terça-feira, 8 de outubro de 2019

Sinto falta das palavras, apenas as tuas. [Do Blogue - Com Amor]

****
As nuvens pairam no céu em dia tristonho
As águas correm no rio num só sentido
Os sentimentos afloram, saem palavras em vão
Palavras, que não precisam ser sumptuosas
Mas gosto, porque a solidão não é só minha
Mas eu vagueio, tristonha, tão sozinha
E muitas vezes perco-me em palavras nuas
*
Não preciso de muito para me contentar
Olho à minha volta, apenas a natureza
E as orlas de um jardim que parece sozinho
Sinto-me desorientada, perdida
Sinto falta de tantas coisas, mesmo banais
Acredito que a vida não seja um mar de rosas
Mas sinto falta das palavras... apenas as tuas.
****
Cidália Ferreira.
.
Este pequeno poema é a minha participação baseado na frase como fio condutor " Não preciso de palavras sumptuosas....Apenas das tuas...."  com o Blogue "Com Amor" da Amiga Marta Vinhais

39 comentários:

  1. Ficou linda tua inspiração pra participar lá na Marta! beijos, chica

    ResponderEliminar
  2. Marco Aurélio - Brasil7 de outubro de 2019 às 11:20

    Que maravilha.... ouvir isso de uma poeta!!!
    Feliz daquele cujas palavras encantam a poeta!!!

    ResponderEliminar
  3. Um poema muito bonito, acompanhado por uma foto excelente.
    Abraço e uma boa semana

    ResponderEliminar
  4. Bom dia de nova semana, querida amiga Cidália!
    Também gostei muito de participar. Gosto dos desafios da Marta.
    Ficou muito linda. Sentimos muita falta de coisas, é certo, mas das palavras do amado da nossa vida, é a saudade insistente.
    Tenha dias felizes!
    Bjm carinhoso e fraterno de paz e bem
    P.S Música linda do seu blog!

    ResponderEliminar
  5. Cidália Ferreira, o poema está bem construído num tom, direi magoado, mas numa forma bem agradável, de que gostei.
    Bjs

    ResponderEliminar
  6. Excelente poema com que participa no desafio da Marta! Gostei imenso.
    Uma boa semana.
    Um beijo.

    ResponderEliminar
  7. A frase bem inspiradora originou um belo poema! Bj

    ResponderEliminar
  8. Um poema bem conseguido, que fala de carências que muitos de nós possuímos e muitas vezes não queremos assumir. Hoje, mais do que nunca as pessoas vivem fechadas em si mesmo, e comunicam apenas virtualmente!
    Beijinhos.

    ResponderEliminar
  9. É como eu! Também não preciso de muito para me contentar. Basta ter o suficiente para fome não passar!

    Gostei de ler esse belo poema de sua autoria.

    Tenha uma boa tarde amiga Cidália Ferreira. Beijos.

    ResponderEliminar
  10. Lindo... Pensamos que estamos sós e afinal não estamos...
    Adorei... obrigada por participar...
    Beijos e abraços
    Marta

    ResponderEliminar
  11. Bonita participação:))

    Bjos
    Votos de uma Segunda-Feira

    ResponderEliminar
  12. Um poema lindo, acompanhado também de uma linda foto! :) Beijinhos e boa semana.
    --
    O diário da Inês | Facebook | Instagram

    ResponderEliminar
  13. Belas e ternas palavras.
    Beijinho
    Boa semana

    ResponderEliminar
  14. Lindo poema, inspirastes bem na bela imagem, participação ímpar querida amiga Cidalia!
    Abraços apertados!

    ResponderEliminar
  15. Oá, estimada Cidália!

    Mto obrigada pela sua visita e habitual comentário.

    Por vezes, para sermos felizes, não precisamos de mta coisa, e isso nota-se bem no poema, que escreveu e de k gostei.

    Beijos e boa semana.

    ResponderEliminar
  16. Muito bonita essa participação!
    Isabel Sá  
    Brilhos da Moda

    ResponderEliminar
  17. Um poema lindo demais amiga Cidália!
    Bjs-Carmen Lúcia.

    ResponderEliminar
  18. Olá Cidália querida

    As vezes sentimos falta das palavras e as vezes de atitudes, mas é sempre muito ruim.

    Beijos
    Ani

    ResponderEliminar
  19. Cidália!
    Precisamos de tão pouco para nos realizarmos, parabéns.
    cheirinhos
    Rudy
    BLOG ALEGRIA DE VIVER E AMAR O QUE É BOM!
    https://rudynalva-alegriadevivereamaroquebom.blogspot.com/2019/10/divulgacao-cultural-77-99-poetizando-e.html

    ResponderEliminar
  20. Lindo Cidália!
    Precisamos apenas de amor para poder conquistar o resto.
    Adorei
    Beijos
    Lua Singular

    ResponderEliminar
  21. É um poema muito romântico, muito saudoso e expressivo.
    Ótima participação.
    Tudo de bom
    ~~~

    ResponderEliminar
  22. Muito lindo,amiga! Amei ler como tudo o que escreve.

    Beijos e excelenTe terça!

    Donetzka

    ResponderEliminar
  23. Boa noite Cidália.
    Gostei do seu poema, quw se inicia assim:

    “As nuvens pairam no céu em dia tristonho
    As águas correm no rio num só sentido
    Os sentimentos afloram, saem palavras em vão
    Palavras, que não precisam ser sumptuosas”

    Parabéns querida amiga Cidália!
    Um beijo.
    Pedro

    ResponderEliminar
  24. Participou muito bem, Cidália, parabéns!
    Abç

    ResponderEliminar
  25. Que bello poema lograste que de nuevo me deleito su lectura.

    Saludos.

    ResponderEliminar
  26. Gostei poema lindo
    Bjs
    Kique

    Hoje em Caminhos Percorridos - Pensando em me matar…

    ResponderEliminar
  27. Gostei muito do poema.
    É magnífico.
    Cidália, continuação de boa semana.
    Beijo.

    ResponderEliminar
  28. Boa tarde Cidália,
    Magnifica participação com um lindo poema.
    Um beijinho,
    Ailime

    ResponderEliminar
  29. Gostei muito da 1.ª estrofe. Tão rica!
    Beijos,
    P. do Insensato

    ResponderEliminar

A vossa visita e comentário é o balsamo que alimenta a minha alma...Muito obrigada. Todos os poemas expostos são de minha inteira autoria, no que, apenas deverão ser partilhados com os devidos créditos da Autora: Cidália Ferreira (eu) 😘