quarta-feira, 5 de maio de 2021

Não quero ficar neste panorama...


 ****

Passo horas a lembrar-me de ti
De coisas que o presente levou
Ainda que façam parte... eu vou
Guardar-te perpetuamente, aqui
*
E se o tempo me levar a beleza
E me devolver o que me define
Então deixar-me-ei na natureza
Esperando que o tempo termine
*
Não quero ficar neste panorama
Se sozinha toda a tristeza voltar
E saber o que te leva, não te traz
*
Passo horas e meu olhar reclama
Saber, que as névoas, vão passar
E se dia nascer, não voltarei atrás
****
Cidália Ferreira

40 comentários:

  1. La vida es corta para quedarse en el mismo lugar ...siempre hay que avanzar. Un fuerte abrazo.

    ResponderEliminar
  2. A vida é composta por momentos bons e menos bons. Por vezes - se não sempre - certos estados de alma, refletem-se na poesia que se escreve. Espero que tudo seja apenas POESIA e não tristeza profunda a invadir o coração da poetisa.

    Um beijinho

    ResponderEliminar
  3. Dia Feliz, Cidália!
    Beijinhos**
    Cuide-se!

    ResponderEliminar
  4. Olá Cidália!
    Gostei muito embora um pouquito triste mas muito bonito...um beijinho.

    ResponderEliminar
  5. Mais um linda e cheia de profundidade tua poesia! beijos, chica

    ResponderEliminar
  6. Eu li um belo poema,
    como é bela a poesia
    viver vale bem a pena
    pode crer cara amiga!

    Continuação de boa semana, amiga Cidália Ferreira. Bjs.

    ResponderEliminar
  7. A vida é para ser vivida com altos e baixos mas gostei muito do seu poema a vida é um dia de cada vez um bjo.

    ResponderEliminar
  8. Querida Cidália

    nós vivemos de memórias e quem não tem memórias, não tem nada.
    um belo soneto, bem construído além de muito belo.
    boa semana com paz e saúde.

    beijinhos

    :)

    ResponderEliminar
  9. Um dia de cada vez e quero acreditar que tudo se ultrapassa.

    Beijocas

    ResponderEliminar
  10. Boa tarde Cidália,
    Bonito e sentido poema!
    Gostei bastante.
    Um beijinho e saúde.
    Ailime

    ResponderEliminar
  11. Um poema com profundidade e alguma tristeza.
    Beijinhos
    Coisas de Feltro

    ResponderEliminar
  12. Lindo poema!
    Gostei muito!

    Beijinho e muita saúde!

    ResponderEliminar
  13. Eis um soneto, finalmente!! E belo, e bem ritmado como deve ser. Apesar de nao escrever sonetos, eu sou admiradora de quem o faz. Não acho fácil. O teu, cara amiga tem conteúdo, é uma prece da alma que brilha. Parabens !! Beijinho .

    ResponderEliminar
  14. Tem de se soltar desse passado e seguir em frente!!
    xoxo

    marisasclosetblog.com

    ResponderEliminar
  15. Gosto de recordações alegres. As tristes, solto ao vento 😘👏👏👏

    ResponderEliminar
  16. Cada dia tem momentos tristes e felizes. Temos que continuar procurando o nosso caminho na vida,
    acompanhado com nossas memórias.

    Um abraço

    ResponderEliminar
  17. Cidália,
    Nem sempre compreendemos o que se passa à nossa volta.
    O importante, é não desistir!

    Um belo soneto, parabéns!

    beijinho

    ResponderEliminar
  18. Belo poema, para quem ama e sempre espera

    Mas um passo todos os dias sem olhar para trás e nem sabemos o bem que nos faz

    Beijinhos de boa e santa noite

    ResponderEliminar
  19. Un poema que nos invita a dejar a un lado la tristeza de un bella manera.

    Saludos.

    ResponderEliminar
  20. Mais um belo poema... e aproveito para agradecer o seu comentário aos 12 anos do meu blogue.
    bjinho

    ResponderEliminar
  21. Oi Cidália,
    Uma maravilhosa poesia!
    Gostaria que escrevesse contos também, tenho certeza que se sairá muito bem. Minha opinião!!
    Beijos no coração
    Lua Singular

    ResponderEliminar
  22. Olá Cidália
    Linda postagem, bjs querida.

    ResponderEliminar
  23. Quando você se inspira a poesia
    me soa melhor, como esta, me soa.
    Um beijo e parabéns pela postagem.

    ResponderEliminar
  24. Parece um pouco triste.
    Impressão minha?
    Bjs

    ResponderEliminar
  25. Os versos carregam a melancolia,
    um coração afogado em saudades,
    um anjo torto vem como um guia,
    leva tristeza, trás felicidade.

    Bonita triste inspiração amiga.
    Beijo e paz no coração.

    ResponderEliminar
  26. Passo horas a lembrar-me de ti
    De coisas que o presente levou
    Ainda que façam parte... eu vou
    Guardar-te perpetuamente, aqui.

    Bom dia de paz, querida amiga Cidalia!
    Parece que você escreveu o que sinto...
    Muito lindo quem sabe pôr em versos sentimentos vários.
    Tenha dias abençoados!
    Beijinhos carinhosos e fraternos

    ResponderEliminar
  27. A pesar de todo, hay que seguir adelante.... Saludos amiga.

    ResponderEliminar
  28. Olá Cidália,
    Admiro o seu talento poético! Fantástico este seu poema, amei ♥
    Espero que continue a correr tudo bem por aí.
    Beijinho

    ResponderEliminar
  29. Cidalia um maravilhoso poema que você trás, com certeza as névoas dessa vida passam bjs.
    http://www.lucimarmoreira.com/

    ResponderEliminar
  30. Olá Cidália,
    Desejo um dia memorável para você.
    Forte abraço ;)

    ResponderEliminar
  31. Gostei muito , tocante!
    Belos dias! bj

    ResponderEliminar
  32. Poema belíssimo apesar de desconsolado.
    Cidália, gostei!!
    Beijo, saúde.

    ResponderEliminar

A vossa visita e comentário é o balsamo que alimenta a minha alma... Muito obrigada. Todos os poemas expostos são de minha inteira autoria, no que, apenas deverão ser partilhados com os devidos créditos da Autora: DEP. Legal: 374 492/14 - Cidália Ferreira - (Eu) 😘