sábado, 20 de julho de 2019

Quantas vezes passei no mesmo caminho. (POETIZANDO)

Quantas vezes passei no mesmo caminho
Onde outrora brinquei, saltei em diversão
Em verdejantes campos e salutar carinho
Onde tantas vezes brinquei sem ter noção
*
Salutar momento, que trazia a esperança
Onde o canto dos pássaros em liberdade
Eram magia, na felicidade duma criança
Com brincadeiras genuínas sem maldade
*
Até num simples balouço, feito de pneu
Sorrisos no rosto e uma brisa campestre
Recordações, de quem nunca esqueceu
Do cheiro do campo e da relva silvestre
****
Cidália Ferreira

POETIZANDO E ENCANTANDO

"Ainda não recuperada, e um pouco desanimada". No entanto, não quis deixar de participar nesta corrente/brincadeira poética, com o Poetizando e Encantando. Não é  das melhores inspirações, mas acreditem que foi feito com carinho. Obrigada a todos os que passam por cá. 

29 comentários:

  1. Que linda e doce poesia e participação! um beijo,tudo de bom,chica

    ResponderEliminar
  2. Boa noite de muito Amor, querida amiga Cidalia!
    Querida, como voce e guerreira!
    Lutar contra enfermidades e tremendo.
    Parabens pela sua forca de vontade em participar.
    Está bela sua poesia e com gostinho de infancia tem mais formosura ainda.
    Tenha saude, paz e Amor!
    Abencoado fim de semana..
    Bjm carinhoso e fraterno de paz e bem

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Amiga, tem um mimo floral e um pensamento reservado a voce aqui:

      http://espiritual-amizade.blogspot.com/2019/07/o-balsamo-da-amizade-fiel.html

      Tenha um dia feliz!
      Bjm carinhoso e ftaterno de paz e bem

      Eliminar
  3. Gostei poema bonito
    As melhoras
    Bjs

    Kique

    Hoje em Caminhos Percorridos - Preservativos, nova forma, novos sabores..

    ResponderEliminar
  4. Boas memórias que ficam

    Beijinhos de rápidas melhoras

    ResponderEliminar
  5. Querida Cidália, como é lindo o coração de criança. A criança não precisa de muito par ser feliz, não precisa de lucho... Criança é criança e tem que viver como tal. Amei sua linda poesia, mais uma vez participas com muito louvor. Obrigada, seja sempre bem vinda! Abraços

    ResponderEliminar
  6. Minha amiga, para fazer uma criança feliz basta da muito amor e deixar que ele viva como criança.

    Até num simples balouço, feito de pneu
    Sorrisos no rosto e uma brisa campestre
    Sua linda poesia mostra isso. A simplicidade de um balanço e muita felicidade. Parabéns! bjus

    ResponderEliminar
  7. é bom lembrar de onde vimos.
    Mas é melhor pensar no para onde vamos.
    Bjs, bfds

    ResponderEliminar
  8. Cidália Ferreira é interessante recordar os sítios dos tempos da menínice, o que serve para a revermos com nostalgia. Gostei do poema tanto mais que tenho muitas recordações escritas em forma de livro, só não dá para fazer romagens de saudade.
    bjs

    ResponderEliminar
  9. Belíssimo poema.
    Continuação de melhoras.
    Bjs

    ResponderEliminar
  10. E quem não se recorda destes momentos felizes?
    Lindo...
    Obrigada pela visita
    Beijos e abraços
    Marta

    ResponderEliminar
  11. A poética percepção infantil, que encontra a felicidade nas coisas simples, pequeninas.

    Um abraço. Tudo de bom.
    💙 No balanço da vida.

    ResponderEliminar
  12. Boa participação...
    Bom fim de semana...
    Abç

    ResponderEliminar
  13. Querida Cidália
    Até num simples balouço, feito de pneu faz a felicidade da criançada.
    Lindo e doce poema.
    Torcendo pela sua pronta recuperação.
    Um carinhoso abraço de
    Verena.

    ResponderEliminar
  14. Marco Aurélio - Brasil19 de julho de 2019 às 18:58

    Gostei amiga... quantas vezes trilhamos os mesmos caminhos e cometemos os mesmos erros...
    Abraço grande!!!

    ResponderEliminar
  15. Boa participação.
    As melhoras amiga.
    Abraço e bom fim-de-semana

    ResponderEliminar
  16. Lindo,amiga. Eu m senti na infância novamente. Excelente participação.


    Melhoras para você. Tambémm estou passando uma ase nada boa com meu maido prestes a fazer nova cirurgia e eu com chicugunha. Todas as articulações doem.
    Mas programo os posts e eles continuam.
    Obrigada pela visita e volte mais vezes

    Beijos sabor carinho e uma sexta_feira de paz e alegrias

    Donetzka

    Blog Magia de Donetzka

    ResponderEliminar
  17. É uma participação muito adequada e com uma criatividade
    muito genuína, no seu estilo.
    Gostei.
    Bom fim de semana.
    Tudo pelo melhor.
    Abraço
    ~~~

    ResponderEliminar
  18. Trilhamos os mesmos caminhos e sofremos os mesmos erros...
    Lindo.

    Beijo
    SOL

    ResponderEliminar
  19. E como é bom ser criança!
    Lindo demais amiga Cidália.
    Um Feliz dia do Amigo.
    Bjs-Carmen Lúcia.

    ResponderEliminar
  20. Olá Cidália, linda inspiração de momentos das simples brincadeiras de
    crianças, nostalgia, pureza, natureza, muito belo !!!
    beijinho
    bom fim de semana
    Angela
    https://poesiesenportugais.blogspot.com/

    ResponderEliminar
  21. Caminho feliz, com certeza.
    Beijinhos

    ResponderEliminar
  22. Uma bela viagem no tempo amiga.
    No tempo de feliz idade, onde o simples encantava.
    Onde ser feliz era simplesmente acordar e ter dia para brincar.
    Beleza de imagem e inspiração.
    Aplausos.
    Beijo amiga.

    ResponderEliminar
  23. Um encantador momento poético, que não poderia traduzir melhor a imagem escolhida!
    Adorei a sinceridade e candura, tão presentes, nas suas palavras!...
    Um beijinho grande, Cidália! Não desanime! As pernas são sempre uma zona um bocadinho problemática... afinal sustêm o nosso peso! Mas deverá ser assim mesmo! Mesmo que as suas melhoras sejam demoradas, o que importa, é que sejam graduais, para tudo, no seu próprio tempo cicatrizar e ir ao lugar!...
    A minha mãe só por esfolar uma perna... arranjou com que se entreter para mais de dois meses... está a fazer agora por estes dias 2 anos... mas devagarinho tudo passou, sem sequelas... mas o primeiro mês também foi complicado, com uma infecção sempre a querer surgir... mas , com tempo a medicação foi fazendo efeito... e tudo foi passando muito devagarinho... pois a cicatrização das pernas, tem mesmo de ser desta forma... para tudo ficar consolidado internamente, e não dar aso a problemas futuros, devido a complicações circulatórias... pelo que ela também teve de passar longos períodos deitada, para facilitar todo o processo... e sendo ela muito activa... foi a parte que mais lhe custou... mas felizmente, depois tudo passou... e hoje mal se lembra já, deste episódio mais aborrecido!...
    Votos de tudo a correr pelo melhor! Beijinho
    Ana

    ResponderEliminar
  24. Querida Cidália, fico feliz que estais melhorando e já poetizando lindamente como sempre. Sua poesia está doce e terna como um coração de criança. Muito lindo ver a alegria de uma criança. E não precisa de muito para ser feliz. Parabéns! bela poesia. Abraços, seja feliz.

    ResponderEliminar
  25. Como são ternas as recordações da infância.
    Uma inspirada e doce participação.
    As suas melhoras minha amiga.
    Beijinhos
    Maria

    ResponderEliminar
  26. Boa noite!
    Chegando com mais um convite para o POEIZANDO E ENCANTANDO que acabei de postar.
    Amanhã tenho formação continuada o dia todo, então acabei de postar e esta edição está desafiadora! Imagens lindas!
    Esclarecimento aos amigos e amigas participantes.
    Ultimamente alguns participantes, tem me perguntado porque deixei de postar a BC nos fins de semana, como antes.
    Nesse blog, só estou postando o poetizando. Como trabalho a semana toda e também sou dona de casa e tenho família, estava muito complicado, nos sábados e domingos ficar atualizando as participações com os links e visitas.
    Comento na minha página e nas páginas dos queridos amigos participantes. Então, para que tenha mais tempo e todos tenham mais tempo pois sei que fazemos isso com muito carinho, estou postando antecipado, deixando oito dias para os participantes escolher o melhor dia da sua participação.
    Também retorno as páginas, para verificar se as regrinhas estão sendo cumpridas, pois para mim é importante que minha postagem seja visitada, assim como os dos amigos e amigas participantes. Entendo que todo tem suas atividades da vida real e mantem o blog por puro prazer e participam desta BC com amor a poesia. Por esta razão, deixei esse blog, só com a BC e sou muito grata pelo sucesso, o mérito de todos. Agindo assim, estou tentando mantes o nosso poetizando, este desafio semanal.
    “ chuva! Não mata mais molha.
    O amor! Não se vê, sente-se.
    A amizade! Não se compra, constrói-se.
    E pessoas como você! Não se esquecem,
    guarda-se no fundo do coração”.

    Abraços da amiga Lourdes.

    ResponderEliminar

A vossa visita e comentário é o balsamo que alimenta a minha alma...Muito obrigada. Todos os poemas expostos são de minha inteira autoria, no que, apenas deverão ser partilhados com os devidos créditos da Autora: Cidália Ferreira (eu) 😘