quarta-feira, 7 de abril de 2021

Deixei flutuar meu pensamento...

'Foto tirada por mim. Parque Odinot.'
*****
Deixei flutuar meu pensamento no mar
Um mar tão calmo, que parecia a trova
Do meu pensamento, que lá se renova
Devagarinho, se inspira no verbo amar
*
Permiti, que o meu olhar fosse distante
E pudesse respirar toda a brisa marinha
Que foi tão pouco, e não sendo sozinha
Confesso-me, de coração tão esfuziante
*
E mesmo que o tempo seja tão escasso
Existe sempre um motivo de poder sorrir
Mesmo, que o tempo seja em compasso
*
Puder sair, com prudência... e liberdade
Sentir o mar serpentear, e descomprimir
É o mesmo que respirar toda a saudade.
*
Cidália Ferreira

44 comentários:

  1. Bom poema, a fluir já num espaço mais alargado, mas que a impossibilidade de ser total leva à saudade.
    Abraço de poética amizade.
    Juvenal Nunes

    ResponderEliminar
  2. O mar a transmitir serenidade e esperança. Bonito poema.
    Bjn
    Márcia

    ResponderEliminar
  3. El mar como fuente de inspiración ..quien da más.Un buenos días y abrazote.

    ResponderEliminar
  4. Quando se deixa flutuar o pensamento, através do imaginário poético, acontecem os poemas perfeitos, como este que aqui é oferecido. O Mar é sempre uma grande inspiração para poetas e poetisas. Gostei muito

    Beijinho

    ResponderEliminar
  5. Os pensamentos fluem e é tão bom deixá-los "viajar" assim... Linda poesia! bjs, chica

    ResponderEliminar
  6. O mar para mim tem uma magia que eu não sei explicar sinto uma paz enorme quando lá vou e se Deus quiser e com muita calma vamos todos poder este ano desfrutar dessa benesse...um beijinho e resto de uma boa semana.

    ResponderEliminar
  7. Olá, Cidália
    Poeticamente, refere palavras importantes para que a vida continue e seja bela: sorriso, prudência, etc.
    Um beijinho

    ResponderEliminar
  8. Belissimo poema e respiremos, sim, embora com máscara...

    Beijinho, Ci!

    ResponderEliminar
  9. Ao ler o belo poema e ao contemplar a fotografia tão azul, gritei em silêncio „Preciso do Mar“.
    Abraço da amiga de longe ❄️

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. O mar, depois de tanto tempo em confinamento é um balsamo para a alma!

      Um beijinho 🌹😘

      Eliminar
  10. Cidalia um poema bastante inspirador, o mar é incrível, que possamos flutuar sempre os pensamentos, bjs.

    http://www.lucimarmoreira.com/

    ResponderEliminar
  11. O mar... inspira calma...
    Lindo...
    Obrigada pela visita
    Beijos e abraços
    Marta

    ResponderEliminar
  12. O MAR é sempre Apaixonante e Inspirador!!! :-)
    Belo Poema!
    Dia Feliz, Cidália!
    Beijinhos**

    ResponderEliminar
  13. Ci
    A foto está bonita e o soneto como sempre muito criativo e bem inspirado.
    parabéns pelo talento.
    beijinhos
    :)

    ResponderEliminar
  14. Um belo poema Cidália.
    O mar uma inspiração de esperança e liberdade.


    Um abraço

    ResponderEliminar
  15. Oi Cidális,
    Muito linda sua poesia
    Obrigada
    Beijos
    Lua Singular

    ResponderEliminar
  16. Um poema que nos dá uma imensa vontade de sentir a brisa do mar e ouvir o barulho das ondas.
    Abraços e uma boa tarde 😘

    ResponderEliminar
  17. Boa tarde Cidália,
    Ainda não fui, mas respirar a brisa marinha também aprecio!
    Lindo poema!
    Beijinhos e saúde.
    Ailime

    ResponderEliminar
  18. Nós portugueses temos uma relação muito grande de amor com o mar.
    Gostei do poema
    Abraço e saúde

    ResponderEliminar
  19. O mar inspirou a poeta.
    Parabéns Cidália, por este magnífico poema.
    Beijo.

    ResponderEliminar
  20. Cidália,
    Deixou flutuar o seu pensamento e saiu este belo soneto, como o mar, libertador!

    Um beijinho

    ResponderEliminar
  21. Que belo poema, adorei

    Beijinhos de boa e santa noite

    ResponderEliminar
  22. Un poema que nos transmite tranquilidad como la foto que le acompaña.

    Saludos.

    ResponderEliminar
  23. Belo poema!!

    Beijinhos.
    http://www.opecadomoraemcasa.pt/

    ResponderEliminar
  24. Olá,

    que mais belo poema que viemos conhecer ♥

    ABraços
    VOU ARRASAR BLOG

    ResponderEliminar
  25. Cidália, o mar é um grande amigo, soltamos a nossa alma,
    percorremos o infinito com o olhar, e assim respiramos melhor :)
    beijinhos

    ResponderEliminar
  26. Querida amiga Cidalia!
    Saudade do meu aqui. Tão pertinho e tão distante.
    O mar nos enche de energia ímpar.
    É tão revigorante a brisa dele.
    Tenha dias abençoados!
    Beijinhos carinhosos e fraternos

    ResponderEliminar
  27. Um passeio pela praia é revigorante,
    o mar nos renova de forma única!
    Lindo seus versos!
    🌊🌛😘

    ResponderEliminar
  28. Você, poetisa, deixou flutuar seu pensamento e, agora, as palavras do poema flutua no pensamento de nós, leitores. Parabéns pela sensibilidade!

    ResponderEliminar
  29. O mar acalma e dá medo. Depende muito da situação.
    Também,o olhando confessamos silenciosamente alguns segredos.
    Ci tenha um bom dia!

    ResponderEliminar
  30. Hermoso mar, inspirador. Lindo poema amiga, saludos.

    ResponderEliminar
  31. Lindíssimo!
    Sempre muito inspirada no mar!

    Beijinho!

    ResponderEliminar
  32. Dar um passeio pela praia para mim é revigorante um poema muito lindo um bjo.

    ResponderEliminar
  33. E como é bom, deixar flutuar o pensamento e sentir a brisa marinha, a lembrar a liberdade.
    Lindo poema
    Beijinhos

    ResponderEliminar
  34. OI Cidália, como é bom estar de frente ao mar de deixar os pensamentos e o olhar flutuares e se expandirem. Como estamos precisando desse liberdade de fluir.
    Lindo poema como sempre.
    beijos
    CHris


    Inventando com a Mamãe / Instagram  / Facebook / Pinterest

    ResponderEliminar
  35. Um poema que tem tanto de sereno, como de libertador... como o próprio mar!
    Poderoso e sublime momento poético! Beijinhos
    Ana

    ResponderEliminar

A vossa visita e comentário é o balsamo que alimenta a minha alma... Muito obrigada. Todos os poemas expostos são de minha inteira autoria, no que, apenas deverão ser partilhados com os devidos créditos da Autora: DEP. Legal: 374 492/14 - Cidália Ferreira - (Eu) 😘