sábado, 27 de junho de 2020

O tempo corre e não espera por mim.

****
O tempo corre e não espera por mim
Não me devolve o passado
Não me deixa ficar no presente
E corre feito bola de fogo,
Um fogo que não será bem assim
Quando o sentimento se sente magoado
O coração emudece, não mente
Falta a força, de uma vida, em desafogo
*
O sol nasce numa quimera de instantes
E toda a minha força se esvai
Mas quando olho em meu redor
Existe natureza em minha companhia
Que alimenta o sentimento de inconstantes
E me devolve algo que me atrai
Que me faz agarrar a vida com fervor
Porque, existirá sempre, um outro novo dia.
****
Cidália Ferreira

33 comentários:

  1. E se corre, principalmente agora que sou mãe ainda acho que corre mais! Que lindo poema. :) Beijinhos
    --
    O diário da Inês | Facebook | Instagram

    ResponderEliminar
  2. Poema sublime que me fascinou ler.
    Esquece o passado e vive o presente. Logo logo será amanha... e o hoje já passou...Vive.

    Um dia feliz
    Beijo

    ResponderEliminar
  3. El tiempo pasa. Nada se detiene y siempre hay una oportunidad para agarrarse a algo.
    Un abrazo

    ResponderEliminar
  4. E como voooooa o danado do tempo! Linda poesia que lembra temos que aproveitar bem cada dia! bjs, chica

    ResponderEliminar
  5. Que lindo e inspirado poema, sim o tempo nos parece que voa, quando se percebe já se foram anos e assim iremos todos a seu bel prazer!
    Por isso cada dia a seu dia, que venham dias amenos pela frente!
    Abraços bem apertados sempre querida am8ga Cidália!

    ResponderEliminar
  6. Nos espaços de cada verso ressoa a perplexidade habitada nestes instantes, porém, acima e à vista, ali se encontra a esperança alada pela natureza vibrante.

    Voei nas asas de teu poema!
    Bjs,
    Calu

    ResponderEliminar
  7. E é a isso que nos temos que agarrar, há sempre um novo dia.

    Beijocas

    ResponderEliminar
  8. Que lindoooo maravilhoso este poema, tocou meu coração e minha alma flutuou pelos campos olhando a natureza vibrante!

    Eu adorei quedida amiga Cidália...
    Parabéns
    Um grande abraço fraterno!

    ResponderEliminar
  9. Cidália querida... se você me permitir, gostaria de publicar esta poesia no meu Blog, mas não se preocupe, vou frizar o autor que é você!
    será um prazer ter um dos seus poemas magníficos no meu Blog!
    Mas que a permissão seja de coração! 😍😍😍❤️❤️❤️❤️❤️❤️

    ResponderEliminar
  10. É isso mesmo Cidália, "Porque, existirá sempre, um outro novo dia."
    Excelente poesia para terminarmos a semana em beleza!!!
    Desejo-lhe um fim-de-semana muito feliz, beijinho!

    ResponderEliminar
  11. Muito belo o seu texto!... Sim, essa "certeza" de um novo dia, essa nova oportunidade de recomeçar é que dá sentido a nossa vida. Ótima sexta-feira para você!

    ResponderEliminar
  12. O tempo voa e noto isso todos os dias quando olho para os meus filhos, todos os dias crescem mais um bocadinho e de repente, deixaram de caber no meu colo. Mas a cada novo dia essa certeza de que eles ficam para contar as nossas histórias e por eles vivemos cada novo dia com forças renovadas.

    Beijinhos e bom fim de semana.

    ResponderEliminar
  13. OI Cidália, corre mesmo. Parece que a cada dia corre em maior velocidade. Ter a natureza e comtemplar o nascer de um novo dia renova as esperanças, a força e a fé.
    Lindo demais o seu poema.
    beijos
    Chris


    Inventando com a Mamãe / Instagram  / Facebook / Pinterest

    ResponderEliminar
  14. É isso mesmo Cidália
    um horror
    agora que estamos presos em casa
    ainda custa mais ver o tempo PASSAR
    sem podermos aproveitar

    o tempo corre e não espera por nós...
    com este maldito vírus
    não nos deixa sequer ter o PRESENTE

    Parabéns pelo lindo poema.
    Hoje
    acabei de fazer um novo post aqui:
    http://momentos-perfeitos.blogspot.com/

    Bom fim de semana.
    Tulipa

    ResponderEliminar
  15. O tempo voa.. por isso temos que aproveitar cada momento

    Belo poema querida amiga.. um feliz final de semana

    beijinhos
    VOU ARRASAR BLOG

    ResponderEliminar
  16. Cada el día el sol sale para todos y hay que vivir el momento y el presente nunca se sabe lo que nos depara la vida .
    Solo el instante es lo que tiene importancia...vivamos y hagámonos felices los unos a los otros.
    Un abrazo y feliz noche.

    ResponderEliminar
  17. O tempo corre rápido amiga.
    Adorei ler o belíssimo poema.
    Beijinhos e bom fim-de-semana

    ResponderEliminar
  18. Que belo poema e que o Sol sempre te ilumine e a este canto :)

    Beijinhos e bom fim de semana

    ResponderEliminar
  19. Muito bem Cidália!
    Amei este poema, lindas palavras, é preciso saber agarrar a vida e os momentos que ela nos proporciona!
    Beijinhos e bom fim de semana!

    ResponderEliminar
  20. El tiempo no se detiene pero nos queda la esperanza de un nuevo dia... Saludos amiga.

    ResponderEliminar
  21. Que o tempo seja acompanhado de Fé, Esperança e Amor.
    Lindo!



    Beijo
    SOL

    ResponderEliminar
  22. É flor, haverá sempre um novo dia enquanto houver vida!
    O tempo passa...

    Beijinhos

    ResponderEliminar
  23. está muito esquisito esse presente pausado. se olha pro passado ou futuro entristece pq são impossíveis nesse momento. eu tenho tentado viver um dia de cada vez. se cuida. beijos, pedrita

    ResponderEliminar
  24. Um belo poema de esperança num amanhã melhor.
    Bjn
    Márcia

    ResponderEliminar
  25. Um desfio à sua força!
    Gostei, sinceramente.
    Beijos, bom fim de semana.

    ResponderEliminar
  26. Vale-nos o Sol-de-cada-dia
    Há certezas que temos: o Sol,
    e o Sol que certezas tem de nós?
    Bj.

    ResponderEliminar
  27. Boa tarde de sábado, querida amiga Cidália!
    "Existe natureza em minha companhia".
    E que bem nos faz... Propicia a poesia...
    Tenha um ótimo final de semana!
    Bjm carinhoso e fraterno de paz e bem

    ResponderEliminar
  28. Gostei do poema. À vezes sinto o tempo assim

    ResponderEliminar
  29. Identifiquei-me com algumas partes da escrita...

    Gostei muito!!!

    Beijos

    ResponderEliminar
  30. O tempo passa veloz por todos nós, há que aprender a aproveitar ao máximo os momentos presentes.
    Maravilhoso poema
    Beijinhos

    ResponderEliminar
  31. O tempo... e a falta dele... algo com que de uma forma mais intensa me tenho debatido ao logo deste saturante 2020... por força das circunstâncias tão especiais dos tempos que atravessamos...
    Uma belíssima reflexão poética, que adorei apreciar por aqui...
    Beijinhos
    Ana

    ResponderEliminar

A vossa visita e comentário é o balsamo que alimenta a minha alma... Muito obrigada. Todos os poemas expostos são de minha inteira autoria, no que, apenas deverão ser partilhados com os devidos créditos da Autora: DEP. Legal: 374 492/14 - Cidália Ferreira - (Eu) 😘