sexta-feira, 20 de novembro de 2015

O cansaço chegou, da mente se apoderou

O cansaço chegou, da  mente  se apoderou
Tomou conta do corpo que me fez ressentir
Da falta de energia  mas nunca se recusou
Ao teu pedido poderoso, e me fez  reflectir

Abri a minha porta para ver passar o luar
Acompanhada de nuvens  tão carregadas
As aves que pernoitavam para descansar
Apanhavam o relento das noites passadas

O cansaço chegou  ao meu corpo que sofre
A noite é triste mas ao cansaço não insisto
Tuas palavras guardei dentro do meu cofre
Aquele, que te obedece, e sempre te resisto

Meus dias são tão intensos sem nada  fazer
Tento ouvir a voz que entra no meu coração
Nuvens escuras se atravessam, fazem sofrer
Quem de ti não se cansa, és minha perdição
****
Cidália Ferreira

18 comentários:

  1. A vida cansa mais devemos da a volta por cima e seguir enfrente,
    bom final de semana.
    Novo Vídeo: https://www.youtube.com/watch?v=06avCiMDYGA
    Blog:http://arrasandonobatomvermelho.blogspot.com.br

    ResponderEliminar
  2. Boa tarde, Cidália.
    Muitas vezes deixamos o cansaço se apoderar da nossa alma, refletindo no nosso corpo físico, insistimos no que não seria bom para nós, mas chega a ser uma questão pessoal demais!
    Quando amamos ou pensamos que amamos, nos entregamos ao que quer que seja, ao encanto de uma mísera atenção e nos enfadamos, mas, somos teimosos demais para aprender e cansamos o que era para ser relaxado, encantado, o amor!
    Parabéns, querida!
    Grata por tudo.
    Tenha um excelente fim de semana de paz!
    Beijos na alma!


    http://divasdapoesianaturalmente.blogspot.com.br/

    http://redescobrindoaalma.blogspot.com.br/

    ResponderEliminar
  3. Há que contrariar o cansaço, um belo poema minha amiga.
    Um abraço e bom fim de semana.

    ResponderEliminar
  4. Muitas vezes esse cansaço se apodera dos nossos corpos..
    Lindos versos amiga Cidália.
    Bjs e um ótimo final de semana.
    Carmen Lúcia.

    ResponderEliminar
  5. Os cansaços podem ser psicológicos... ou não

    Bonito poema muito bem escrito por uma poetisa possuidora de um enorme talento
    Bjo

    ResponderEliminar
  6. Quantas vezes o cansaço não se apodera de nós???? Há que contrariar mas não é fácil.
    Lindo poema.
    Bjs

    ResponderEliminar
  7. Um belo poema, que me revi nele! Parabéns


    Um bom fim de semana
    Esperamos por si aqui: :http://quadrasepensamentos.blogspot.pt/

    Beijo

    ResponderEliminar
  8. Quando o cansaço chega domina o corpo e a mente.
    Lindo poema.
    Beijinhos
    Maria

    ResponderEliminar
  9. Quando o cansaço chega é necessário uma pausa para se recuperar.

    Lindo poema.

    Bjs

    Tânia Camargo

    ResponderEliminar
  10. Um cansaço que tem a ver com o aborrecimento dos dias e com a falta de
    novidade e reinvenção do amor.
    Belo , Cidália!
    Bom fim de semana, que parece vir a ser frio! :-(
    xx

    ResponderEliminar
  11. Amor de Perdição... é o nome de um romance português. Lembrei-me dele com sua poesia. Muito bela. Beijos

    ResponderEliminar
  12. Esse cansaço é da alma,querida amiga Cidália. As agruras da vida produzem isso,mas temos que nos recarregar na natureza e seguir em frente sempre! Deus ajuda!

    Belíssimo poema como todos,minha linda.

    Melhoras e Deus a abençoe

    Obrigada pela visita e um fim de semana de paz

    Beijos sabor carinho

    Donetzka

    ResponderEliminar
  13. Um poema muito belo ao som de uma melodia tão linda !
    Um beijinho e bom fim de semana

    ResponderEliminar
  14. Ao passar pela net afim de encontrar novos amigos e divulgar o meu blog, me deparei com o seu que muito admiro e lhe dou os parabéns, pois é daqueles blogs que gostaria que fizesse parte de meus amigos virtuais.
    Pois se desejar visite o Peregrino E Servo. Leia alguma coisa e se gostar siga, Saiba porém que sempre vou retribuir seguindo também o seu blog.
    Minhas cordiais saudações, e um obrigado.
    António Batalha.
    http://peregrinoeservoantoniobatalha.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
  15. Oi Cidália,
    Eu já tive esse cansaço no corpo, mas Deus me mostrou o caminho certo para me libertar. Hoje sou mais feliz, as dores sumiram e a vontade de viver redobrou.
    Um beijo no coração
    Deus a proteja e a abençoe
    Beijos no coração
    Minicontista2

    ResponderEliminar
  16. Olá

    Sempre inspiradíssima como só acontece com as grandes poetizas. Poema cheio de amor, sedução e cumplicidade de pensamento.. Gostei imenso
    Bjo

    ResponderEliminar
  17. Começando pela imagem dominada pelas trevas, chegamos à aura melancólia que a poesia transmite. Uma aura dominada pelo cansaço mas as palavras e emoções dão um toque poético genial a esta poesia, muito bem elaborada. Um grande abraço e feliz fim de semana amiga

    ResponderEliminar