segunda-feira, 31 de maio de 2021

Caem gotículas do meu rosto vazio


****

Correm as mágoas pelo rio abaixo

Levando as palavras insignificantes

Deixando a amargura nas margens

*

Quando a tempestade se repousar

E com ela o sentimento adormecer

De certo, que acordará, silencioso

*

A fluente que leva a paixão mortiça

Deixa nas águas mensagens banais

Dilacerando o coração, gota a gota 

*

Correm as mágoas, como ninguém

Olha-se a margem do rio, e tão frio

Caem gotículas do meu rosto vazio

****

Cidália Ferreira


47 comentários:

  1. Que corram todas as mágoas como as águas desse rio...LIndo demais! beijos, chica

    ResponderEliminar
  2. Olha Ci querida,chorar olhando o rio é uma poesia por si só.
    Mas ninguém ver o rosto vazio,bem mesmo o olhar premente. As pessoas muitas não percebem bem o leito do rio. Que dirá o sofrimento das margens.
    Xeru

    ResponderEliminar
  3. Poema dorido e belo.
    Que as mágoas se desvaneçam com o correr
    das águas.
    Imagem maravilhosa.
    Beijo
    Olinda

    ResponderEliminar
  4. Como esa agua en el río hay que dejar correr la vida, que ella nos sorprenda en alguna esquina. Un beso y feliz domingo.

    ResponderEliminar
  5. Que as mágoas sejam levadas para longe, tal como as águas do rio.
    Bjn
    Márcia

    ResponderEliminar
  6. um rio de mágoas bem ilustrado Cidália!
    o rio pode ser frio, sim
    por vezes é fonte de vida
    bom domingo :)

    ResponderEliminar
  7. A poesia é assim mesmo. Tudo acontece, tudo passa, como acontece e passa a água no rio. Bonito de ver e ler.
    Bom domingo
    Beijo

    ResponderEliminar
  8. Cidália,
    Que poesia mais sentida,
    mais produnda
    e reveladora.
    Adorei.
    Bjins
    CatiahoAlc.

    ResponderEliminar
  9. Muito lindo o poema que corram todas as mágoas pelo rio abaixo um bjo 😘🥰

    ResponderEliminar
  10. Lindo e triste!
    O río que vai mar adentro arrasta sua melanconía...
    Qué penas serão?
    Você que sempre se amosa feliz!
    Eu desejo que passe um día agradable.
    Beijinhos!

    ResponderEliminar
  11. Belíssimo parabéns!Abraço e um ótimo domingo.

    ResponderEliminar
  12. Bom domingo, querida amiga Cidalia!
    Que Deus nos leve tudo que nos deixa escorrerem águas pelo rio do nosso rosto.
    Fiquemos bem no mar da vida.
    Tenha uma nova semana abençoada!
    Beijinhos carinhosos e fraternos

    ResponderEliminar
  13. Linda adorável Cidália ...

    Que toda mágoa, e aguas turvas possam ir embora, dando lugar a limpidas águas.

    Seja feliz
    e eternamente abençoada!

    Abraços
    Dan
    https://gagopoetico.blogspot.com/2021/05/cotidiano-de-um-homem.html

    ResponderEliminar
  14. Ha um tempo para amar, tempo pra sonhar, tempo pra esperar, e até tempo pra chorar nos poemas que escrevemos, nem sempre versando sobre nós mesmos. O "eu" poético é composto de vários, de diversificados sentires. Por vezes, uma palavra, um cheiro, uma imagem, um fato, um algo qualquer alavanca palavras e compomos um poema. Coisas de poetas.
    Parabéns querida Cidália , por essa intensa poesia que certamente aborda o que muitos de nós experenciamos um dia.
    Beijo de luz !

    ResponderEliminar
  15. Depois de as mágoas terem sido levadas pelo rio, ficará a serenidade...

    ResponderEliminar
  16. Oi Cidália
    Uma linda poesia para lavar a alma e florir o coração.
    Beijos
    Lua Singular

    ResponderEliminar
  17. Que belo poema

    Beijinhos e continuação de bom domingo

    ResponderEliminar
  18. De manera muy bella nos describes sufrimientos tristes como estamos sufriendo en común.

    Saludos.

    ResponderEliminar
  19. Boa noite, minha linda Cidália!
    Um sofrimento que as águas do rio levarão para bem longe do nosso viver!
    Um abracinho no seu coração inquieto!
    Megy Maia💛👄💛


    ResponderEliminar
  20. Dizem que as lágrimas lavam e levam querida Cidália.
    Bela construção deste momento de inquietação.
    Que seja poesia e que a semana venha leve e alegre amiga.
    Beijo e paz.

    ResponderEliminar
  21. Tomara que as mágoas sejam levadas e não voltem mais!
    O coração renascerá!
    Boa semana!

    🌻😊

    ResponderEliminar
  22. Mu lindo y sentido poema. Saludos amiga.

    ResponderEliminar
  23. Há dias sombrios em que nos doí a alma....Mas temos que continuar a caminhar...
    Bonito...
    Beijos e abraços
    Marta

    ResponderEliminar
  24. Como aquela água do rio, devemos deixar a vida correr, deixá-la nos surpreender em um canto.
    Abraços da Espanha

    ResponderEliminar
  25. Gostei muito e da imagem também.

    Boa semana

    Beijocas

    ResponderEliminar
  26. Que as águas do rio lavem a alma e levem toda a amargura.


    Beijinho e boa semana, Ci!

    ResponderEliminar
  27. A imagem do rio a correr já é por si mesma um poema. Gostei das suas palavras sentidas e sofridas. Que o rio lhe lave as mágoas.
    Uma boa semana com muita saúde, minha Amiga Cidália.
    Um beijo.

    ResponderEliminar
  28. Bom dia. O tempo transforma mágoas em entendimento, nada é por acaso, seja bom ou ruim e a vida continua. Bjs.

    ResponderEliminar
  29. Tudo passa, levadas pelo rio do tempo; as lágrimas, a tristeza, o desamor... Tudo passa.

    Um abraço. Tudo de bom.
    APON NA ARTE DA VIDA 💗 Textos para sentir e pensar & Nossos Vídeos no Youtube.

    ResponderEliminar
  30. Que o rio leve essas mágoas, todas para o mar.
    Boa semana.
    Beijinhos
    ;)

    ResponderEliminar
  31. Cidalia belíssima poesia, que as mágoas vão embora com o rio pra não voltar mais, bjs.
    http://www.lucimarmoreira.com/

    ResponderEliminar
  32. Que as águas do rio levem todas as mágoas.
    Palavras sentidas e plenas de dor num poema tocante.
    Beijinhos

    ResponderEliminar
  33. Lindo poema mas que as mágoas vão todas pelas águas...um beijinho e uma boa semana.

    ResponderEliminar
  34. Olá Cidália
    Que as mágoas passem como as águas do rio. Bjs querida.

    ResponderEliminar
  35. Gostei de encontrar Beleza na melancolia.

    Um beijo.

    ResponderEliminar
  36. Vejo água correr,
    rodeada de verdura
    dá mais gosto viver
    com amor e ternura!

    Fantástico poema li,
    outros mais hei de ler
    quando voltar aqui
    até lá se Deus quiser!

    Tenha uma boa tarde amiga Cidália Ferreira. Beijo.

    ResponderEliminar
  37. Que o rio leve para o mar todas as mágoas da poeta.
    Lindo e fresco poema.
    Beijo.

    ResponderEliminar
  38. Oi Cidália,
    O grande rio deságua suas águas formando uma linda cachoeira
    Adorei
    Beijos
    Lua Singular

    ResponderEliminar
  39. Belo poema, Cidália! :-)
    Boa noite!
    Beijinhos**

    ResponderEliminar
  40. Melancolia em poesia! A imagem é magnifica! bjs

    ResponderEliminar
  41. Que las aguas arrastren la triteza!! Bellas letras . Beso

    ResponderEliminar
  42. Assim andamos ao sabor de dias, de caudais turbulentos...
    Um verdadeiro caudal de emoções neste sentido poema! Adorei ler!
    Beijinhos
    Ana

    ResponderEliminar

A vossa visita e comentário é o balsamo que alimenta a minha alma... Muito obrigada. Todos os poemas expostos são de minha inteira autoria, no que, apenas deverão ser partilhados com os devidos créditos da Autora: DEP. Legal: 374 492/14 - Cidália Ferreira - (Eu) 😘