domingo, 17 de fevereiro de 2019

No pensamento da eterna criança. {Poetizando e Encantando}

****
Olhar de criança, terno, em flores cor-de-rosa
Exalando perfume, inebriando meus sentidos
Quando recordo o presente sinto-me cheirosa
Sozinha, algures num jardim, sonhos perdidos
*
Olho, embarco na lembrança, do teu presente
Talvez a melancolia seja o meu maior defeito
A saudade corrói... é o que meu coração sente
Neste jardim florido, o silêncio não é perfeito
*
Não importa se é ramalhete de rosas ou tulipas
Ou se o seu perfume, é ou não, meu predilecto
Importam as lembranças de ti, onde te dissipas
*
Asseguro com o carinho da minha perseverança
Aconchego ao meu peito, flores, doçura e afecto
Que guardo no meu pensamento...eterna criança
****
Cidália Ferreira.

Agradeço o convite, para mais uma edição, "a setenta (70) " de Poetizando e Encantando, da  Prfª Lourdes Duarte. Blogue Filosofando na Vida. Desejando um bom fim de semana a todos e espero ser do vosso agrado. Bem  hajam.

45 comentários:

  1. Bjins de sabado
    CatiahoAlc. do Blog Espelhando
    https://frasesemreflexos.blogspot.com/

    ResponderEliminar
  2. Lindo...mesmo!
    Beijinho e bom fim-de-semana

    ResponderEliminar
  3. Guardar no peito o coração de criança é maravilhoso,como tua poesia o é! beijos, chica e lindo fds!

    ResponderEliminar
  4. Olá:- Por vezes os silêncios são perfume de doces rosas que aromam o coração. Poema muito bonito.
    .
    Cumprimentos poéticos

    *** Olhar de amor perante a magia do pôr-do-sol ( Poetizando e Encantado ) ***

    ResponderEliminar
  5. A passar por aqui para conhecer mais um bonito poema!


    Isabel Sá
    Brilhos da Moda

    ResponderEliminar
  6. O eterno cuidado para o coração nunca esquecer esse princípio fundamental. Somos plurais.
    Abraços.

    ResponderEliminar
  7. Querida Cidália
    Muitos parabéns pela forma como respondeu ao desafio:o poema é belíssimo.
    Gostei imenso da imagem escolhida, que mostra bem quanta sensibilidade possui.
    Bom fim de semana.
    Um beijinho
    Beatriz

    ResponderEliminar
  8. Olá querida Cidália!
    Que magnífico poetar! Uma poesia encantadora! escolheste uma bela imagem e sua interpretação poética está perfeita.

    Olhar de criança, terno, em flores cor-de-rosa
    Exalando perfume, inebriando meus sentidos
    Quando recordo o presente sinto-me cheirosa
    Sozinha, algures num jardim, sonhos perdidos.

    Esse olhar terno de criança, sentir-se perfumada ao lembrar... esse olhar saudoso... enfim uma pérola de poesia.
    Obrigada amiga por mais uma vez participar com carinho e dedicação. Amo suas poesias e esta entra no livro das mais belas. Parabéns! Seja sempre bem vinda. Abraços, feliz tarde de sábado e um despertar para um domingo abençoado. Bjuss

    ResponderEliminar
  9. Querida poetisa Cidália! Entre tantas poesias que li aqui belas, majestosas, líricas... esta é sem dúvida belíssima! Que bela interpretação da imagem. Parabéns , sua participação merece aplausos. Abraços, seja muito feliz.

    ResponderEliminar
  10. Olá Cidália!
    Brilhante e excelente poema, onde reflete e expõe toda ternura de infância. Gostei muitíssimo. Parabéns pela inspiração poética.
    Beijinho
    Luisa

    ResponderEliminar
  11. Um poema lindo Cidália, cheio de delicadeza e ternura.
    Para mim crianças são como jardins floridos, maravilhosas, coloridas, cheias de beleza, paz e amor.
    Adorei o poema!
    Beijinho

    ResponderEliminar
  12. Lindo soneto amiga Cidália!
    Repleto de delicadeza em palavras e aromatizado em flores.
    Amei.
    Bjs e um ótimo domingo.
    Carmen Lúcia.

    ResponderEliminar
  13. Bonita participação Cidália
    Gostei de ler
    Bjs

    Kique

    Hoje em Caminhos Percorridos - Perguntas sábias...

    ResponderEliminar
  14. Lindo poetizar esta eterna criança acima das melancolias que pela vida se colhe. Bonita construção Cidália. Poetizou e encantou belamente.
    Bom domingo de paz e alegrias.
    Beijo amiga.

    ResponderEliminar
  15. Oi Cidália,

    Lindíssima participação
    Gostei muito!
    Beijos
    Lua Singular

    ResponderEliminar
  16. Cara amiga Cidália, belo momento poético. Soneto maravilhosamente lindo! Um abraço daqui do sul do Brasil. Tenhas um lindo domingo.

    ResponderEliminar
  17. Querida Cidália! Que majestoso poema! esse olhar, esse sentimento que aflora a eterna criança lhe inspirou lindamente. parabéns por mais uma vez participar me nos encantar. Bjuss

    ResponderEliminar
  18. Serei uma eterna criança.
    O poema está lindo, toca lá no fundo no ser.
    Beijinhi
    Jéssica Barbosa
    https://brevisfuse.blogspot.com

    ResponderEliminar
  19. Que lindo amiga poetisa! A eterna criança que hoje cresceu e ama deseja ser feliz. Uma pérola de poesia! parabéns! bjuss

    ResponderEliminar
  20. Os momentos... as memórias eternas... lindo...
    Obrigada pela visita...
    Beijos e abraços
    Marta

    ResponderEliminar
  21. O doce aroma das flores traz à memória doces recordações eternizadas na infância. Muito lindo o seu poema Cidália
    Beijos e um feliz domingo

    ResponderEliminar
  22. Bom dia de paz, querida amiga Cidália!
    Quando recordo o presente sinto-me cheirosa...
    Eu também... o momento atual me delícia.
    Lindo poema é sobretudo onde verseja dizendo que não importa se são rosas ou tulipas... bem assim!
    Os momentos felizes são o que contarão sempre.
    Tenha um excelente Domingo junto aos seus!
    Bjm carinhoso e fraterno de paz e bem
    🤩😍😘

    ResponderEliminar
  23. A imagem ficou maravilhosamente bem ilustrada com o seu poema.
    Bjs

    ResponderEliminar
  24. Cidália um lindo poema bastante encantador, e acompanhado de uma bela imagem Cidália bjs.
    http://www.lucimarmoreira.com/

    ResponderEliminar
  25. Tão ternurento este poema..
    Gostei muito de o ler ;)

    Beijinho

    ResponderEliminar
  26. Nesse silêncio não perfeito,
    sendo o jardim maravilhoso
    coração bate dentro do peito
    humildemente, de si orgulhoso!

    Tenha uma boa noite de Domingo amiga Cidália.
    Bjs.

    ResponderEliminar
  27. Ficou muito bem e foi uma ótima participação.
    Tudo bom.
    Bjos
    ~~

    ResponderEliminar
  28. Boa tarde Cidália,
    Um poema lindo e delicado como as rosas.
    Beijinhos,
    Ailime

    ResponderEliminar
  29. Bom dia!
    Mais uma vez participando do Poetizando com a aluna Vanessa Oliveira.
    Espero que goste da nossa singela participação. Será um prazer receber você no nosso cantinho.
    Cidália querida! Que linda poesia, o amor, esse sentimento que quando se vai deixa saudade, você poetizou lindamente!terno e delicado. Abraços, feliz e abençoada semana.

    ResponderEliminar
  30. Parabéns pelo lindíssimo poetar, Cidália.
    Tenha uma semana feliz.
    Um carinhoso abraço de
    Verena,

    ResponderEliminar
  31. Terno e belo soneto, uma participação encantadora.
    Beijinhos
    Maria
    Divagar Sobre Tudo um Pouco

    ResponderEliminar
  32. Criança, lembrança, poesia... Bela inspiração a poetizar e encantar.

    Um abraço. Tudo de bom.
    💙 Acorda para caminhar.

    ResponderEliminar
  33. Asseguro com o carinho da minha perseverança
    Aconchego ao meu peito, flores, doçura e afecto
    Que guardo no meu pensamento...eterna criança…

    Cara Cidália
    revejo a linda ternura do poema com os tons suaves e o aroma leve da mente de criança !
    muito bonito, lê-se com carinho e a melancolia é doce ao olhar !
    beijinho grande
    Angela


    ResponderEliminar
  34. BOA NOITE!
    Convite para o Poetizando e Encantando.

    Amiga, hoje não foi possível postar mais cedo, além de tudo ainda estou estudando para um concurso interno para coordenador da rede estadual. Passei no PROGEPE e agora estudar para tentar a coordenação pois para me aposentar ainda falta tempo de contribuição, e agora com essas mudanças, piora tudo!

    Desculpe o relato, mas para que você entenda um pouco, de como tem sido difícil manter o poetizando, dai a demora nas visitas e adicionar links.

    Vamos poetizar mais uma vez com imagens agradáveis que nos convidam a poetar. Como diz Federico García Lorca.” Todas as coisas têm o seu mistério, e a poesia é o mistério de todas as coisas”.

    Abraços, feliz fim de semana.

    ResponderEliminar
  35. Cidália!
    Nossa! Que poema mais singelo e doce, parabéns!
    cheirinhos
    Rudy
    BLOG ALEGRIA DE VIVER E AMAR O QUE É BOM!

    ResponderEliminar
  36. Sensacional e cativante poema!
    Contruções, rimas e emoções sempre perfeitas!

    Um grande abraço Cidália...

    ResponderEliminar
  37. E que privilégio imenso, poder conservar-se o nosso olhar de criança... imbuído de esperança... de que coisas boas... chegarão, e serão tão Bem-Vindas, na nossa vida...
    Adorei este poema tão encantador!...
    Beijinho
    Ana

    ResponderEliminar

A vossa visita e comentário é o balsamo que alimenta a minha alma...Muito obrigada. Todos os poemas expostos são de minha inteira autoria, no que, apenas deverão ser partilhados com os devidos créditos da Autora: DEP. Legal: 374 492/14 - Cidália Ferreira (Eu) 😘