sexta-feira, 6 de novembro de 2015

Noite escura, caminho longínquo...

Noite escura, caminho longínquo, sem saída
Em que submeti o meu coração esperançoso
Nesta escuridão onde me sinto descontraída
Qual lua dourada, que te imagina grandioso

Olho a lua dourada, e espero-te  pela noitinha
Nuances bordam a lua de um sentimento puro
Na escuridão de um sossegado ermo, sozinha
Pensando na beleza do teu rosto, que procuro

Noite escura, só a lua, o silêncio faz-se ouvir
Não há estrelas para que possam fazem sentir
A tua ausência quando meu coração te espera

Sozinha caminho  em direcção ao teu mundo 
Iluminada pela lua, para  mim amor profundo
Neste caminho longínquo tua presença impera
**** 
Cidália Ferreira

35 comentários:

  1. Lindo belo poema minha amiga.
    Um abraço e bom fim de semana.

    ResponderEliminar
  2. Às vezes a saudade é tamanha que sentimos a presença da pessoa.
    Muito belo o poema da espera e da saudade.
    Beijos

    ResponderEliminar
  3. Lindíssimo,Cidália! Ainda bem que no fim do caminho está o amor! bjs, chica

    ResponderEliminar
  4. Belíssimo!!!!!!! Abençoado final de semana, Cidália!!!!!!!! Beijos

    ResponderEliminar
  5. Uma esperança de encontrar o amado nessa noite tão escura.
    Muito lindo Cidália.
    Bjs e um ótimo final de semana.
    Carmen Lúcia.

    ResponderEliminar
  6. Mais um fantástico. É preciso ter mesmo um dom para conseguir escrever estas coisas fantásticas.

    ResponderEliminar
  7. oi Cidália
    As ausências ... doem tanto, não é?
    seu poema trouxe lembranças e muita saudade.
    Obrigada por ser a Cidália_poeta e amiga.
    bom final de semana
    com abraços

    ResponderEliminar
  8. Pode faltar tudo menos a esperança de dias melhores

    bjokas =)

    ResponderEliminar
  9. Cara amiga Cidália, eis um belo soneto com tua marca carimbada: elegia à natureza e sentimento apaixonado, ingredientes poéticos que tu dominas como propriedade.
    Um abraço daqui do sul do Brasil. Tenhas um lindo fim de semana.

    ResponderEliminar
  10. Marco Aurélio - Brasil6 de novembro de 2015 às 13:38

    A verdadeira sorte de ter um amor que caminha a seu encontro....
    Uma mulher apaixonada que busca o amado por caminhos longínquos... e ambos têm a certeza do encontro.
    Perfeito como sempre!!!!

    ResponderEliminar
  11. Oi Cidália,
    Linda história de amor
    Na vida tudo tem o seu tempo e hora
    Beijos
    Lua Singular

    ResponderEliminar
  12. Por mais que a noite seja escura e o caminho longínquo, existirá sempre uma saída, uma luz ao fundo túnel.
    Belo soneto!
    xx

    ResponderEliminar
  13. Oi Cidália
    Uma linda noite enluarada para você
    Beijos
    Minicontista2

    ResponderEliminar
  14. No fim deste caminho escuro, há de haver uma luz!
    Bjs

    ResponderEliminar
  15. Boa tarde, lindo poema que revela um enorme saudade.

    Quando tá escuro
    E ninguém te ouve
    Quando chega a noite
    E você pode chorar

    Há uma luz no túnel
    Dos desesperados
    Há um cais de porto
    Para quem precisa chegar

    Bom fim de semana
    A musica é linda, parabéns pelo seu bom gosto.
    AG

    ResponderEliminar
  16. "Neste caminho longínquo tua presença impera"

    então a caminhada será feita com prazer...

    um bom fim de semana.

    beijo

    :)

    ResponderEliminar
  17. Olá Cidália
    Lindo poema, porém na certeza de que há uma luz no fim do caminho. Bjs querida.

    ResponderEliminar
  18. Poema ótimo mais sempre no fim de tudo a uma luz, bom final de semana.
    Vídeo Novo: https://www.youtube.com/watch?v=06avCiMDYGA
    Blog: http://arrasandonobatomvermelho.blogspot.com.br/

    ResponderEliminar
  19. IMPERIAL NA DOÇURA, DIVINO NA MENSAGEM. LINDO, LINDO, LINDO
    Beijinhos

    ResponderEliminar
  20. Belíssimo poema revelando uma enorme saudade.
    Bom fim de semana
    Beijinhos

    ResponderEliminar
  21. Que lindo, como disse o Dilmar, poema com sua marca registrada!
    Amei ler como sempre, aproveito para agradecer o seu carinho lá no meu espaço!
    Abraços linda amiga!

    ResponderEliminar
  22. Oi Cidália, que maravilhosa inspiração!
    Digna de muitos aplausos!
    Beijos, uma boa noite!
    Mariangela

    ResponderEliminar
  23. Oi Cidália
    Um bom fim de semana
    Beijos
    Minicontista

    ResponderEliminar
  24. Metaforicamente, bem se pode aplicar a Portugal o longo camimho, a noite escura e uma confusão grande na alma,,

    Abraço, Ci, de bom fim de semana

    ResponderEliminar
  25. Por enquanto você tem a lua por companhia...Depois...
    Lindo, Cidália.
    Beijos!

    ResponderEliminar
  26. Muito lindo , um maravilhoso final de semana,bjs.

    ResponderEliminar
  27. Boa escolha de imagem para este maravilhoso poema.
    Desejo que a amiga e os seus estejam bem.
    Bom fim de semana.
    Bjs.
    Irene Alves

    ResponderEliminar
  28. Lindo, Lindo!
    feliz final de semana, bjs.

    ResponderEliminar
  29. Poema maravilhoso sempre arrasando
    Novo Vídeo: https://www.youtube.com/watch?v=06avCiMDYGA
    Blog: http://arrasandonobatomvermelho.blogspot.com.br/

    ResponderEliminar
  30. Que fabuloso poema amiga Cidália! Que imagem perfeita!!!! Adoreiiiii!!!!! Caminhando ao luar, procurando o amado e sem nunca abandonar a esperança! Bela inspiração, poema maravilhosamente construído e rima fantástica. Bom fim se semana amiga e beijinho

    ResponderEliminar
  31. Muito lindo poema amiga Cidália!!! Parabéns!!!
    Bjus mil

    http://simplesmentelilly.blogspot.com.br/

    ResponderEliminar
  32. Nas noites de luar as ausências são ainda mais sentidas.
    Belo poema.
    Beijinhos
    Maria

    ResponderEliminar