sábado, 29 de junho de 2013

Porque foges?


Sinto-te chegar, devagar
Suavemente,  deixando  marca
Pareces  distante, ou  “cansado”
Ou  apenas  já não queres
Ser o amigo, como dantes
Mesmo estando presente
Ficas  ausente …
Pareces  fugir de mim
Dizias-me: Olá  amiga!
Davas-me força e alento
Fazias-me rir, e esquecer
Fazias-me acreditar,
que ainda valia a pena…
Amizades  arranjar…
Agora, nem um olá ao chegar
Porque foges assim de mim?
Se algum dia sofri,  
Com cada momento meu
Entre  a saudade
Numa calada  ansiedade
Foi porque "gostei de ti"
Pergunto-me no teu silêncio
Porque foges  assim de mim?
Uma amizade verdadeira,
nunca acabaria assim
Diz-me: Porquê!
Tem de ser assim
*****
Cf
.

Animais abandonados.


Hoje decidi mudar de tema…

Esta semana tem-se falado  sobre  o abandonos dos animais domésticos. Todos gostamos de ter um animalzinho em casa, eu tenho os meus.
É também nesta altura do Ano, em que as pessoas vão de férias, que se vêem mais amimais abandonados.
Também se nota que, talvez derivado à crise, embora não explique tudo, que se vão vendo em crescendo, mais animais vagueando de um lado para o outro, remexendo nos caixotes do lixo, ou noutros locais onde esse exista, por terem fome, totalmente entregues à sua sorte.

Tenho  um cão, gato, caturra, corvo, e uns passaritos… Trato de todos com carinho, amizade, máximo respeito, fazendo com que se sintam felizes.

Uma verdade é que já fui de férias para muito longe e não me desfiz de nenhum deles.

As pessoas antes de levarem um animal para casa deviam  pensar se efectivamente o desejam fazer, a fim de que, mais tarde o não deitem à rua, como se de lixo se tratasse.

Dá pena ver animais a serem mal tratados na rua, e a morrerem à fome, pois abandonados, sentem alguma dificuldade em se adaptar a esse local, onde não viveram. Acredito até que sintam uma grande tristeza por não verem por perto as pessoas que estavam habituados a ver..

Certo dia, passando pela estrada, vi uma coisa que nunca pensei ver … Na berma, existia um cão morto. Junto a ele, estava um outro, de cor igual, sentado, triste, de cabeça baixa, parecia estar a “chorar”…

Era um animal, está certo, mas deu-me uma pena do animal, que andei o dia todo com a imagem na cabeça… Os animais em geral, e os domésticos em particular, são como as pessoas, gostam de ser bem tratados, com carinho, amizade, pois são nossos amigos.

Diga não ao abandono de animais. Decerto que gosta de ser feliz, por isso, não contribua, para a infelicidade daqueles que muito nos amam, acreditem.


Cidália Ferreira
..........

sexta-feira, 28 de junho de 2013

Passear pela Natureza.


O Verão voltou
E com ele, voltaram as "sensações "
 tudo fica mais atraente...
Poder render-me aos seus encantos   
Passear pelos campos,  
Acariciar as flores, colher amoras silvestres
Ver borboletas  de várias cores, 
Pousar sobre  flores "tristes", e secas
Ouvir o chilrear dos  passarinhos
  Na procura  dos seus ninhos, 
Transportando   em seus bicos
“alimentação” Para suas  crias
Recordando  tempos  da minha meninice
 e...
Lembrando-me de  coisas da vida….
Como é bom respirar  os puros ares
Poder  gritar sem ninguém ouvir
Rir á gargalhada  feita  "idiota"
Falar sozinha, como se existisse alguém a meu lado
Nada importa…..
Quando se consegue  “viajar” sobre bons sonhos e pensamentos
Libertar–me  das  más energias
E gritar à Liberdade


E trazer felicidade, de um passeio pela natureza
*****
Cf

quinta-feira, 27 de junho de 2013

Rugas


Preocupamo-nos  com as rugas
Que lentamente, sem avisar
Invadem nosso rosto
Nosso corpo
Para ficar
Fazem parte  da vida, dizem
Existem rugas de expressão…
Algumas de preocupação
Rugas, significa vida...
Sabedoria... Experiência…
Sofrimento também
Sim  preocupo-me com as rugas
Mas penso por momentos
Nos meus pensamentos
Rugas o que são?
em comparação
Com uma cicatriz no corpo ou no coração?
Ou de quem sofre uma desilusão
De amor, paixão, engano, ou ilusão
Rugas são o que são
Pode ser velhice da idade
Recordações da mocidade
Que nos rodeia e acalma
Na serenidade

De não ter RUGAS na alma
****
Cf

quarta-feira, 26 de junho de 2013

Mais um dia!!


Para quem não sabe, fui vítima de uma explosão, sofrendo queimaduras graves em 35% do corpo...
Daí este meu tormento.
Hoje dia 26/6 /2013                         

Mais uma ida ao tribunal.. Sitio muito pouco simpático.
Era uma salinha  composta  por uma mesa oval ,cadeiras  e uma marquesa.
Chamaram-me, eram   quatro pessoas (4) dois  doutores e duas doutoras, sinceramente não sei de quê….
Fiquei em pé, mandaram-me tirar a roupa, parte de cima e parte de baixo… Abriram os olhos quando viram as cicatrizes…e, olharam uns para os outros.
Mas a preocupação deles era a cabeça, ou não seja eles muito “espertos”
Perguntam, mas a cabeça está bem não está??
E eu; Ando com "antidepressivos"…” Seroquel, triticum e victan” victan, só em caso de SOS… e eles, hummm,  isso não é bem antidepressivos!
Mas nunca fez, consulta com Psiquiatra?
Eu: Não tenho condições financeiras para tal…É a Médica se família que me medica.
Está a trabalhar? Eu disse que não.
Mas porquê? Porque estou  desempregada ….”Fui despedia a seguir”
A seguir,   e vem aquela conversa que já ando farta de repetir, como foi com que foi, blá blá blá….

Só sei que com este calor abrasador que se fez sentir hoje, eu estava completamente  esturricada com tanto calor.. vermelha   que nem um tomate  maduro, lool
Eles só olhavam uns para os outros, acenavam  com  a cabeça!!!
Bem,  parecia-me que até nem sabiam o que dizer, porque entre aqueles  4 elementos, não constava  nenhum Psiquiatra …Estranho!!! 
Mandam-me sair e esperar sentada, lool
Esperei  confortavelmente  ao fresco, à espera de resposta…

Agora pergunto: Que andam eles a fazer comigo?
É que voltar de novo para o Instituto de Medicina Legal, em Coimbra, é andar para trás no tempo!!!! Foi o que me disseram. 
Volto para Coimbra.
Quando  é que vai acabar este tormento??

[Data do acidente: 24/9/2009]



Para quem estiver interessado na minha história, procurem no blogue" Entre Horrores e Alegrias" postado em Maio...

Cidália Ferreira.

A "dança"


     Sonhei que dançava …   
Em sensualidade,
perturbada
Rodopiando….. em forma  apressada
Senti umas  mãos, acariciando meu corpo
Abracei esse sonho em mágica felicidade…
Entrelaçando meus braços, em corpo ardente
Massajei com as  pontas do dedos
Docemente…
Resistindo  a um sonho  de pura  magia
Sustendo...
Beijos  que me "sufocavam"
Em momentos ofegantes
Que me deixavam  enlouquecida….
Arrepios sentidos de um amoroso  sonho
...E quem os não têm?
Acordando, alterada , pensei…
Sonho ou realidade !!
Olhei para o lado,
e….


Ninguém dançava.
****
Cf  (:

terça-feira, 25 de junho de 2013

Sintomas


.

São sintomas  momentâneos
...É  ter duvidas  de mim mesma
...É não ter certezas de nada
…É o sentimento de culpa
…É o saber que nada importa
…É saber que posso perder
…É  ter de  medo “sufocar”
…É  não conseguir esquecer
…É o não saber parar
…É não ter controlo em mim
…É notar que uma ausência
…É que  não me pode fazer desistir
...É  tentar ser eu mesma
…E pensar em ser feliz
Quando te "sinto" presente...

É transmitir ...  alegrias...

É a saudade de  rir  sem parar…
É poder partilhar momentos de felicidade…
E ter alguém que entenda de verdade...
Era poder oferecer-te um sorriso…
Era ter quem mo devolva
Era poder abraçar sem medo…
E em forma de valsa   cantada…
Era puder dançar contigo…
 E esquecer a vida passada…
***
Cf

segunda-feira, 24 de junho de 2013

Pérolas preciosas


São lágrimas,  que me percorrem o rosto,
 com saudade mesmo  antes de te ver seguir viagem
 Com o coração  a sangrar…
Vivi com mágoa  a ausência   de uma parte de mim,
As minha Princesas...
Ficando com outra Pérola, agarrando-a  com  as duas mãos...
Mas, não posso, e não devo impedir, 
que  concretizem seus próprios  sonhos.

Não sei se  mereço tanto massacre,
São pérolas que fazem parte de mim,
Apanham asinhas  e seguem  seus próprio voos,
Deixando marcas…cravadas no meu coração,
Perdendo assim  o “domínio”  de toda esta vivência,
Meus Amores...
São a coisa mais preciosa que um ser humano pode ter
Os Filhos…

Como  manda a lei da vida,  as asas servem para  voar.
Com saudades vou ficar…Não sei se aguento,
Ficar “sozinha”  sem carinho do meu rebento,
Que já noutros tempo  preencheu  a “falta” de uma outra
Parte de mim…

Escrevo, em forma de desabafo, deixando as  lágrimas
escorrerem  pelo meu rosto,  entram  em minha boca
deixando um sabor ao Amor  que sinto por vós

Filhos do meu coração.
Vossa ausência, que fará parte da minha... solidão....


domingo, 23 de junho de 2013

Fantasiando...

Fantasiando ...sonhos
Soltando
A criança que há em nós
Comportamentos  lúcidos,  mas que nos fazem  vibrar
Em momentos de ternura, num  bom  balançar
Se ser criança é saudável,
Brincar é salutar...
Sonhar com  fantasia  faz parte de todas as ilusões,
Quem não as tem?
Vive... e deixa viver...
Salta,  canta, corre e ri,   vira-te a contrário,
tal como nos teus tempos de criança.
Não importa a idade...
Estás sempre a tempo de mudar
Ou  mostrar o outro lado.
De….
Brincadeiras,   fantasias,  de coisas “amar”…
Apenas  tenta fazê-lo a brincar!
Soltando assim...

 A criança... que há em ti...
****
Cf

sábado, 22 de junho de 2013

Nuvens de Verão.


Apreciando  o Verão acabado de chegar,
Olhando os céus , carregados...
De nuvens que parecem querer “chorar”
Sentindo-se  ventos de todos os lados
Árvores  sacudidas numa “dança” sem fim,
Perdem seus frutos prematuramente
Coisas de uma Natureza  zangada...

Olhares tristes com falta de esperança
Suportando a crise, e um Verão Invernal
Esperando  algo que teima em não chegar
E eu…
Olhando o infinito me encontro,
escrevendo na minha mesa,
 De uma esplanada de quintal
e....
Apreciando a Natureza

De um Verão...  Acabado de chegar.
****
Cf

sexta-feira, 21 de junho de 2013

Felicidade



A  Felicidade 
depende de nós...
É preciso esquecer para viver,
Eu tento…
Depois de tanto procurar, 
Eu encontro…
Depois de  lutar contras meus medos,
Acabo perdendo-os...
Depois de lutar contra chamas,
Saí  viva,  e “imortal”...
Depois de ultrapassar meus traumas,
O que não me derruba torna-me
Mais forte…
Depois  de um "vento me ter feito frente"
Aprendi a remar  contra todas as marés...
Um coração feliz, é  o mesmo que,
um coração saudável...
E o meu está….


Aberto a “vagas” de felicidade...
****
Cf


quinta-feira, 20 de junho de 2013

"Amigo(as)"


Para ti meu Amigo/Amiga
Chegou  a hora de te agradecer
Existem amizades para “toda a vida”
Algumas, passam mesmo, a fazer parte da família
Porque os amigos eu posso escolhê-los
E eu tenho muita sorte em “ter-te” como amigo/a
Agradeço cada  momento ...
Cada conselho teu
Quando eu estava tão lá em baixo, frágil ... 
Levantaste-me, quando  mais precisava
Fazendo os meus dias mais alegres, iluminados
É como se o sol brilhasse em cada dia 
Amigos são aqueles que se necessário for “ puxam as orelhas”
Incentivam, elogiam, corrigem,
Estão presentes na nossa vida, nos nossos momentos ...
Mais fortes e também nos mais débeis...
Não tem que ser tudo bom
Obrigado pela ajuda que me deste e continuas a dar..
Pelas  vezes  que me deste na "cabeça", puxando-me para cima
Que me falaste com palavras de força, fazendo-me “crescer”
A ti meu Amigo/Amiga, todas as palavras são poucas para te agradecer.

Apenas ... Obrigado.
*****
Cf


quarta-feira, 19 de junho de 2013

A "novela" continua.







 Oscar Cardozo tem tentado manter-se à margem de todo o processo, mas já se mentalizou que não irá continuar no Benfica na próxima temporada.


O futebolista paraguaio ainda não sabe onde vai jogar, mas está decidido a mudar de ares e pretende abraçar um novo projeto, de forma também a melhorar as suas condições financeiras.


O atacante considera que chegou ao fim o ciclo do Benfica e que esta é a altura ideal para rubricar o melhor contrato da carreira.

***************************************************************************************************

Concordo com o que diz Cardozo!!!!!!


Nós, também estamos fartos desta novela... (Cardozo) ... 


Não terás com certeza, condições para continuar depois de tudo, está mesmo na hora de seguires outros rumos, vai ser feliz noutro lado. Obrigado pelas alegrias que nos deste.



Oxalá que depois de tudo, não levemos contigo, na próxima época.

Como Benfiquista,  já me mentalizei que não irá fazer parte no plantel da próxima temporada, e você?...

"Outros Cardozos virão"



For you


Amor da minha vida
Que sempre estiveste comigo...
Que  lutaste e lutas para que nada falte...
Que soubeste ultrapassar  as dificuldades em que nos confrontámos...
Que em momentos tão difíceis,  estiveste sempre presente.
Que quando  a “fortuna” nos fechou a porta, soubeste  passar pela “frincha”...
Que  fizeste de  dona de casa  quando jámais imaginavas que o farias...
Que  tiveste um coração forte, quando foste confrontado com a pior notícia
Que conseguiste superar  o facto de quase me perderes...
Que  perdeste a tua irmã, um mês depois...
Que viste a tua Mãe partir quando
Recuperavas da perda da tua irmã...
Quando me ajudavas a recuperar...
Tudo isto, em quatro meses...
Nada na vida acontece por acaso...
És realmente  um “super Homem”...
Toda a minha recuperação tem a tua luz, a tua compreensão, 
A tua palavra de estimulo, a tua amizade, 
A tua inesgotável força,
Sem ti... meu marido, companheiro, amigo, meu amor...

Tal não seria possível...Obrigado de coração
*****

Cf
.

terça-feira, 18 de junho de 2013

Dúvida(s)



"Dúvida's"
Das palavras ditas em vão,
Mesmo  quando ditas de coração,
 do que sou, mesmo sabendo quem sou...
Dúvidas  do “tempo”…
Das  amizades  de verdade
Dúvidas  das  verdades ditas …
Até  da minha capacidade …
Dúvidas  dos meus  dias mais eufóricos,
mesmo  das minhas tristezas
... Do que quero ser e não consigo,
de certas inseguranças...

E se o amanhã não chegar?
Apenas uma verdade,
agradecer o amanhecer,
Esperando  "pelos dias de sol"
Que teimam em  não aparecer

Quem sou, e que gostaria de ser?
Pois... é apenas,
 para quem me compreende,
Sou eu,
Genuína,  sincera e amiga,  
Apenas  tenho certeza  dos meus risos 
  “desvairados”
Em momentos felizes, 
Mas "vacilados"...
****
Cf

segunda-feira, 17 de junho de 2013

À beira do rio.

Sentada à beira do rio
Olhando  o infinito…
Lá longe,  
Algo que se aproximava
Eras tu, meu amigo “imaginário”
Chegavas  num barquinho  de papel
De  braços cruzados,  e  um olhar assustado,
Era como se te  faltasse o sol,
Nuvem escura carregada de tristeza
Se aproximava
Águas paradas , turvas,  pareciam “esquecidas.”
Nas areias,  procuro  pedras preciosas
Distraída,  com  tanta solidão...
Tu
Mostravas-me um sorriso…. "imaginário"…
Guardava-o com carinho,  num cantinho,
Do coração…
Debruçada,  sonhava...
Sozinha
Ao acordar,  observava o por do sol
Sorri...e continuava sentada
...À beira do rio
*****
Cf    (:




domingo, 16 de junho de 2013

Beija flor



Regressaste  à minha janela, parecias um beija flor
Alegria que me deste  em pousares  no meu  postigo
Em teu  peito estava escrito, alegria  paz e amor
Com carinho te fui pegando 
 e deixei-te aqui comigo
Tua visita agradável, que em mim, cresce  felicidade
Tuas penas  me acariciam, tuas asas me dão  “ar”
Em teu voo me perdia,
 com  um beija-flor  a voar
Passarinho que  sempre foste, na minha janela  pousaste.
Guardo-te  num lugarzinho  de um quintal  abençoado
Onde não faltam flores
  de uma beleza  rara
De teu nome tão suave  
de um beija-flor feita ave...
****



****
Cf

sábado, 15 de junho de 2013

O meu.. EU

[Ao fundo do paredão...praia da Barra...]
Voando em pensamentos,  deste meu  “eu”
Em  asas  misteriosas me  apego
Num limite de um sonho  contido
Onde tudo é ilusão
Poder  brincar  com a imaginação
Tudo  nos faz  viajar  em sonhos  de improviso  
Alegria de viver...  
Espalhando  sorrisos, de  “juízo pedido”
Euforia sentida  em momentos oportunos
Quando novos  horizontes  se  esperam
Janelas  se  entreabrem
Será  puro  desvaneio,
ou não
Ou sonho de um querer 
...Ser um novo eu
"Voarei" até onde o limite der
****
   Cf  (:

sexta-feira, 14 de junho de 2013

Mensagem na janela


Estava na minha janela 
Um passarinho a cantar
Alegre,  bem disposto,
No seu bico trazia recado,
"Dizia" suavemente 
Para  deixar a tristeza...
Escutei sua mensagem 
Que muito me tem alegrado
De seguida  bateu asa, e voou, 
Voou para  outras bandas...
De  repente aparece outro, 
Lindo, de bico dourado
Trazendo mensagem de paz...
Deixando-me emocionada, 
Com todos os "recadinhos" 
Minha alegria o satisfaz
Mas   ficou  promessa,
De continuar a ser feliz
E esperar de novo,
Passarinho na janela
****                             
Cf
(:

quinta-feira, 13 de junho de 2013

Dia de St António.



Em  dia  de St António,  apenas lembro outros tempos
Alegria, amigos , copos,  e sardinhadas
histórias contadas
São coisas que apenas  são relembradas
Onde falharia eu  para tudo isto “acabar”?
Já nada é como dantes,  tudo perde o seu valor
Ou então fui eu, que perdi
  sentido de humor…
...Sinto saudades...
da minha mocidade
Das histórias contadas à volta da fogueira
Música, alusiva  ao momento,
Os corpos unidos  numa dança
com fevor
Tudo tempos passados,
 que saudades...
De uma bela sardinhada  regadinha com bom copinho
E para completar a festa
com uma bela gargalhada...
Apalpar o Manjerico
e nele poder encontrar
o elixir  que me falta,
O que  não tenho, e gostaria de ter,
ás vezes, a alegria de viver
ás vezes...!
***
Cf