sábado, 26 de maio de 2018

Gotas de saudade.

Gotas de saudade escorrem no meu olhar
Ao lembrar dos tempos que passaram
Jamais voltarão, mas certamente
Que os guardo eternamente,
Lembrarei apenas o que foi bom
O que vivemos, o que fizemos
O que tantas vezes dissemos
Entre sorrisos e lágrimas caídas,
*
Hoje, quando penso, o que não fiz
Por receio, deste tão ingrato mundo
Chora meu coração, por devaneio
Neste canto, onde tento ser feliz
Mas, sozinha não consigo,
Porque tudo me parece moribundo
Neste meu sentimento tão profundo
Ao recordar os bons momentos, contigo.
***
Cidália Ferreira.

37 comentários:

  1. Saudade, aquele sentimento tão português! :) Gostei muito do poema. Beijinhos e bom fim de semana.
    --
    O diário da Inês | Facebook | Instagram

    ResponderEliminar
  2. Quantas saudades se traduzem, por vezes, no nosso olhar.
    Um abraço

    ResponderEliminar
  3. As SAUDADES despertaram sua alma poética e nasceu um belo poema!
    ...
    Aquele restaurante ... o Milho-Rei fica perto do mar ... em Matosinhos!!!
    ...
    Bom resto de dia!!!

    ResponderEliminar
  4. Das muitas mágoas sofridas,
    desencontradas da felicidade
    dos olhos as lágrimas caídas
    serão essas gotas de saudade?

    Tenha um bom fim de semana cara amiga Cidália Ferreira.
    Um beijo.

    ResponderEliminar
  5. Apesar de saudoso, é um belo poema:))

    Hoje, do Gil António, que por motivos de trabalho não pode, por enquanto, visitar-vos:
    Amor nas entrelinhas do coração.

    Bjos
    Votos de um óptimo Sábado

    ResponderEliminar
  6. Um poema cheio de saudade... Sempre precisamos prosseguir e que as recordações nos façam crescer, vivendo novas esperanças...
    Poema bonito!
    Bjs

    ResponderEliminar
  7. A saudade feita poema para nos encantar.
    Abraço e bom fim-de-semana

    ResponderEliminar
  8. E trouxeste-me uma gota de saudade :)

    Gostei mesmo muito

    Beijinhos e bom domingo

    ResponderEliminar
  9. Poema sentido a saudade
    Gostei
    Bjs

    Hoje em Caminhos Percorridos - 19 Tipos de Orgasmos Femininos

    ResponderEliminar
  10. Que belas palavras :D

    https://submersa-em-palavras.blogspot.com.br/

    ResponderEliminar
  11. Minha querida Cidáliamiga

    Que tristeza querida amiga. Mas como sempre aliás, vais reconhecer poeticamente que nada está perdido há sempre um caminho para seguir em frente.

    Muitos qjs deste teu amigo e admirador
    Henrique, o Leãozão
    __________
    Tal como havia avisado acabo de publicar na Nossa Travessa um novo artigo de minha autoria intitulado É difícil viver com um mongoloide. Com ele inicio uma saga que se inspira nas narrativas da nossa Amiga Elvira Carvalho a quem agradeço o “empurrão”…

    ResponderEliminar
  12. Gotas de vida, perfume en tus letras.

    Besos.

    ResponderEliminar
  13. Que belo poema
    https://retromaggie.blogspot.pt

    ResponderEliminar
  14. A saudade é um sentimento dificil de gerir.

    Isabel Sá
    Brilhos da Moda

    ResponderEliminar
  15. Haverá sempre lágrimas e saudades...
    Lindo...
    Beijos e abraços
    Marta

    ResponderEliminar
  16. La nostalgia nos trae recuerdos que por lo general siempre por alguna estaña razón abundan mas los buenos.

    Saludos.

    ResponderEliminar
  17. Saudade. O meu sentimento diário! Lindo poema. Bom dia!
    =)

    Olhares abandonados. .

    Bjinhos óptimo Domingo!

    ResponderEliminar
  18. Que linda poesia querida Cidália! Linda a imagem para uma profunda composição poética. essa poesia também combina com uma das imagens do poetizando dessa edição. Está fantástica!
    Grata pela visita, lhe espero mais uma vez participando para nossa alegria. Abraços

    ResponderEliminar
  19. Grande poetisa Cidália, mais uma vez encantada com sua majestosa poesia, que também combina com a BC. Parabéns por seu lindo poetar! Abraços

    ResponderEliminar
  20. Gotas de saudade que transbordam do coração.
    Maravilhoso poema.
    Beijinhos
    Maria
    Divagar Sobre Tudo um Pouco

    ResponderEliminar
  21. As Saudades te inspiraram lindamente Cidália.
    Soberbo poema, querida.
    Te desejo uma abençoada nova semana.
    Um abraço carinhoso de
    Verena e Bichinhos

    ResponderEliminar
  22. Belo poema com uma reflexão importante: " Hoje, quando penso, o que não fiz Por receio, deste tão ingrato mundo"! Também penso nisso!
    Beijinhos

    ResponderEliminar
  23. Saudades que nunca morrem nem atenuam...
    Adorei o poema!

    Beijinhos.

    ResponderEliminar
  24. Lindo poema, saudade, ah, é de doer, inspira almas assim, como a sua, sensível e linda!
    Abraços apertados querida Cidália!

    ResponderEliminar
  25. Saudades elas permanecem pra sempre, maravilhoso o poema, Cidália bjs.
    http://www.lucimarmoreira.com/

    ResponderEliminar
  26. Lindíssimo, roçando mesmo o brilhantismo poético
    Beijo

    ResponderEliminar
  27. Boa tarde, querida amiga Cidália!
    Ter esta qualidade grande de só guardar o que foi bom é um grande dom!
    Devemos pedir isso a Deus sempre.
    Seja muito feliz e abençoada junto aos seus amados!
    Bjm fraterno e carinhoso de paz e bem

    ResponderEliminar
  28. Olá Cidália
    Belo poema, que a saudade seja dos momentos bons que marcaram. Bjs querida.

    ResponderEliminar
  29. Só um coração saudoso escreve tão bem esse sentimento!!!! Amei mas quero lêr-te com mais alegria num presente risonho e de esperança! Bj em tuuuuuuuu!



    GABY

    ResponderEliminar
  30. um poema onde se fala de amor e saudade.
    muito belo!
    beijinhos
    :)

    ResponderEliminar
  31. Boa tarde Cidália,
    Poema lindo em que a saudade fala mais alto.
    Beijinhos,
    Ailime

    ResponderEliminar
  32. Cidália!
    Chorei com saudades de mainha...
    Obrigada!
    Maravilhosa semana!
    “O meu objetivo é colocar no papel aquilo que vejo e aquilo que sinto da mais simples e melhor maneira.. “(Ernest Hemingway)
    cheirinhos
    Rudy
    http://rudynalva-alegriadevivereamaroquebom.blogspot.com/2018/05/divulgacao-cultural-67-37-edicao-do.html

    ResponderEliminar
  33. Saudade, introspecção e nostalgia, num mix perfeito, neste belo poema! Gostei imenso!
    Beijinhos!
    Ana

    ResponderEliminar
  34. Belíssimo poema dominado pela amargura e saudade!
    A simplicidade da imagem é fabulosa e em perfeita sintonia!

    Um grande beijinho com carinho

    ResponderEliminar

A vossa visita e comentário são o elixir do meu coração...Muito obrigada...