quarta-feira, 14 de julho de 2021

Daria a minha vida e não seria desleal

****
 
Daria a minha vida para te ver feliz
Tal como a beleza deste mar sereno
Quando, em silêncio, algo que se diz
Deixando no coração a dor do dreno
*
Metade de ti é meu, mas já o saberás
Como sabes que te compreendo a dor
Não há mar sem pôr do sol, por d'trás
Porque existe durante o dia muita cor
*
Mas o vestígio que deixamos no areal
Pelas caminhadas de vidas revoltadas
Ficam cravadas na alma que te escuta
*
Daria a minha vida e não seria desleal
Seria o balsamo, que tanto precisavas
E num misto de carinho, seria resoluta
****
Cidália Ferreira 

53 comentários:

  1. Apaixonado e maravilhoso soneto.
    Beijinhos

    ResponderEliminar
  2. Poucas mulheres são tão altruístas como a Cidália!!

    ResponderEliminar
  3. Simolesmente lindo e tocante!
    Parabéns por mais este belo poema!
    Bjs

    ResponderEliminar
  4. O amor é fasci8nante. Vivê-lo de coração apaixonado é sublime. Poema lindíssimo que muito gostei de ler.
    Beijinho

    ResponderEliminar
  5. O amor ajuda-nos a viver. Sem ele pouco sentido há.

    ResponderEliminar
  6. Ler este teu soneto me encantou, tão grande talento pras rimas e musicalidade das palavras!!
    Arrasaste. Excelente...!!

    Beijo pra ti , querida Cidália!

    ResponderEliminar
  7. Un poema apasionado, donde la entrega es total y el amor el bálsamo que apacigüe su dolor.
    Me encantó leerte.
    Te deseo un buen resto de semana.
    Un abrazo y muchas gracias por tu votación amiga y por quedarte.

    ResponderEliminar
  8. Um belo soneto, como sempre, já nos habituou.
    Desejo que a semana seja boa e cheia de saúde e paz.
    Beijinhos
    :)

    ResponderEliminar
  9. Foto e soneto muito bonitos.
    beijinho
    Bea

    ResponderEliminar
  10. Simplesmente maravilhoso.
    Beijinhos.
    http://www.opecadomoraemcasa.pt/

    ResponderEliminar
  11. Oi Cidália
    Muito lindo!
    Adorei sua postagem
    Beijos
    Lua Singular

    ResponderEliminar
  12. Um soneto dedicado a um amor muito profundo, gostei imenso Cidália.

    Um beijinho e feliz semana !

    ResponderEliminar
  13. Boa noite Cidália,
    Um bonito soneto de que gostei bastante.
    Beijinhos,
    Ailime

    ResponderEliminar
  14. Oi Cidália um poema de amor intenso e profundo com marcas na areia tão fáceis de serem apagadas.
    Muitos beijos,Vi

    ResponderEliminar
  15. Que belo poema, onde o amor é a inspiração a ser sentida.
    Amo!

    Beijos de boa noite, saúde e paz.

    ResponderEliminar
  16. Quando amamos alguém, damos tudo pra ver a pessoa feliz, um lindo poema Cidália bjs.
    http://www.lucimarmoreira.com/

    ResponderEliminar
  17. Um belo poema, mas tão cheio de dor e mágoa. Fizeste me lembrar o fado da Amália "Por uma lágrima tua"

    Beijinhos de boa e santa noite

    ResponderEliminar
  18. Gosto das promessas de amor.
    abraços e boa noite, Cidália

    ResponderEliminar
  19. Lindo poetizar este amor sem limites.
    Imagem maravilhosa Cidália e pode-se cantar seu soneto ao amor.
    Aplausos amiga.
    Semana que flua linda e leve.
    Beijo de paz amiga.

    ResponderEliminar
  20. É sempre bom voltar aqui. Quanto ao tema da poesia, infelizmente não adianta darmos a vida pelo outro, quando for a hora do adeus: só nos sobra nossa saudade e nossas boas lembranças.

    ResponderEliminar
  21. Daria a vida pela minha mulher e as minhas filhas.
    Sem fazer perguntas.

    ResponderEliminar
  22. Um novo poema de amor...um pouco triste....
    Obrigada pela visita
    Beijos e abraços
    Marta

    ResponderEliminar
  23. Mais um bonito poema que vim cá conhecer.

    Isabel Sá
    Brilhos da Moda

    ResponderEliminar
  24. O poema reflete bem a função básica do amor: dar-se e fazer do outro uma pessoa feliz.
    Abraço amigo.
    Juvenal Nunes

    ResponderEliminar
  25. Faço meu o comentário de Francisco.

    Bom resto de semana para ambos :)

    ResponderEliminar
  26. Olá Cidália,
    Espero que esteja tudo bem consigo.
    Um extraordinário poema!
    Gostei especialmente deste verso:
    "Metade de ti é meu, mas já o saberás
    Como sabes que te compreendo a dor
    Não há mar sem pôr do sol, por d'trás
    Porque existe durante o dia muita cor"
    Fique bem, beijinho!

    ResponderEliminar
  27. Olá, Cidália!
    Lindo e sentido poema. Apesar de um pouco triste.
    Adorei ler!

    Beijinhos, e feliz dia!

    Mário Margaride

    http://poesiaaquiesta.blogspot.com

    ResponderEliminar
  28. Belo poema, Cidália! :-)
    Dia Feliz!
    Beijinhos**

    ResponderEliminar
  29. relendo esse belo poema :)
    Te desejo um lindo dia, saúde e paz
    Beijos

    ResponderEliminar
  30. Amor é dar e receber, só assim ele se completa, mas quantas vezes nos sentimos incompletos?
    Beijos.

    ResponderEliminar
  31. Maravilhoso! Obrigada pelo comentário no Cem Manias!😊

    ResponderEliminar
  32. Poema lindo demais, Cidália!!!
    O que não se faz por amor a alguém? Tudooo... até dar a vida.
    Beijinhos,
    Valéria

    ResponderEliminar
  33. Oi Cidália
    Sempre escrevendo poesias lindas
    Parabéns amiga
    Beijos no coração
    Lua Singular

    ResponderEliminar
  34. Um Soneto maravilhoso!
    Quem ama assim, e se prontifica a dar a vida por esse amor, certamente que não é, nem pode ser, desleal.
    Um beijinho e parabéns por tanto talento poético, Cidália.

    ResponderEliminar
  35. Muito bonito, gostei de ler.
    Ser leal a uma pessoa é uma prova de amor!

    Ane
    De Outro Mundo
    🥰😊

    ResponderEliminar
  36. O amor é sublime!
    Belissimo soneto.

    Beijos, saúde e paz

    ResponderEliminar
  37. Bom dia de paz, querida amiga Cidalia!
    Dar a vida por quem merece é prova de Amor gigante. O que não merece nem a quer.
    Tenha dias abençoados!
    Beijinhos carinhosos e fraternos de paz e bem

    ResponderEliminar
  38. Uma eterna apaixonada e sofredora também!
    Beijinhos

    marisasclosetblog.com

    ResponderEliminar
  39. No poema foi bem traduzida a sublime disposição dos que realmente amam: a de dar a própria vida em troca da felicidade do ser amado!

    ResponderEliminar
  40. Cidália!
    Bom nos vermos refletidos na felicidade do outro.
    cheirinhos
    Rudy

    ResponderEliminar
  41. Very interesting post!
    Thanks for sharing 😍😍
    Regards:)

    ResponderEliminar
  42. Cidália, parabéns por este belíssimo poema de amor, e pela imagem que o acompanha!
    Beijo.

    ResponderEliminar
  43. Muito belo o teu soneto, Cidália.
    Parabéns!

    Beijinho

    ResponderEliminar
  44. Adorei a imagem.
    Muito bonito.

    Beijocas

    ResponderEliminar

A vossa visita e comentário é o balsamo que alimenta a minha alma... Muito obrigada. Todos os poemas expostos são de minha inteira autoria, no que, apenas deverão ser partilhados com os devidos créditos da Autora: DEP. Legal: 374 492/14 - Cidália Ferreira - (Eu) 😘