segunda-feira, 20 de setembro de 2021

Se o sol sumir num dia, noutro voltará ...

****

As tempestades podem fazer derrubar
O sol pode sumir e as névoas surgirem
A tristeza ser maior que a força do mar
Haverão sempre energias, a decidirem
.
Enquanto existe um pensamento vago
Existe quem ofereça com a convicção
De comutar a tristeza num mero afago
Numa tela de papoulas, em exaltação
.
Se o sol sumir num dia, noutro voltará
Se a melancolia for insistente, negarei
E prometo, que meu coração suscitará
.
Como pode a tempestade ser tão dura
Perante as papoulas sensíveis. Não sei
Sei, que voltei, com esta bela moldura
****
Cidália Ferreira.

Voltei... desejando que todos tenham/tenhamos, um feliz fim de semana.

47 comentários:

  1. Olá, Cidália!
    Que bom vê-la de novo por aqui minha amiga!
    Bem vinda ao nosso convívio!
    E que regresso em grande, com este lindo poema.
    Que o sol nunca deixe de brilhar, mesmo quando as nuvens negras, o queiram ofuscar.

    Gostei muito.

    Feliz fim de semana!
    Beijinhos!

    Mário Margaride

    http://poesiaaquiesta.blogspot.com

    ResponderEliminar
  2. Linda poesia e ainda bem, o sol volta sempre!! bjs, chica e tudo de bom!

    ResponderEliminar
  3. Que o Sol nunca perca o brilho mesmo que passe alguma nuvem escura, não o
    ofusqueo.

    Votos de um feliz fim de semana.
    Beijinhos de paz.

    ResponderEliminar
  4. Depois de uma pausa, um regresso em grande nível. Poema brilhante que me deliciou ler. Que as nuvens nunca tapem e/ou escondam o sol da vida e, as tempestades, sejam tempestades de carinho e amor físico e poético
    .
    Cumprimentos maiores que a força do Mar

    ResponderEliminar
  5. Voltou com esta linda moldura e esse belíssimo poema!!!
    Simmm... mesmo que o sol suma num dia, noutro, há de voltar!!!
    Bom fim de semana, beijinhos
    Valéria

    ResponderEliminar
  6. Boa noite de sábado, querida amiga Cidália!
    Muito bom é sabermos que nada como um dia após o outro.
    A moldura é linda e as papoulas nos encantam.
    Tenha um domingo abençoado!
    Beijinhos com carinho de gratidão

    ResponderEliminar
  7. aqui o dia está lindo. bom fim de semana. beijos, pedrita

    ResponderEliminar
  8. Preciosa imagen y tus letras aún la hacen mas bella. Un buenas noches!!

    ResponderEliminar
  9. O povo diz que depois da tempestade vem a bonança — o sol desapareceu no horizonte e regressa amanhã cheio de energia e calor — as papoilas completam a beleza da vida (cuidado com o efeito da droga).

    ResponderEliminar
  10. Mesmo depois das grandes tempestades o sol volta sempre a brilhar.
    Maravilhoso soneto.
    Bom fim de semana
    Beijinhos

    ResponderEliminar
  11. Um lindo poema!
    Que tenhamos sempre um Sol a brilhar em nossas vidas.

    Desejando um bom final de semana, beijos.

    ResponderEliminar
  12. Beautiful flowers, brighthen the days, indicate an awesome season, enjoy..

    ResponderEliminar
  13. Bem vinda Cidália e bela inspiração nesta certeza e crença no dia seguinte.
    Pode tudo falhar, mas o amanhã nos reserva boas novas.
    Belo trabalho amiga.
    Um bom e abençoado domingo para vocês.
    Beijo

    ResponderEliminar
  14. Bien por tu regreso.
    Tu poesía nos ilumina.

    Besos.

    ResponderEliminar
  15. Haja sempre luz na sua vida, Ci!

    Beijinho, bom dia :)

    ResponderEliminar
  16. Bom dia Cidália,
    Depois das tempestades o sol brilha de novo e nos dá alento.
    Lindo poema.
    Beijinhos e bom domingo.
    Ailime

    ResponderEliminar
  17. Mais um bonito poema. Parabéns pela sua escrita!

    Isabel Sá
    Brilhos da Moda

    ResponderEliminar
  18. Mais um bonito poema um bjo e um lindo domingo.

    ResponderEliminar
  19. Um belo poema, gostei muito.

    Um ótimo domingo.
    Abraço

    ResponderEliminar
  20. A esperança sempre repousa no dia que amanhece. Parabéns pelas lindas palavras. Bom domingo e uma excelente semana!

    ResponderEliminar
  21. A tempestade acabará sempre por passar!
    Assim seja!

    Bom domingo e boa semana!
    Beijinhos.

    ResponderEliminar
  22. Que lindo poema Cidália.
    Temos que ter esperanças que sempre o sol estará para nós, mesmo em dias cinzentos há esperança.
    Bom domingo!
    Big Beijos
    www.luluonthesky.com

    ResponderEliminar
  23. Uma ode ao copo meio cheio.
    Bjs, boa semana

    ResponderEliminar
  24. Apesar de tudo... a esperança vive....
    Basta acreditar...
    Obrigada pela visita
    Beijos e abraços
    Marta

    ResponderEliminar
  25. Um poema de esperança. Gostei.
    Uma boa semana com muita saúde.
    Um beijo.

    ResponderEliminar
  26. Uma Excelente semana, Cidália! :-)
    Beijinhos**

    ResponderEliminar
  27. Olá, Cidália!
    Que o sol nunca deixe de aquecer o teu coração.
    Votos de uma excelente semana!
    Beijinhos!

    Mário Margaride

    http://poesiaaquiesta.blogspot.com

    ResponderEliminar
  28. Quantas vezes o seu calor não é suficiente para nos aquecer
    Boa semana
    Beijinhos

    ResponderEliminar
  29. Cair, levantar e ver a luz ao fundo do túnel... Gostei, dá esperança!Beijos grandes, boa semana

    ResponderEliminar
  30. Maravilhoso poema cujo contexto traz a necessária
    esperança no porvir mesmo no enfrentamento das
    inevitáveis adversidades.
    Meus cumprimentos, Cidália.
    Terno abraço e tenha uma semana feliz.

    ResponderEliminar
  31. Muito belo o teu soneto Cidália!
    Gostei!

    Uma boa semana para ti.
    Um abraço!

    ResponderEliminar
  32. Cidália!
    Que o Sol aqueça todos os seus dias e traga paz.

    Desejo-lhe uma excelente semana.
    Beijos.

    ResponderEliminar
  33. Olá Cidália
    Lindo poema, o sol volta sempre a brilhar. Bjs querida.

    ResponderEliminar
  34. O sol até pode desaparecer . Mas é temporário. Que poema mais lindo em reverência ao astro rei.
    Que bom que voltou Cidalia querida.
    Beijinhos!!

    ResponderEliminar
  35. Cidália, voltou em grande: bela imagem, inspiradíssimo poema.
    Beijo, uma semana cheia de SOL, saúde, amor.

    ResponderEliminar
  36. o sol ele sempre brilha seja um dia ou outro so temos que ter panciencia muito bonito este poema bravo bjs saude

    ResponderEliminar
  37. Oi Cidália!
    Lindas papoulas
    Vermelhas da cor do amor.
    Beijos
    Lua Singular

    ResponderEliminar
  38. o sol há de voltar :)
    http://retromaggie.blogspot.com/

    ResponderEliminar
  39. A Cidália brilhou como o sol com um belíssimo poema que me deliciei a ler.
    Magnífica imagem.
    Beijinhos e boa semana

    ResponderEliminar
  40. Una reentrada magnifica como suele hacer el sol cada día.

    Saludos.

    ResponderEliminar
  41. Uma imagem deslumbrante, que as suas inspiradas palavras, traduziram com o máximo brilhantismo!
    Um retorno magnifico, Cidália! Beijinhos
    Ana

    ResponderEliminar

A vossa visita e comentário é o balsamo que alimenta a minha alma... Muito obrigada. Todos os poemas expostos são de minha inteira autoria, no que, apenas deverão ser partilhados com os devidos créditos da Autora: DEP. Legal: 374 492/14 - Cidália Ferreira - (Eu) 😘