terça-feira, 17 de setembro de 2019

Fragrância ilusória...


Fragrâncias que se espalham no meu ser
Que me elevam a auto-estima
Que atenuam a saudade
Trazendo as mais belas recordações,
E cada momento de liberdade
Onde tudo acontece sem querer
Mas que este aroma, meu corpo mima
*
Preparo o meu corpo sem grande euforia
Visto-me de alegria para a chegada
Coloco um batom a teu gosto, mate
Imagino, o abraço recebido, e caloroso,
Sinto-me incapaz de suster as emoções
Olho o espelho... não me diz nada
Sinto-me iludida de tudo, mais vazia
*
Vazia, mas por dentro da minha ilusão
Onde me enfeito das mais finas jóias
Sacudo os cabelos, respiro fundo
Espero alguém que aprecie meu valor,
Que a fragrância seja o aroma mais profundo
Que seja o chamamento, sem pudor
E não se apodere de mim, a desilusão.
***
Cidália Ferreira.

33 comentários:

  1. Mantendo a porta aberta sem criar ilusões. a realidade, raramente é o que esperamos, mas não tem que ser má.

    Boa tarde, Cidália

    ResponderEliminar
  2. Um versejar repleto de fragrâncias e que nos encanta sempre!
    Muito lindo amiga Cidália.
    Bjs-Carmen Lúcia.

    ResponderEliminar
  3. Cidália, visitando você e lendo seu lindo poema, que me lembra em alguns aspectos os Cantares da Bíblia: a amada se prepara para o amado, com bela fragrância e belos enfeites. É a espera por um amor muito sincero e puro. Boa semana!

    ResponderEliminar
  4. Muito lindos os seus versos.
    Gostei imenso.
    Um carinhoso abraço de
    Verena.

    ResponderEliminar
  5. Mais um belíssimo poema, Cidália.

    Um beijo,

    www.purestyle.com.br

    ResponderEliminar
  6. Sempre perfeitas inspirações! bjs, chica

    ResponderEliminar
  7. Ainda que a desilusão assedie, uma bela fragrância enebriará todo ar e o amor superará.
    Lindo trabalho da poesia em sentimento acelerador.
    Beijo amiga e feliz seja a semana.

    ResponderEliminar
  8. Veo que nos vuelves a deleitar con tus bellos poemas.

    Saludos.

    ResponderEliminar
  9. Porque a desilusão quando se apodera... é um desastre!
    Gosto do poema... Bj

    ResponderEliminar
  10. Quando a desilusão chega, não há fragrância que nos salve.
    Gostei de ler.
    Abraço e uma boa semana

    ResponderEliminar
  11. Adoramos o poema
    Segui mos o blog
    Beijinhos, https://damselme.blogspot.com/

    ResponderEliminar
  12. Que belo poema para começar a semana, gostei muito! :) Boa semana, beijinhos.
    --
    O diário da Inês | Facebook | Instagram

    ResponderEliminar
  13. Cidália!
    Voltou mais inspirada do que antes, cheia de fragrâncias enebriantes, parabéns!
    cheirinhos
    Rudy
    BLOG ALEGRIA DE VIVER E AMAR O QUE É BOM!
    https://rudynalva-alegriadevivereamaroquebom.blogspot.com/2019/09/divulgacao-cultural-61-97-poetizando-e.html

    ResponderEliminar
  14. Que aroma delicioso!
    Parabéns pela inspiração e bem-vinda de volta!

    Beijinhos.

    Proseando num dia

    ResponderEliminar
  15. "Fragrâncias que se espalham no meu ser
    Que me elevam a auto-estima
    Que atenuam a saudade [...]"

    Os versos iniciais de um belo poema. Parabéns querida amiga Cidália.
    Beijo.
    Pedro

    ResponderEliminar
  16. Um cheirinho muito agradável neste escrito.
    Bjs, boa semana

    ResponderEliminar
  17. Belo poema amiga Cidália!!!!

    ResponderEliminar
  18. Que venham boas fragrâncias e que se espalham na tua escrita maravilhosa como sempre para continuares a escrever lindos poemas.
    Beijo

    ResponderEliminar
  19. Mas quem sabe? Pode ser só hoje... e amanhã, a fragrância ser mais intensa, mais poderosa...
    Lindo...
    Beijos e abraços
    Marta

    ResponderEliminar
  20. O perfume sempre fala muito da nossa personalidade. Bonito poema.
    Abç

    ResponderEliminar

  21. Depois desta melhor ninguém tem,
    pois, não se sinta não iludida
    na vida com a vida sinta-se bem
    belos poemas escrevendo poetisa!

    Tenha uma boa tarde cara amiga Cidália Ferreira. Beijos.

    ResponderEliminar
  22. Que belo poema ;)

    Beijinhos e levo um pouco da tua fragrância ;)

    ResponderEliminar
  23. Nunca poderá haver ilusão, quando o nosso sonho faz sentido. Mais um belo porema, amiga e goloriosa poeta !!!
    Beijinhos...!!!!

    ResponderEliminar
  24. Esta fragrância perfumou um maravilhoso poema.
    Bjs

    ResponderEliminar
  25. De volta, depois de férias, cá estou para mais uma visita….

    Kique

    Hoje em Caminhos Percorridos - O que levamos no peito

    ResponderEliminar
  26. Oi Cidália
    Adorei seu poema
    Balançou muita gente
    Adorei
    Beijos no coração
    Lua Singular

    ResponderEliminar
  27. Uma inspiração muito interessante...
    Poesia romântica e muito feminina, agradável de ler.
    Beijinho
    ~~~

    ResponderEliminar
  28. Boa tarde Cidália,
    Gostei bastante deste poema.
    Um beijinho.
    Ailime

    ResponderEliminar
  29. Ilusões e desilusões, palavras que fazem parte de uma vida.

    Beijinhos Cidália

    ResponderEliminar
  30. Lindo como todos! Fazem parte da vida ilusões e desilusões também.

    Parabéns!

    Donetzka

    ResponderEliminar

A vossa visita e comentário é o balsamo que alimenta a minha alma...Muito obrigada. Todos os poemas expostos são de minha inteira autoria, no que, apenas deverão ser partilhados com os devidos créditos da Autora: Cidália Ferreira (eu) 😘