quinta-feira, 21 de fevereiro de 2019

Vagueámos juntos, na agitação doutros mares

Apreciava ao anoitecer o mar sem agitação
Respirava a maresia, toda eu era a saudade
Olhava o horizonte, o sol parecia saudação
Que ficava  estampado em minha liberdade
*
A brisa acariciava-me o rosto, que te olhava
Enquanto sentado, deambulavas sem limites
Esperavas minha chegada de forma pausada
Porque a todas as tempestades, só tu resistes
*
Esperavas tristonho...e com toda a sapiência
Pressentias que meu chegar te trazia energia
Na imensidão do mar se respirava resistência
Porque ambos, nos completamos na analogia
*
O sol fazia as despedidas com todo o glamour
O mar serenado, envaidecia os nossos olhares
Quando cruzados, e na essência do esplendor
Vagueámos juntos, na agitação doutros mares
****
Cidália Ferreira.

39 comentários:

  1. A imagem é linda. O poema deslumbrante. O pôr-do-sol sobre as águas do mar gera fotos magistrais.
    Mais um poema em que o coração suspira por alguém ausente. É assim a alma de um poeta ou de uma poetisa.

    Beijo

    ResponderEliminar
  2. A foto é linda e transporta-nos para o mundo da saudade!
    Lindo este poema!

    Beijinhos Cidália

    ResponderEliminar
  3. Lindo é vaguear juntos...Sempre inspirada! beijos, chica

    ResponderEliminar
  4. A saudade sentida...
    Lindo...
    Beijos e abraços
    Marta

    ResponderEliminar
  5. Belo poema, e essa foto é magnífica! Nunca vi algo igual.
    Beijo, Cidália!

    ResponderEliminar
  6. Que bom será viajar nessa agitação,
    bem como nadar nas ondas de outro mar
    sentindo verdadeiro amor no coração
    com tudo neste mundo sem nunca acabar!

    Tenha uma boa tarde cara amiga poetisa Cidália Ferreira.
    Beijinho.

    ResponderEliminar
  7. Mias um lindíssimo poema...Parabéns!O teu blogue é o sucesso que tu bem mereces.

    Beijinhos

    ResponderEliminar
  8. Querida Cidália
    Que linda é a imagem que colocou!
    O seu poema deu-me vontade de sair e vaguear com o meu amado: é um texto muito inspirador!
    Um beijinho
    Beatriz

    ResponderEliminar
  9. Cidália Ferreira diria que o esplendor está bem representado no poema: o mar e o por do sol representado em fotografia, e resedenhado em poesia, torna o poema bem bonito.
    Bbeijos

    ResponderEliminar
  10. Vaguear por aqui é sempre compensador.
    Beijinho

    ResponderEliminar
  11. Woaunh a foto mt bonita e o poma esta 5 * bjs

    ResponderEliminar
  12. Um poema que embala como o mar, lindo! :) Beijinhos
    --
    O diário da Inês | Facebook | Instagram

    ResponderEliminar
  13. Cada vez gosto mais de passar por cá e ler estes belíssimos versos
    Bjs

    Kique

    Hoje em Caminhos Percorridos - Alguém sabe como será feita a demonstração??...

    ResponderEliminar
  14. Oi Cidália,

    Uma linda poesia que sai da sua alma
    Parabéns, todas são belas
    Estou com problema no blog
    Deixei um recadinho no blog
    Uma postagem apareceu os comentários
    Se não aparecer faço outro blog.
    Beijos no coração
    Lua Singular

    ResponderEliminar
  15. Há vagueares que valem a pena...
    Como ler este excelente poema. Parabéns, gostei imenso.
    Cidália, continuação de boa semana.
    Beijo.

    ResponderEliminar
  16. Um poema doce que aguça a nossa imaginação. Perfeita e mágica ansiedade essa, entre espera e chegada. Maravilhoso poema. Parabéns Cidália. Um abraço

    ResponderEliminar
  17. A sua poética tem esta sua marca, este
    sentir intenso e sublime a desnudar
    sempre à saudade! ...
    Sempre muito belo aqui, Cidália! !
    Bjos.

    ResponderEliminar
  18. Muitíssimo belo!
    Dias agradáveis e amorosos.
    Beijinho
    ~~~~

    ResponderEliminar
  19. Um vaguear apaixonante!
    Lindo amiga Cidália.
    Bjs-Carmen Lúcia.

    ResponderEliminar
  20. um vaguear compartilhado e cheio de cumplicidade
    gostei das palavras cheias de ternura e esperança
    beijinhos
    :)

    ResponderEliminar
  21. Boa noite de paz, querida amiga Cidália!
    Só o Amor resiste toda forma de tempestades...
    Sempre uma poesia linda por aqui.
    Tenha dias felizes e abençoados!
    Bjm carinhoso e fraterno de paz e bem
    🙏🤩😘

    ResponderEliminar
  22. Gostei muito, o que vale é que já é quinta feira :) ufaaaa

    Beijinhos grandes

    ResponderEliminar
  23. A tua poética é tão sublime quanto o esplendor da imagem, caríssima Cidália.
    Boa noite, um terno abraço e calorosos aplausos.

    ResponderEliminar
  24. Uma linda poesia que suspira por um amor distante.
    Sempre brilhante querida.

    Abraços
    Dan
    https://gagopoetico.blogspot.com/

    ResponderEliminar
  25. Magnífico poema! A imagem é brutal.
    Bjs

    ResponderEliminar
  26. Bom dia Elvira, cá estou novamente, passando apenas para informaro motivo da minha ausência que está postado no novo blog, peço que delete os links antigos, pois sumiram os sete blog, tento acessar depois que o pc queimou e a msg informa que foram removidos.

    Estou a segui seu blog
    https://blogpoetico2019.blogspot.com/

    Abraço saudoso.
    Diná Fernandes

    ResponderEliminar
  27. Cidália!
    Cada poema seu é um reflexo para novas inspirações.]
    cheirinhos
    Rudy
    BLOG ALEGRIA DE VIVER E AMAR O QUE É BOM!

    ResponderEliminar
  28. UAU..brilhante poema!!!
    Tudo em perfeita sintonia: as palavras, emoções e a imagem!

    Como sempre arrasas!!!

    Beijinho grande

    ResponderEliminar
  29. Apaixonado e belo vaguear em forma de um encantador poema.
    Beijinhos
    Maria
    Divagar Sobre Tudo um Pouco

    ResponderEliminar
  30. Um maravilhoso olhar poético... que de uma forma sublime, tão bem traduziu a inspiradora imagem!
    Adorei este momento belo momento poético... intenso e apaixonante... imagem de marca da maioria dos seus trabalhos, Cidália!
    Gostei imenso! Beijinhos
    Ana

    ResponderEliminar

A vossa visita e comentário é o balsamo que alimenta a minha alma...Muito obrigada. Todos os poemas expostos são de minha inteira autoria, no que, apenas deverão ser partilhados com os devidos créditos da Autora: Cidália Ferreira (eu) 😘