quinta-feira, 1 de fevereiro de 2018

Fria ausência...

Foto de Cidália Ferreira.
Choro,
Choro, e já chorei vezes sem fim
Cansada de tudo nesta vida
Cansada de mim
Cansada que ignores a máscara,
Choro por dentro, não vês meu rosto
Mas guardo tanto
Guardo todos os sinais
Onde pareço não estar atenta
E onde esperava algo mais,
*
Mas choro...
Choro por dentro, o coração sente
Sente que o espetáculo pode acabar
E, tristemente, já não aguenta
Passam os dias, a frieza volta
E volta a fazer-me chorar
Choro dias e vezes sem fim, depois
Nestas quatro paredes, sozinha
Onde os meus soluços, são sentidos
Pela fria ausência, do amor a dois.
***
Cidália Ferreira.

49 comentários:

  1. Um poema muito triste querida amiga!
    Espero que seja apenas palavras de uma inspiração fictícia.
    Bjs-Carmen Lúcia.

    ResponderEliminar
  2. Triste chorar por dentro...Linda poesia! beijos, chica

    ResponderEliminar
  3. Não chores mais. Toma e o meu ombro amigo. Faz silêncio, limpa as lágrimas... e descansa o espírito.

    Deixo um beijo reconfortante.

    ResponderEliminar
  4. Há lágrimas que só nós sabemos que caem....
    Beijos e abraços
    Marta

    ResponderEliminar
  5. Temos tanto a chorar, lastimar, derramar a alma, e esperar a renovação da limpeza das lágrimas, num amanhã que nasça melhor. Bom dia.

    ResponderEliminar
  6. Olá Cidália
    O choro pode durar uma noite, mas a alegria vem pela manhã. Salmo 30:5. Bjs querida.

    ResponderEliminar
  7. Um choro muito sentido nas noites vazias onde se recorda a ausência do amado. Belo e triste amiga Cidália
    Beijos

    ResponderEliminar
  8. Melancolía en tus letras, pero tan sentidas y bellas.

    Besos enormes.

    ResponderEliminar
  9. Porque eu comento assim,
    mais não queira chorar
    se já chorou vezes sem fim
    feliz continue a caminhar!

    Tenha uma boa tarde amiga Cidália Ferreira. Beijinhos!

    ResponderEliminar
  10. Um poema amargurado para um frio dia!
    Tantas coisas que nos cansamos mas faz parte dos caminhos desta vida!
    Apesar de toda a tristeza é um poema cheio de emoção e sente-se o quão profundo em cada verso.

    Um abraço amiga e ótimas inspirações

    ResponderEliminar
  11. Quando o amor rima com dor, o choro pode surgir...
    Magnífico poema, parabéns.
    Continuação de boa semana, amiga Cidália.
    Beijo.

    ResponderEliminar
  12. A falta de amor despoleta esta angustia!!!bj e gostei de ler!

    Uma aldeia de xisto que não encontrei no mapa …
    https://crocheteandomomentos.blogspot.pt/2018/02/cadaval.html

    Aprenda a gostar de beterraba … com os petiscos da Gracinha:
    https://ospetiscosdagracinha.blogspot.pt/2018/02/hoje-vamos-falar-de-beterraba.html

    Nas minhas arteirices e agora que tenho “costurado” pouco … há novidades:
    https://asarteiricesdagracinha.blogspot.pt/2018/01/cortinas-do-pinterest.html

    E por ter imensos olhares com belos reflexos portugueses … aqui os pode ver:
    https://mgpl1957.blogspot.pt/2018/01/reflexos-que-me-encantam.html

    Que FEVEREIRO seja um EXCELENTE mês para si que me visita!!!

    ResponderEliminar
  13. quem é que nunca chorou que ponha o dedo no ar eheh mt bonito o teu poema bjs

    ResponderEliminar
  14. Quantas máscaras usamos, por vezes, para disfarçar as tristezas...
    Um belo poema, Cidália, sempre transbordando emoção!...
    Beijinho! Continuação de uma boa semana!
    Ana

    ResponderEliminar
  15. Choro de solidão, num excelente poema.

    Beijinhos.

    ResponderEliminar
  16. Existem momentos em que até o amor pede atitude de desapego
    Cadinho RoCo

    ResponderEliminar
  17. Cidália,
    é verdade que choramos sobre as oportunidades perdidas, os momentos desprezados e não aproveitados, e o tempo que desliza pelos nossos dedos e os dias sem amor :)
    abraço
    Angela

    ResponderEliminar
  18. Sabe Cidalia,
    Seus versos me lembram algumas situações
    e dentre elas a de nós poetas
    não precisarmos estar tristes para
    escrever sobre tristeza
    ou estarmos alegres
    para escrevermos sobre alegria.
    Sempre me impressiono com isso
    e com a possiblidade de alguem
    nós ler e ver-se em nossos textos
    como se em um espelho.
    E assim através da poesia conseguir
    ver-se expressado e representado.
    Da mesma forma como nos vermos em
    textos de tantos na literatura em geral
    e nas de nosso amigos das blogsfera.
    Um dia uma Moça entrou encontato comigo
    e me revelou que na epoca emq ue estava
    em tratamento de quimioterapia, antes
    das sessões ela imprimia meus poemas
    para ler durante as sessões que a ajudavam
    a receber a medicação mais calma.
    O que ela lia? Poemas e textos de amor
    do meu 1º blog ReflexodAlma lá em 2007.
    Num é bom?
    A proposito: Lindo seu Poema.
    Maravilhoso Espelho.
    Bjins
    CatiahoAlc.

    ResponderEliminar
  19. Chorar a tristeza para sentir o amor...bonito poema
    Bjs
    Kique
    https://caminhos-percorridos2017.blogspot.pt

    ResponderEliminar
  20. Tantas vezes mascaramos nosso rosto com um sorriso pra esconder nossa tristeza. Gostei mto do poema,é triste mas é lindo. Amanhã a máscara cai e um sorriso verdadeiro vai eluminar o teu rosto. Otimismo acima de tudo. Bjinhos

    ResponderEliminar
  21. Olá Cidália,
    Às vezes não é a distância que
    traz o afastamento.
    E é triste estar junto e predominar
    a frieza.
    Beijos!

    ResponderEliminar
  22. a ausência por vezes é tão sugadora
    https://retromaggie.blogspot.pt

    ResponderEliminar
  23. Oi Cidália
    Muito triste
    Saí agora do hospital, desculpe a demora
    Beijos
    Lua Singular

    ResponderEliminar
  24. Olá Cidália, o poema é triste mas muito bem elaborado.
    Que das fraquezas renasçam forças!
    Bj

    Olhar d'Ouro - bLoG
    Olhar d'Ouro - fAcEbOOk

    ResponderEliminar
  25. É muito ruim quando choramos assim por dentro, e o pior quando fica essa fria ausência, magnífico poema Cidália bjs.
    http://www.lucimarmoreira.com/

    ResponderEliminar
  26. A poesia a sublimar a dor. É assim mesmo! Gostei.

    Parabéns, amiga.

    Beijinho.

    ResponderEliminar
  27. Tão belo e sentido, minha amiga!...
    Para mim, o choro é uma limpeza necessária, e
    ainda arruma por dentro, cristaliza em poesia
    assim.
    Um final de semana feliz, querida Cidália!
    Beijinhos.

    ResponderEliminar
  28. Quantas vezes choramos por dentro.
    Tão nostálgico e tão belo.
    Beijinhos
    Maria de
    Divagar Sobre Tudo um Pouco

    ResponderEliminar
  29. Choro, angústia e desabafo num poema rasgante...
    O bom é viver sem máscaras...
    Meu abraço e bom fim de semana...

    ResponderEliminar
  30. Olá Cidália!
    Maravilhoso poema,triste sim, mas muito belo.
    Votos de um alegre e feliz fim de semana
    Beijinhos

    ResponderEliminar
  31. A vida também é feita de momentos tristes.
    Bjs

    ResponderEliminar
  32. Boa noite Cidália,
    Um poema triste, porém muito belo.
    Um beijinho.
    Ailime

    ResponderEliminar
  33. Ai Cidália!
    Chorar as vezes é tão aliviante, refresca as angústias da alma.
    Desejo um final de semana esplendoroso e um mês mais que abençoado!!
    “Acredite em si próprio e chegará um dia em que os outros não terão outra escolha senão acreditar com você.” (Cynthia Kersey)
    cheirinhos
    Rudy
    TOP COMENTARISTA FEVEREIRO: 3 livros + vários kits, 5 ganhadores, participem!

    ResponderEliminar
  34. A passar por cá para desejar bom fim de semana!


    Isabel Sá
    Brilhos da Moda

    ResponderEliminar
  35. Chorar para dentro é muito mais dificil do que chorar para fora!
    Bom fim de semana.
    Beijos

    ResponderEliminar
  36. A beleza de sempre traduzido em belas palavras.
    Abraços.

    ResponderEliminar
  37. Não vale a pena chorar,temos que viver felizes e alegres!!

    ResponderEliminar
  38. Que maximo as suas linhas chora nunca mais, obrigado pela visita.
    Blog: http://arrasandonobatomvermelho.blogspot.com.br/
    Canal: https://www.youtube.com/watch?v=DmO8csZDARM

    ResponderEliminar

A vossa visita e comentário são o elixir do meu coração...Muito obrigada...