sábado, 22 de julho de 2017

Mas haverá sempre um lugar para nós dois.

Resultado de imagem para imagens do tempo
Vagueiam pensamentos em fortes tempestades
Num turbilhão de ventanias sem rumo
Como as emoções que assolam meu coração
Que me levam ao desespero sem limite
Qual desilusão em maré de insaciável,
Mas, haverá sempre alguém que me transmite 
Que este vento poderá ser passageiro,
É o meu coração, deste meu amor primeiro,
.
Mas haverá sempre, um lugar para nós dois
Nem que seja por pensamentos que vagueiam,
Somos um do outro e tudo fica para depois
Mesmo contra ventos e marés, tu estás lá
Naquele banco onde tantas vezes nos imaginamos
Desabafando um com o outro, coisas banais
Olhando o mar, em bravura... quais vontades 
Que temos um do outro, mesmo em fortes tempestades.
***
Cidália Ferreira.

29 comentários:

  1. Que lindo poema amiga! Quantas vezes me senti assim, como se um vendaval tivesse mexido por dentro, ferido meu coração e minha alma. foi então que precisei de um tempo só pra mim, para mim refazer e superar.lindo e profundo. Parabéns!
    Obrigada pela visita lá no meu cantinho, volte sempre, serás bem vinda. Abraços, tenha um abençoado fim de semana.

    ResponderEliminar
  2. Que lindo Cidália querida


    É maravilhoso termos alguém que podemos imaginar falando coisas banais....

    Beijos
    Ani

    ResponderEliminar
  3. Fortes tempestades que acabarão em bonanças...

    Excelente poema!

    Beijinhos.

    ResponderEliminar
  4. Mais do mesmo, Amiga. Muita ternura e amor destas linhas lindas....
    Beijinho e um muito bom fim de semana !!!!

    ResponderEliminar
  5. Apesar das contrariedades há sempre quem lá esteja, bonito poema! :) Beijinhos e bom fim de semana.
    --
    O diário da Inês | Facebook | Instagram

    ResponderEliminar
  6. Oi Cidália
    Adorei ler suas emoções
    Beijos
    Lua Singular

    ResponderEliminar
  7. Maravilhoso poema.
    Quando o amor existe, vence todas as tempestades.
    Bom fim de semana
    Beijinhos
    Maria de
    Divagar Sobre Tudo um Pouco

    ResponderEliminar
  8. Cidália mais um belo poema que nos leva a altura, não importa os ventos, sempre haverá um lugar, Cidália bjs.
    http://www.lucimarmoreira.com/

    ResponderEliminar
  9. lindo este poema como sempre amiga obrigada por partilhares bjs bom domingo

    ResponderEliminar
  10. Poema pra cima, esperançoso. Só pela emoção se justifica a vida. Beijos!

    ResponderEliminar
  11. Oi Cidália
    Obrigada pelo carinho
    Beijos
    Lua Singular

    ResponderEliminar
  12. La tempestad es la vida de la emoción y sentimientos.

    Gracias siempre por estar, preciosa.

    Besos.

    ResponderEliminar
  13. As tempestades vêm e vão, há coisas que permanecem! Lindo poema :) ótima semana!

    ResponderEliminar
  14. Belíssimo!!...

    Harmonia poética cativante no título, imagem e
    o soneto magnífico!

    Semana luminosa e alto astral, querida Cidália!
    Beijinhoa.

    ResponderEliminar
  15. Que lindo Ci, gostei!!!

    bjokas e uma ótima semana =)

    ResponderEliminar
  16. Lindo poema!
    Não há tempestade que derrube um amor verdadeiro.
    Bjs

    ResponderEliminar
  17. E nas tempestades sabe bem ter alguém ao nosso lado!
    Bj e gosto

    ResponderEliminar
  18. Com certeza amiga, o amor verdadeiro já mais é derrotado por uma mera tempestade, tenha uma semana abençoada, obrigado pela visita
    Blog: https://arrasandonobatomvermelho.blogspot.com.br/
    Canal:https://www.youtube.com/watch?v=DmO8csZDARM

    ResponderEliminar
  19. Os ventos serão sempre passageiros e dias de calmaria virão.
    Mais um lindo poema.

    Beijinhos Cidália

    ResponderEliminar
  20. Tão bonito!
    Um beijinho grande e uma boa semana! :)

    ResponderEliminar
  21. Talento, paixão, inspiração e emoção no seu melhor, como sempre, Cidália, num mix perfeito!
    Mais um poema, que é um verdadeiro prazer descobrir e apreciar!...
    Beijinhos
    Ana

    ResponderEliminar
  22. Poderoso poema amigo...com emoções fortíssimas e tocantes!
    Não há tempestade que assole um grande amor! Ele é intocável quando é puro.
    Como sempre, esmeras-te na elaboração dos teus poemas e nós adoramos!

    Um abracinho!

    ResponderEliminar