quinta-feira, 4 de agosto de 2016

Alcancei o horizonte com o segredo no olhar

Alcancei o horizonte  com o segredo no olhar
Sentia brilhar  quando o pensamento aflorava
Serias tu, meu pensamento  nas noites de luar
Quando no horizonte  ondulação vislumbrava
.
Alcancei teu pensamento, a minha ostentação
Entreguei-me à luz do luar, sentimento frágil
Ondulam águas  como mensagens de reflexão
Olham meus olhos o horizonte, momento ágil
.
Pelas veredas que alcançou meu  olhar distante
Recordando a chegada de uma espera relutante 
Com o meu olhar  emocionado e o rosto a sorrir
.
Alcanço o luar, luz dos meus olhos  sorridentes
Quando  olham os teus, sentem-se tão inocentes
Deslumbrados...pelo  carinho dos teus, adquirir.
****
Cidália Ferreira.

15 comentários:

  1. Linda e cheia de ternura a poesia do olhar...beijos, chica

    ResponderEliminar
  2. Cidália o olhar tem muitos segredos, que possamos sempre alcançar os horizontes, linda poesia cada letra uma inspiração, Cidália bjs.

    ResponderEliminar
  3. A visão do homem é limitada, mas os olhos de Deus correm por todos os lugares.

    Uma linda quinta.
    bjokas =)

    ResponderEliminar
  4. Os olhos são o reflexo do que a nossa alma deseja. Às vezes somos atraiçoados por eles quando queremos esconder algo e eles falam por nós. Outras vezes, ajudam nos quando as palavras certas não querem sair e eles sussuram coisas bonitas no momento certo.
    Beijos Cidália :)

    ResponderEliminar
  5. O olhar é a janela d'alma e você o descreve com muita profundidade.
    Muito Lindo Cidália.
    Bjs-Carmen Lúcia

    ResponderEliminar
  6. Linda e terna poesia Cidália, você descreveu com muita ternura!
    Beijos, tudo de bom!
    Mariangela

    ResponderEliminar
  7. Boa Tarde, querida Mariãngela!
    O amor nos faz buscar no outro o que nos pode preencher e assim é uma reação de mão dupla linda...
    Bjm muito fraterno

    ResponderEliminar
  8. Boa noite Cidália,
    Como vai?
    Lindo poema repleto de ternura!
    Um beijinho,
    Ailime

    ResponderEliminar
  9. Fico sempre sem saber o que dizer, és fantástica em todos os poemas, parabéns, beijinhos

    ResponderEliminar
  10. Com as asas que a paixão nos dá, a emoção a vagar, o elevo, o desejo, o sonho... A grata sensação de amar. Bonito, Cidalia. Beijos!

    ResponderEliminar
  11. Mais um bonito poema...pro aí há jeito para a escrita...

    Isabel Sá
    Brilhos da Moda

    ResponderEliminar
  12. Belíssimo!!!!!!!!!! Abençoado final de semana!!!!!!!!!!! Beijos

    ResponderEliminar
  13. Um olhar pleno de amor e saudade.
    Maravilhoso poema
    Beijinhos
    Maria

    ResponderEliminar