quinta-feira, 10 de junho de 2021

Não deixarei o meu silêncio denunciar

'Da net'

*****

Não quero ser o entrave no teu mundo
Nem ser a razão, pela tua dura tristeza
Não quero ser o amargor, na incerteza
Gostaria de ser, o outro lado, profundo
*
Não deixarei o meu silêncio denunciar
Nem saberás o quanto eu te quero bem
Como o sol da primavera, que também
Se esconde, da felicidade, sem suplicar
*
Um coração de bom fundo, como o teu
É difícil dizer que não ao esquecimento
Quando parte do teu memorial é o meu
*
Não quero ser a palavra depois da vida
Nem saber muito, além do firmamento
Mas quero ser, a tua recordação vivida
*****
Cidália Ferreira 

40 comentários:

  1. A palavra depois da vida
    Quando recheada de sentimento
    É um grito de alma sentida
    Vagueando pelo pensamento
    .
    Quando um coração de bom fundo
    Diz não ao esquecimento
    É dotado de um amor profundo
    Tão grande como o firmamento
    .
    Quando o silêncio é o perfume
    De um sentimento passado
    Arde no peito como lume
    É fogo em coração apaixonado
    ... /// ...

    Uma pequena e simples homenagem poética
    ao teu SUBLIME e APAIXONADO tema.
    Pois toda a alma energética
    Vai gostar de ler este teu poema
    .
    Beijinho

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. És um doce de Amigo! Sinto-me uma privilegiada em ter-te "na minha vida" como Amigo/ Família. Obrigada

      Beijinhos 😘🧡

      Eliminar
  2. Que bom vim no seu cantinho. Sempre inspirada. Parabéns querida. Bjs

    ResponderEliminar
  3. Que belo poema :)

    Beijinhos de boa e santa noite

    ResponderEliminar
  4. Boa noite Cidália,
    Lindo e inspirado poema.
    Gostei imenso.
    Um beijinho,
    Ailime

    ResponderEliminar
  5. Un poema para descansar en la noche. Felices sueños.

    ResponderEliminar
  6. Gostei muitissimo, Ci!

    Durma serenamente e acorde bem.

    Beijinhos :)

    ResponderEliminar
  7. É bom recordar alguém que nos tocou nesta vida! Gostei de ler o poema! Bj

    ResponderEliminar
  8. Oi Cidália, Uma linda poesia com final feliz
    Abraços
    Lua Singular

    ResponderEliminar
  9. Sentimentos silenciados são sempre muito mau estado de alma.
    Bjs

    ResponderEliminar
  10. Mais um belo poema que vim cá conhecer.
    Isabel Sá  
    Brilhos da Moda

    ResponderEliminar
  11. Bom dia Cidália.
    Palavras bonitas, sentimentos sofridos.
    Beijinho

    ResponderEliminar
  12. Nem sempre as pessoas se conseguem tornar nisso tudo...

    Beijocas

    ResponderEliminar
  13. Bons propósitos, Bea. E o que é preciso é ir vivendo a vida o melhor possível.
    Um beijinho

    ResponderEliminar
  14. Este é um sentimento muito bonito, hoje em dia ninguém percebe isto, muitas vezes querem ter, possuir esquecendo a liberdade do outro!

    Beijinhos e saúde!

    ResponderEliminar
  15. Um belo poema Cidália, gostei muito de ler.

    Um abraço

    ResponderEliminar
  16. Ah!...o Amor!!
    Se apresenta sob diversas formas. A mais bela e sublime forma é a renúncia. Renunciar a dor, a magoar e a magoar-se. Renunciar em ser entrave, obstáculo. E o teu poema querida Cidália é todo renúncia. Só se é feliz se com o outro estiver tudo bem. Coisas do amor.

    Beijinhos carinhosos minha flor !!

    ResponderEliminar
  17. Eu gosto muito da sua poesia, mas essa...
    Muito bem feita e bonita.
    Parabéns, minha amiga.

    ResponderEliminar
  18. Belo poema, Cidália! :-)
    Dia Feliz!
    Beijinhos**

    ResponderEliminar
  19. Nostálgico, profundo e lindo soneto.
    Beijinhos

    ResponderEliminar
  20. Que lindo Cidalia, uma poesia com palavras de amor, que toca profundamente em nossos corações, bjs.
    http://www.lucimarmoreira.com/

    ResponderEliminar
  21. Una poesía de una gran belleza expresando sentimientos.

    Saludos,

    ResponderEliminar
  22. Ese final es magnífico, redondeando un gran poema. Enhorabuena.

    Besoss.

    ResponderEliminar
  23. O Cidália um amor que nunca esqueça do nosso amor é o desejo do intimo do nosso coração.
    Lindo poema.
    Beijos,Vi

    ResponderEliminar
  24. Passando aqui para dizer que estou de volta e ativa no meu blog e para desejar um dia incrível para você! Belo post!

    garotastarfashion.blogspot.com

    ResponderEliminar
  25. Bom dia!!! Mestre nas letras! Parabéns!
    Um bom feriado! Bjs

    ResponderEliminar
  26. às vezes eu exagero nos silêncios. beijos, pedrita

    ResponderEliminar
  27. Lindos versos pra recitar pra quem a gente ama...💌💌💌

    Bom restinho de semana!

    ResponderEliminar
  28. Que belo e inspirado poema.
    Gostei de ler.

    Um abraço

    ResponderEliminar
  29. Bom dia, Cidália!
    Vim conhecer seu espaço, visto que você é presença em tantos blogs de amigos/as em comum e que bela surpresa, encontrar versos tão lindos, tão sentidos, confesso que esse meu retorno aos blogs, tem me feito bem, ler poesias tem acalentado o meu coração. Estarei a te acompanhar de pertinho, um abraço,
    Valéria

    ResponderEliminar
  30. Um soneto lindo, onde transparece um sentimento de renúncia, que, no amor, muitas vezes é a melhor solução...
    Um abraço, amiga Cidália.

    ResponderEliminar
  31. Belíssimo soneto, gostei imenso.
    Continuação de boa semana, amiga Cidália.
    Beijo.

    ResponderEliminar

A vossa visita e comentário é o balsamo que alimenta a minha alma... Muito obrigada. Todos os poemas expostos são de minha inteira autoria, no que, apenas deverão ser partilhados com os devidos créditos da Autora: DEP. Legal: 374 492/14 - Cidália Ferreira - (Eu) 😘