terça-feira, 14 de janeiro de 2014

"Suavemente fui entrando"



Suavemente fui chegando
Entre pezinhos de lã
Bati-te à porta, abriste
Fiz-me ao convite para entrar
Sentava-me ao teu colo
Olhava-te com carinho
Com saudade de outrora
Dos nossos carinhos trocados
Calorosa, a minha mente
Perversa nos pensamentos
Estremecia o meu corpo
Meus olhos que nada viam
Mas sentiam que estavas lá
No meu íntimo imaginário
Tão flutuante como eu
Com vontade de te abraçar
E contigo poder brincar
Aguardando...
O ansioso momento
Agradecendo o facto
De ter o que Deus me deu
O Amor...Que és tu e eu.
Suavemente foste entrando!
****
Cidália ferreira

18 comentários:

  1. Lindo poema, mais uma vez tua sensibilidade aflorada!beijos praianos,chica

    ResponderEliminar
  2. Ah! Cidália, que lindo!
    Suave como a brisa da manhã, perfumado como deve ser, encantando nossos olhos ao ler algo tão pleno, tão gostoso e tão apaixonante.
    A ansiedade natural de sentimentos tão verdadeiros.
    bjs
    Ritinha

    ResponderEliminar
  3. Muito bonito!!!!! Amei demais.....

    GABY

    ResponderEliminar
  4. Oi Cidália, desculpe a demora: não estava em casa, cheguei agora.
    Uma poesia caliente para o frio aí em Portugal, aqui temos que ligar o ar condicionado.kkk
    Adorei
    Beijos
    Lua Singular

    ResponderEliminar
  5. Olá, como sempre digo, não temos que procurar o amor, ele acontece inesperadamente, pode acontecer ai virar de uma esquina, poema é lindo.
    Abraço
    ag

    ResponderEliminar
  6. Cidália minha querida, boa noite !
    Espero que esteja bem. Belo poema. O amor assim chegando, sem nada avisar.

    Abraços,
    Dan
    http://gagopoetico.blogspot.com.br/

    ResponderEliminar
  7. Que lindo, amei ler minha amiga, beijos!

    ResponderEliminar
  8. Só uma palavra: MARAVILHOSO!!!!!!!!!!!!


    Obrigada por existir,minha amiga poetisa!

    E por sempre estar presente em meu espaço.

    Beijinhos e ótima semana

    Dryka

    Face Book :

    https://www.facebook.com/adriana.paz.505960



    Blog Suas Histórias Nossas Histórias



    ResponderEliminar
  9. Suavemente você encanta com poesia tão belas e repletas de paixão,amor e doçura,querida amiga poeta!

    Cidália.Não deixe escapar nunca esse dom para que nos deliciemos sempre!

    Obrigada pela visita,querida amiga.

    Beijos e uma semana de alegrias

    Donetzka

    Face Book:


    https://www.facebook.com/donetzka.cercck




    Blog Magia de Donetzka


    ResponderEliminar
  10. Amei.....Belo Poema, Cidália
    Beijinhos .... Araan

    ResponderEliminar
  11. Querida Cidalia
    Suaves palavras!
    Muitos parabens pelo poema tao bonito!
    Beijinhos
    Beatriz

    ResponderEliminar
  12. Ele há cada uma...ontem estive aqui e comentei este poema, mas para o comentário não estar aqui é porque não o publiquei. Já não é a primeira vez que me acontece...Eu não digo que preciso de hibernar?...:-)
    O poema é lindo, e concordo com o Ricardo quando diz que estás a escrever cada vez melhor. Adorei o verso: " Suavemente foste entrando!"...;-)
    xx

    ResponderEliminar