sexta-feira, 19 de junho de 2020

Mergulhada nas águas do desejo.

****
Mergulhada nas águas do desejo
Vestida, perfumada
Coberta de meras ilusões
De alma leve, e liberta
De tantas desilusões, e do nada
As promessas, de um ilusório beijo
Não passam de meras recordações
*
Existem as estrelas que me seguem
Outras, que deixo para trás
As escolhas são como lume
Que queimam por dentro e por fora
Quando vivo num tempo sagaz,
Existem queixas, os tempo correm
Deixando o inevitável ciúme
*
Quantos sonhos tenho guardados
Quantas cartas eu te escrevi
Umas lestes, ou ignoraste
Libertei-me, mergulhei, pensei
O quanto desejaria ter-te aqui,
Neste mergulho, sonhos abençoados
Mas que um dia, prometeste e faltaste.
****
Cidália Ferreira

46 comentários:

  1. La vida nos deja tantas cosas, como son sueños y cartas por abrir .
    Poema donde la nostalgia nos acompaña de la mano.
    Un abrazo y muy feliz jueves.

    ResponderEliminar
  2. Mais um delicado poema vim aqui ler. Gostei igualmente da foto! Beijinho, Cidália, votos de um dia feliz.

    ResponderEliminar
  3. Bom dia, Cidália!
    Um poema muito tocante!

    ResponderEliminar
  4. A vida e os seus desencantos...

    Bom dia, Cidália

    ResponderEliminar
  5. Muito linda e intensa em sentimentos! bjs, chica

    ResponderEliminar
  6. A mergulhar por aqui para desejar um bom dia
    Beijinho

    ResponderEliminar
  7. Um beijinho!

    Beijos e abraços.
    Sandra C.
    bluestrass.blogspot.com

    ResponderEliminar
  8. Tristeza pela ausência de gratidão e amor esquecido.
    Um belo poema!
    Beijinhos Cidália .

    ResponderEliminar
  9. Um bonito poema, um pouco desencantado com o amor.
    Bjn
    Márcia

    ResponderEliminar
  10. Quem mais promete mais falha... e o amor não é excepção...
    Gostei muito do poema, é magnífico.
    Continuação de boa semana, querida amiga Cidália.
    Beijo.

    ResponderEliminar
  11. A vida e os seus contrastes. Poems sublime, fascinante de ler
    .
    Deixando um beijo

    ResponderEliminar
  12. Achei muito lindo poema,mesmo com promessas faltosas..
    Continuação de boa semana
    Bjs

    ResponderEliminar
  13. Ká diz o ditado: promessas leva-as o vento!!
    xoxo

    marisasclosetblog.com

    ResponderEliminar
  14. Mais um poema muito bonito... Adorei ler!
    Aproveito para desejar uma boa semana!

    Bjxxx
    Ontem é só Memória | Facebook | Instagram | Youtube

    ResponderEliminar
  15. Que belo poema

    Beijinhos de boa e santa noite

    ResponderEliminar
  16. Supiste enlazar estos tres poemas de hermoso contenido.

    Saludos.

    ResponderEliminar
  17. Olá querida Cidália!
    Mais um magnífico poema, ainda que seja banhado em desilusões... mas o amor é assim mesmo.
    Nem sempre são cravos nem sempre são rosas, antes não existissem espinhos. Gostei imensamente.
    Beijinhos de paz e uma santa noite.
    Luisa
    Luisa

    ResponderEliminar
  18. muito bem! um poema muito bonito
    palavras muito bem escolhidas
    beijo, amiga

    ResponderEliminar
  19. Oi Cidália! E como dói um amor não vivido...
    só sonhado e esperado...
    Lindo demais!Beijos!:)

    ResponderEliminar
  20. Esses mergulhos são sempre retemperadores.
    Bjs, bfds

    ResponderEliminar
  21. Bom dia de paz, querida amiga Cidália!
    Que versos sentidos de uma promessa não cumprida!
    No doce mergulho do eu real, seja liberta de dissabores.
    Tenha dias abençoados!
    Bjm carinhoso e fraterno de paz e bem

    ResponderEliminar
  22. Hermosa nostalgia en tus versos. Amar duele y cuando se va nos deja solo recuerdos que aveces al evocarlos nos inspira bellas letras, como las que en tu poema me saludan. Saludos amiga.

    ResponderEliminar
  23. A passar por cá para conhecer mais um bonito poema.

    Isabel Sá  
    Brilhos da Moda

    ResponderEliminar
  24. Há histórias de amor que só deixam dor...
    Lindo...
    Beijos e abraços
    Marta

    ResponderEliminar
  25. Os encontros e desencontros da vida.
    Abraço, saúde e bom fim de semana

    ResponderEliminar
  26. Ai o amor, que inspira e conta histórias de vida.
    Lindo poema.

    Beijinhos e bom fim de semana.

    ResponderEliminar
  27. Por vezes, as recordações preenchem a vida.
    Belo poema, cara Cidália.

    Beijo
    Olinda

    ResponderEliminar
  28. Muitas vidas passam por isso!
    Gosto do poema Cidália... Bj

    ResponderEliminar
  29. Um mergulho poético em lembranças inesquecíveis que
    encanta o privilegiado leitor.
    Adorei, caríssima Cidália!
    Receba os meus cumprimentos e calorosos aplausos.

    ResponderEliminar
  30. Um poema a relatar algo triste, mas que acontece muitas vezes! Mas lindo. :) Beijinhos e bom fim de semana.
    --
    O diário da Inês | Facebook | Instagram

    ResponderEliminar
  31. Muito bom para acabar a semana =)

    Beijocas

    ResponderEliminar
  32. Quando as vezes falha toda promessa de cumplicidade.
    Quando vem esta saudade do que as nem se viveu.
    Lindo sempre querida amiga, voando alto na poesia.
    Beijo amiga.

    ResponderEliminar
  33. Oi Cidália, um lindo mergulho nas emoções esse seu poema.
    beijos
    Chris


    Inventando com a Mamãe / Instagram  / Facebook / Pinterest

    ResponderEliminar
  34. Olá Cidália!
    Lindo poema.

    Boa continuação.
    Beijinhos

    ResponderEliminar
  35. Maravilhoso como sempre!!!

    Agarras em palavras e emoções e lanças os dados inspiradores!

    Beijinhosssss

    ResponderEliminar
  36. Cidália!
    Bom escrever cartas de amor.
    cheirinhos
    Rudy

    ResponderEliminar
  37. Um mergulho em recordações que marcaram um coração.
    Belíssimo poema
    Beijinhos

    ResponderEliminar
  38. Desilusão, tristeza, infelicidade, mas muita beleza...
    Tudo de bom.
    Beijinho
    ~~~~~

    ResponderEliminar

A vossa visita e comentário é o balsamo que alimenta a minha alma...Muito obrigada. Todos os poemas expostos são de minha inteira autoria, no que, apenas deverão ser partilhados com os devidos créditos da Autora: DEP. Legal: 374 492/14 - Cidália Ferreira (Eu) 😘