4. Que lindo...li e me imaginei deitada em uma grama verdinha contemplando o céu azul! tentei seguir seu blog, mas não consegui...depois tento novamente, pois amei isto aqui! beijo
    Letícia
    www.leticiapsicologa.blogspot.com.br

    ResponderEliminar
  5. Oi Cidália,que poetar mais lindo!
    Vaguear junto ao amado entre nuvens passageiras,é bom demais.
    Obrigada pela atenção à minha saúde.
    Bjs e um ótimo final e semana.
    Carmen Lúcia.

    ResponderEliminar
  6. Obrigada pelo belo poema.
    Fez-me lembrar uma canção brasileira: "Eu sou nuvem passageira. que como o vento se vai..."
    xx

    ResponderEliminar
  7. Lindo
    Beijos
    http://segredosdacahlima.blogspot.com.br/

    ResponderEliminar
  8. Adoro olhar para os céus, viajo em meus pensamentos.

    bjokas=)

    ResponderEliminar
  9. Boa tarde,
    Voar pelas nuvens sem rumos e amar no meios delas é viajar nos belos sentimentos do amor.
    Poema maravilhoso escrito com enorme sentimento romântico.
    Dia feliz
    ag

    http://momentosagomes-ag.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
  10. Muito lindo o soneto, Cidália.
    "Não me sinto vaguear no meu imaginário sem ti". Quando amamos é mesmo assim, pois a pessoa amada passa a viver em nossos pensamentos.

    Ótimo final de semana.

    Beijo.

    ResponderEliminar
  11. Amiga boa noite eu estou passando para avisar que amanhã
    o seu blog esta na lista da divulgação não esqueça de da uma
    espiadinha, bom final de semana.
    Blog: http://arrasandonobatomvermelho.blogspot.com.br

    ResponderEliminar
  12. Feliz o ser assim que muito ama e por essas nuvens
    passam com a alma fortalecida.

    Um grande abraço Querida Cid,tenha um dia lindo

    ResponderEliminar
  13. Querida Cidália
    Que lindo soneto de amor!
    Parece que as núvens passageiras facilitam encontros de amor!
    Parabéns e seja muito feliz.
    Bom fim de semana.
    Beijinho
    Beatriz

    ResponderEliminar