sábado, 26 de junho de 2021

Sonhei ser o calafrio do momento ...

*****
 
Sonhei estar num chão sem fundo
Numa imagem que não era a minha,
E num labirinto de emoção
Percorria um calafrio a cada segundo
Pelo meu corpo, surreal
Que alarmava, aos sinais do coração
.
Sonhei ser o calafrio do momento
O ar sufocante que respirava
A ilusão, de uma vida em tormento
.
Era um sonho, ou talvez pesadelo
Em que o meu corpo em repouso
Sentia libertar alguma saudade,
O meu olhar entrelaçava o desvelo
Era o meu corpo em nulos delírios
Num momento de âmago sem vaidade
.
Um olhar perdido cheio de subtileza
Onde tudo girava dentro de mim
Neste pedaço de chão, com firmeza
Liberdade, que acelerava o frenesim 
****
Cidália Ferreira

41 comentários:

  1. Bela escrita, sim senhora!
    Beijos, bom dia de sexta.

    ResponderEliminar
  2. Bom fim-de-semana Cidália, sem muitos calafrios, que o Sol está amigo.
    Beijinhos

    ResponderEliminar
  3. Poema lindíssimo que me fascinou ler. O meu mais fervoroso elogio
    Com este sol apetece ir até à beira-mar, caminhar pelo areal, molhar os pés, desanuviar a mente, "atirando" os pensamentos menos saudáveis (intranquilos) para o fundo desse mesmo mar

    Feliz fim de semana

    ResponderEliminar
  4. Gostei de ler mais este bonito poema.
    Bjn
    Márcia

    ResponderEliminar
  5. O corpo manifesta emoções e sentimentos guardados ou depredados. Quando menos se espera, ou num momento de repouso eis que sensações vem à tona, livres para aceleram o frenesim.
    Parabéns querida Cidália pela sensualidade que as entrelinhas de seu belo poema registrou. Amei !!
    Beijo !!
    ****

    ResponderEliminar
  6. Esse corretor do celular aí aí aí.... Eu quis dizer sentimentos "represados".

    ResponderEliminar
  7. espere que melhore. tb tenho sonhos assustadores, ainda mais na pandemia. se cuida. beijos, pedrita

    ResponderEliminar
  8. A veces los sueños son pesadillas y estás al revés se vuelven sueños , tal vez la mente nos quiera decir algo que el subconsciente lo tiene ahí en un rincón dela mente. Un abrazo.

    ResponderEliminar
  9. Linda poesia e sonho desejado! beijos, chica

    ResponderEliminar
  10. Belos versos, trazendo à tona, sentimentos profundos, intensos, represados, pesadelos que nos assombram vez ou outra na vida, mas há de libertar algo em si e a tudo transformar.
    Bom fim de semana, beijinhos,
    Valéria

    ResponderEliminar
  11. Sim, quem não tem pesadelos? Se, ao acordar, há a firmeza do chão, fica a história para contar.
    Um beijinho, Cidália, e um bom fim de semana.

    ResponderEliminar
  12. Gostei, está forte.

    Beijocas bom fim de semana

    ResponderEliminar
  13. Belíssima poesia, Cidália.
    Um ótimo final de semana.
    beijos
    CHris


    Inventando com a Mamãe / Instagram  / Facebook / Pinterest

    ResponderEliminar
  14. Um misto de sonho com pesadelo!!
    Bom fim de semana!

    marisasclosetblog.com

    ResponderEliminar
  15. ... e de sonhos (e pesadelos) a poeta teceu um interessante poema.
    Beijo, feliz fim-de-semana.

    ResponderEliminar
  16. Olá, Cidália!
    Poema tocante, e belo!
    Os nossos sonhos, são o reflexo do nosso sentir e das nossas emoções.

    Gostei muito, amiga poetisa!

    Beijinhos, e feliz fim de semana!

    ResponderEliminar
  17. Poema muito interessante e bonito!
    Muita saúde!

    Beijinho

    ResponderEliminar
  18. Delírios ótimos e saudáveis. Muito belo. Beijinhos.
    ~~~~~

    ResponderEliminar
  19. Fue un sueño amiga, que inspiro lindo poema. Saludos.

    ResponderEliminar
  20. Sonho ou pesadelo. O que mais interessa é a excelência do Poema bem feliz.
    Parabéns.

    Beijo
    SOL da Esteva

    ResponderEliminar
  21. Gostei muito :)

    Beijinhos e bom fim de semana :)

    ResponderEliminar
  22. Poema muito lindo quem não tem sonhos e também pesadelos um bjo lindo fim de semana.

    ResponderEliminar
  23. Amar é...

    Buscar o amor a cada momento, durante toda a vida, enfrentando as lágrimas, fazendo cessar a dor, enxugando a cada gota da face.
    É transformar, dar brilho ao nosso horizonte, deixar para trás o irreal, buscar o nosso sol como se procura uma joia exclusiva...

    ResponderEliminar
  24. É bom acordar de sonhos, que se transformam em pesadelos e trazem calafrios à alma. Belíssimo poema.
    Bom fim de semana
    Beijinhos

    ResponderEliminar
  25. Mais um bonito poema que vim cá conhecer.

    Isabel Sá  
    Brilhos da Moda

    ResponderEliminar
  26. Sempre inspirada, Cidália! :-)
    Bom fim-de-semana!
    Beijinhos**

    ResponderEliminar
  27. Nas fugidias respostas das sensações acordadas, vê-se a mão do sonho a conduzir cada instante.
    Belíssimo poema, Cidália.
    Bom final de semana.
    Bjs,
    Calu

    ResponderEliminar
  28. Boa tarde Cidália,
    Gostei muito deste poema!
    Parabéns pela inspiração!
    Um beijinho e bom fim de semana.
    Ailime

    ResponderEliminar
  29. Cidália,
    Muitos inspirado o seu poema, parabéns!

    Um beijinho e feliz fim de semana .

    ResponderEliminar
  30. Oi Cidália querida, boa tarde!
    Que profundo esse seu poema, amei!
    Bjssss amiga e um feliz FDS p/vcs

    ResponderEliminar
  31. Oi Cidália
    Lindíssima poesia
    Boa noite
    Beijos no coração
    Lua Singular

    ResponderEliminar
  32. Sonhar quando tudo parece girar querida amiga.
    Cada momento uma emoção e inspiração que acelera.
    Deixar que os sonhos nos levem ao mais alto grau de liberdade.
    Muito bonito em construção/inspiração.
    Um bom domingo de uma semana vitoriosa e inspiradora.
    Beijo amiga.

    ResponderEliminar
  33. Linda poesia!!

    Bom domingo.
    http://www.opecadomoraemcasa.pt/

    ResponderEliminar
  34. Boa tarde de domingo, querida amiga Cidalia!
    Um labirinto de emoções que nos deixa viver plenos no Amor.
    Tenha uma semana abençoada!
    Beijinhos carinhosos e fraternos de paz e bem

    ResponderEliminar
  35. Lindo...lindo...lindo!!!
    Poema maravilhosamente construído!

    Abraço!

    ResponderEliminar
  36. Cidália!
    Todos passamos por momentos de dificuldades que se refletem em nosos sonhos e em nossa vida.
    cheirinhos
    Rudy

    ResponderEliminar

A vossa visita e comentário é o balsamo que alimenta a minha alma... Muito obrigada. Todos os poemas expostos são de minha inteira autoria, no que, apenas deverão ser partilhados com os devidos créditos da Autora: DEP. Legal: 374 492/14 - Cidália Ferreira - (Eu) 😘