quarta-feira, 4 de novembro de 2015

Tento subir...

Tento subir, degrau em degrau
Para alguém poder encontrar
Não encontro nem o vejo passar
Nem o sol me quer visitar
Não me aquece, sinto-o fugir,
Tento romper a imensidão
Do nevoeiro denso, tenho olhar
O céu não consigo alcançar 
Nem o seu azul a brilhar,
Espaçadamente quero subir
Subir a escada da vida
Mas o nevoeiro fica serrado
Não me deixa ir mais além
Impedindo que encontre alguém
Tento subir, tenho alcançar-te
Tento estar ao nível que pedes
Fazes de mim pessoa de bem
Desenvolves a minha pequenez
Tento subir depois e talvez
O tempo alise e eu possa ver
O sol a brilhar, tudo a fluir
E no cimo da escada, o teu sorrir.
***
Cidália Ferreira 

30 comentários:

  1. Um belo poema minha amiga e à que subir sempre até alcançar o que desejamos.
    Um abraço e continuação de uma boa semana.

    ResponderEliminar
  2. Temos mesmo que tentar subir sempre! Linda! bjs, ótimo dia! bjs, chica

    ResponderEliminar
  3. Um poema de esperança.
    Ela vai subir e o encontrar :)

    Beijos

    ResponderEliminar
  4. A esperança não pode faltar...
    Uma hora qualquer acontece o tão almejado encontro!
    Lindo poema Cidália.
    Beijos de um belo dia!
    Mariangela

    ResponderEliminar
  5. Cara amiga Cidália, mais um belo poema dentro da tua característica: apologia ao sentimento e à natureza.
    Um abraço daqui do sul do Brasil. Tenhas uma linda tarde.

    ResponderEliminar
  6. Existem momentos em que tudo parece fazer complicar a subida dos degraus da vida, mas um dia o sol brilhará e conseguiremos subi-los.
    Belo poema, Cidália!
    xx

    ResponderEliminar
  7. Lindo poema, Cidália!!!!!!!!!!!! Ótimo dia!!!!!!!!! Beijos

    ResponderEliminar
  8. Subir, há que tentar sem desistir.
    Beijinho, Cidália.

    ResponderEliminar
  9. Lindo demais amiga Cidália.
    Uma subida nos degraus da vida.
    Bjs-Carmen Lúcia.

    ResponderEliminar
  10. Oi Cidália
    A vida é assim um subir constante e muitas vezes uma triste queda.
    Adorei
    Beijos
    Lua Singular

    ResponderEliminar
  11. Poema maravilhoso com uma imagem lindíssima, que diz muito!!! Adorei

    Visite-nos...aqui:- http://quadrasepensamentos.blogspot.pt/ ... Obrigada beijinhos

    ResponderEliminar
  12. Oi Cidalia,
    Obrigada pelo carinho,
    Beijos
    Minicontista2

    ResponderEliminar
  13. A vida é assim nunca devemos para e sim sempre estar subindo
    poema maravilhoso arrasou.
    Vídeo novo: https://www.youtube.com/watch?v=06avCiMDYGA
    Blog: http://arrasandonobatomvermelho.blogspot.com.br/

    ResponderEliminar
  14. Fantástico como sempre! Como eu me identifico contigo!

    ResponderEliminar
  15. A imagem é linda, subir sim, ter fé na vida e no amor, é o que todos buscam, amei ler amiga Cidália, sempre bem inspirada!
    Abraços apertados!

    ResponderEliminar
  16. tentar já significa muito, um dia lá chegarás...

    beijinho

    :)

    ResponderEliminar
  17. Já subiste muito Cidália, continua que alcançarás o objetivo, beijos amiga

    ResponderEliminar
  18. Bonito poema.

    Isabel Sá
    http://brilhos-da-moda.blogspot.pt

    ResponderEliminar
  19. Temos que sempre subir e nunca desistir, Cidália beijos.

    ResponderEliminar
  20. Que as dificuldades não impeçam que a gente alcance nossos sonhos

    bjokas =)

    ResponderEliminar
  21. Bela postagem Cidália, aliás como sempre!
    Beijinhos mil

    http://simplesmentelilly.blogspot.com.br/

    ResponderEliminar
  22. Nunca deixe de tentar, Ci !

    Beijinhos

    ResponderEliminar
  23. Oi Cidália
    Obrigada pelo carinho
    Beijos
    Minicontista2

    ResponderEliminar
  24. Os degraus da vida lundo, bjbj Lusette.

    ResponderEliminar
  25. Na vida é mesmo assim, vivemos sempre tentando ir em busca de sonhos... Lindo amiga poetisa. Parabéns pelas lindas e expressivas poesias. Bjs

    ResponderEliminar
  26. Belo poema. Os degraus da vida são realmente encantadores.

    Bjs

    Tânia Camargo

    ResponderEliminar
  27. Que imagem impressionantemente bela que enriquece o poema! A ansia e esperança ao subir cada degrau estão poetizadas de forma maravilhosa! Um dos meus lemas é: mais vale tentar com riscos de fracasso do que nada fazer com medo de fracassar! Um abraço Cidália

    ResponderEliminar