domingo, 29 de setembro de 2019

Vida ...

***
A vida é uma linha recta ou com curvas
E um relógio, que corre contra o tempo
A aflição que espreita a cada momento
A desilusão invasiva em aragens turvas
*
É ser ou não ser, querer viver...ou não
É parar no meio do nada, mas pensar
Se vale a pena a mágoa no meu olhar
Se passo sozinha ao lado da multidão
*
É olhar... e ver que já não existe a luz
Nem um tempo contado, o de outrora
Saber, que para tudo há tempo e hora
Nesta vida difícil onde nada me seduz
****
Cidália Ferreira.

21 comentários:

  1. Lindo e a vida sempre é ótima inspiração! Beij0s, chica

    ResponderEliminar
  2. Lindo poema com final um pouco triste,mas sempre pérolas suas,querida amiga Cidália.

    Beijos sabor carinho e um fim de semana de bênçãos

    Donetzka

    ResponderEliminar
  3. A maioria defende que a vida é uma benção
    Sinceramente, não comungo de tal de opinião
    Há vidas que são um inferno
    E cada dia mais, que passe, só traz mais sofrimento

    Mas, se tendo uma vida mais ou menos tranquila
    Penso que temos a obrigação de a viver o melhor possível

    Ainda assim, achei o seu poema lindo
    Beijinho

    ResponderEliminar
  4. Cidália Ferreira na verdade achei o poema bonito, na forma. Depois há maneiras de ver o empírico da vida. Esse aspecto pode ser equacionado no poema, visto conter o lado emocional. Bjs

    ResponderEliminar
  5. Bom dia Cidália,
    Lindo poema, mas a vida é um dom de Deus.
    Há que vivê-la em plenitude.
    Beijinhos e ótimo domingo.
    Ailime

    ResponderEliminar
  6. Viver não custa o que custa é saber como viver,
    de passar por aqui, pois, eu nunca me canso
    para os seus, sempre, muito belos poemas ler
    bom Domingo amiga Cidália, em casa ou viajando...

    Beijos.

    ResponderEliminar
  7. Já nada a seduz?

    Pois isso é mau...mas poeticamente muito bonito. Gostei muito

    Beijo

    ResponderEliminar
  8. Que belo poema a homenagear a vida (tão efémera).
    Bjs

    ResponderEliminar
  9. Cidália é verdade a vida é um relógio que corre contra o tempo, linda a poesia Cidália bom domingo bjs.
    http://www.lucimarmoreira.com/

    ResponderEliminar
  10. Embora triste, é muito belo:))

    Hoje no Brincando:-🍀 A tua ausência.

    Bjos
    Votos de uma óptima noite

    ResponderEliminar
  11. Belo poema para o começo de mais uma semana :)

    Beijinhos

    ResponderEliminar
  12. Creio que no mais das vezes , cada um de nós enfeita a vida com bons ou maus momentos, mas viver é uma grande arte. Um poema bem estuturado com a maca das suas digitais.

    Boa semana Cidália!

    Bjss!

    ResponderEliminar
  13. Vamos lá levantar esses astral.
    Bjs, boa semana

    ResponderEliminar
  14. Tanta melancolia, minha Amiga Cidália, neste poema excelente!
    Uma boa semana.
    Um beijo.

    ResponderEliminar
  15. La vida no siempre es de color de rosa porque si seria así de fácil no tendría aliciente.

    Saludos.

    ResponderEliminar
  16. Nem sempre a vida é fácil, mas há que saber aproveitar, o melhor que ela nos vai oferecendo.
    Nostálgico e belo poema
    Beijinhos
    Maria

    ResponderEliminar
  17. Grandioso e amargurado poema!
    A vida não é um mar de rosas...é um caminho cheio de curvas e contra curvas...ao longo dela vamos encontrando pedras e com elas construiremos um castelo!
    Como sempre, continuas a escrever maravilhosamente, saiem da tua alma palavras e emoções que tocam!

    Abraço!!!!!

    ResponderEliminar

A vossa visita e comentário é o balsamo que alimenta a minha alma...Muito obrigada. Todos os poemas expostos são de minha inteira autoria, no que, apenas deverão ser partilhados com os devidos créditos da Autora: Cidália Ferreira (eu) 😘