quinta-feira, 24 de junho de 2021

Numa saudade que só tu sabes a dor

 *****
Numa saudade pelo nosso destino
Regresso, a um passado, tão meu
Releio, o livro da vida, que é o teu
E uma saudade recai em desatino
*
O baloiço que me embala a mente
Que silencia meu coração e relaxo
Enquanto a leitura é simplesmente
O fascínio onde realmente encaixo
*
Leio palavras tuas outrora  escritas
Onde o carinho, era a palavra chave
Entre tantas prosas só tu me incitas
*
Numa saudade que só tu sabes a dor
Tento relaxar, para reler com emoção
As páginas com o cheiro do teu amor
*****
Cidália Ferreira

43 comentários:

  1. Poema de saudade feita nostalgia e melancolia quando se lê um livro escrito por alguém que se ama ou amou. Palavras escritas outrora que ficaram marcadas e vincadas nas paredes do coração. Gostei mesmo muito deste poema. Versos sentidos, de saudade, de tempos idos e em páginas de amor, escritos

    Deixando um beijo poético

    ResponderEliminar
  2. Es verdadero placer estar tumbada al igual que la muchacha de la entrada leyendo ese libro que te transporta a mil aventuras. Un beso y feliz miércoles.

    ResponderEliminar
  3. Lindo... intensamente nostálgico e romântico. O amor faz a gente viajar...
    Beijinhos
    Valéria

    ResponderEliminar
  4. Olá Cidália,
    Quanta inspiração neste poema de saudade! Saudade de um lindo amor. Gostei muito ♥
    Beijinhos

    ResponderEliminar
  5. Saudade expressa em linda poesia! beijos, chica

    ResponderEliminar
  6. Boa tarde Cidália,
    Um lindo poema de amor onde a saudade está presente.
    Um beijinho e ótimo dia.
    Ailime

    ResponderEliminar
  7. Sempre muito lirismo em seus escritos. Muito bom. Parabéns.

    ResponderEliminar
  8. Olá amiga Cidália,
    Mais um lindo poema, a saudade aperta quando nos lembramos do passado e dos bons momentos que vivemos!

    Hajam mais bons momentos!
    Beijinhos

    ResponderEliminar
  9. Um poema onde o saudosismo é a tônica. Mas com razão. Bons momentos e a pessoa amada é bom recordar mesmo que a saudade doa um pouco !!!
    Parabéns amada !!
    Beijos ternos.

    ResponderEliminar
  10. Lindíssimo poema! Que Saúdade de tanta coisa amiga.
    Beijinhos

    ResponderEliminar
  11. Un poema de una belleza especial.

    Saludos.

    ResponderEliminar
  12. Que belo poema :)

    Beijinhos de boa e santa noite

    ResponderEliminar
  13. Olá, Cidália!
    Um poema repleto de emoções. Onde a saudade se manifesta, em todo o seu esplendor.

    Gostei muito do poema e do blogue.
    Voltarei.

    Beijinhos, e boa semana!

    ResponderEliminar
  14. Bonito poema! :-)
    Boa noite, Cidália!
    Beijinhos**

    ResponderEliminar
  15. Belo soneto.
    Continuação de boa semana, amiga Cidália.
    Beijo.

    ResponderEliminar
  16. Muito lindo o seu poema amei de 💚💙um bjo😘🥰

    ResponderEliminar
  17. Saudades nos fazem recordar
    e viver tudo que passou outra vez...
    Belos versos!

    🥰🥰

    ResponderEliminar
  18. eu amo a palavra saudades que praticamente só existe no nosso idioma. que poema lindo. beijos, pedrita

    ResponderEliminar
  19. Palavras plenas de saudade, carinho e amor.
    Maravilhoso soneto
    Beijinhos

    ResponderEliminar
  20. Olá, querida Cidália.
    Um soneto feito com muita inspiração, onde a saudade mexe com todas as nossas emoções.
    Gostei de cada verso. Grande abraço!

    ResponderEliminar
  21. Tão lindo!!

    Beijinhos.
    http://www.opecadomoraemcasa.pt/

    ResponderEliminar
  22. Cidalia que lindo,a saudade sempre perto de nós, uma maravilhosa poesia, bjs.
    http://www.lucimarmoreira.com/

    ResponderEliminar
  23. Intensa nostalgia en lindos versos. Saludos.

    ResponderEliminar
  24. Mais um poema de amor...
    Gostei muito..
    Obrigada pela visita
    Beijos e abraços
    Marta

    ResponderEliminar
  25. Belíssimo poema! :) Esta pandemia veio trazer essa palavra tão nossa muito à baila! Beijinhos e bom fim de semana.
    --
    O diário da Inês | Facebook | Instagram

    ResponderEliminar
  26. Bom.dia de paz, querida amiga Cidalia!
    Muitas vezes, o outro sequer imagina o tamanho da dor...
    Tenha dias abençoados!
    Beijinhos carinhosos e fraternos de paz e bem

    ResponderEliminar
  27. Lindo poema de amor atormentado.
    Gostei!
    Beijo.

    ResponderEliminar
  28. Há perfumes que mão se esquecem... Lindo! Beijinhos.
    ~~~~~

    ResponderEliminar
  29. Bonito emocionante y el.amor manifiesto. Besos

    ResponderEliminar
  30. Belo poema, Cidália! :-)
    Dia feliz!
    Beijinhos**

    ResponderEliminar
  31. Tão apaixonante! Um regresso ao passado relendo palavras com amor e paixão!
    Um poema muito bem construído com emoções em sintonia com as palavras!

    Beijinhos

    ResponderEliminar
  32. Cidália!
    SAudades é um sentimento forte e que nos apodera.
    cheirinhos
    Rudy

    ResponderEliminar

A vossa visita e comentário é o balsamo que alimenta a minha alma... Muito obrigada. Todos os poemas expostos são de minha inteira autoria, no que, apenas deverão ser partilhados com os devidos créditos da Autora: DEP. Legal: 374 492/14 - Cidália Ferreira - (Eu) 😘