terça-feira, 7 de maio de 2019

Isolo-me entre o jardim do meu silêncio.

Resultado de imagem para Imagens uma lágrima
Atormentadas lágrimas nos trilhos da primavera
Que afloram nos sentimentos de quem vive
De quem se entrega, por completo
De quem morre por alguém
De quem não é recompensada, e cai e vão,
*
Atormentados momentos, desilusão
Corpo adormecido já sem forças
Lágrimas que caem, dureza, ingratidão
Que fazem parte desta tão real quimera
Onde as palavras são a realidade do desdém
*
Brilha o sol, secando as lágrimas do meu rosto
Um aperto no meu peito de desgosto
Isolo-me entre o jardim do meu silêncio
Vagueio na reflexão da minha sina
Onde o sofrimento destrói a minha alma,
*
Atormentados sentimentos que me rebaixam
Em toda a vivência, que não me ensina
O cansaço é o caminho do limite
Vai deixando meu coração enfraquecido
Com pena, de um dia não ter morrido.
****
Cidália Ferreira.

32 comentários:

  1. """ Com pena de um dia não ter morrido """

    Quanta tristeza, desencanto, infelicidade aposta neste poema. Será que vale a pena, embora seja poeticamente falando?
    .
    Pois...

    ResponderEliminar
  2. Fortes e tão tristes versos...Linda poesia! beijos, ótima semana,chica

    ResponderEliminar
  3. Uma beleza de poesia, Cidália
    Obrigada pelas suas gentis visitas.
    Um carinhoso abraço de
    Verena.

    ResponderEliminar
  4. Cidália uma linda poesia para refletir não podemos deixar o coração enfraquecido bjs.

    ResponderEliminar
  5. Gostei!!
    Segui

    Um beijinho grande,
    https://skylykika.blogspot.com/

    ResponderEliminar
  6. Um poema sofrido, mas belo, onde os sentimentos se mostram sem reservas. Mas o que é a poesia romântica senão um desabafo de alma?
    Gostei muito, Cidália!
    Grata pela tua visita e pelas tão gentis palavras. Uma boa semana. Bjs.

    ResponderEliminar
  7. Querida isso é so um poema ou como te sentes de facto? Se for, então que o sol aqueça a tua alma e faça-o brilhar, rasgando um sorriso no teu rosto.

    Beijinho grande e uma boa semana!
    www.danielasilva.pt

    ResponderEliminar
  8. Olá Cidália,
    Lindo e triste poema
    Beijos no coração
    Lua Singular

    ResponderEliminar
  9. Achei o poema lindo, mas muito triste! Beijinhos e boa semana :)
    --
    O diário da Inês | Facebook | Instagram

    ResponderEliminar
  10. Querida Cidália, sua sensibilidade é impar!
    Sentimentos são sentimentos e nem todos os poetas/poetisas conseguem exprimir tão bem, você tem o dom!
    Lindo, embora triste como dizem, mas a vida tem disso, nosso coração precisa de alento e muita força para vencer as dores!
    Amei ler como sempre!
    Abraços bem apertados!

    ResponderEliminar
  11. Belas palavras tristes.
    Espero que sejam isso mesmo, só palavras.
    Beijinho
    Boa semana

    ResponderEliminar
  12. Um poema triste,mas rico em detalhes de palavras.
    Adorei Cidália.
    Bjs-Carmen Lúcia.

    ResponderEliminar
  13. Atormentadas lágrimas nos trilhos da primavera
    tive eu ontem, dia da Mãe
    e o meu filho não me ligou
    só pelas 19h deu sinal e eu já farta de chorar
    que mal fiz eu, para ter esta sina?

    Também eu vagueio na reflexão da minha sina
    Onde o sofrimento destrói a minha alma,

    LINDO o que escreve Cidália!
    Parabéns.

    Por cá, faço os meus posts com fotos minhas
    e depois pesquiso e faço chegar a informação a quem me visita
    como neste artigo que acabei de fazer sobre,
    como passei o dia do meu aniversário
    se quiser ver, aqui:

    http://momentos-perfeitos.blogspot.com/

    Beijinho da Tulipa

    ResponderEliminar
  14. Uma auto-motivação para começar mais uma semana

    ;)

    Beijinhos

    ResponderEliminar
  15. Triste. Muito sofrido. Como se já não houvesse esperança.
    Abraço e boa semana

    ResponderEliminar
  16. Haverá sempre um brilho, uma misteriosa força vinda de algum canto, que possa elevar a estima e o poder de renovar-se em nome da vida.Um poema duro amiga, lindo em poesia, mas terrível em vida.
    Uma semana abençoada para você.
    Beijo amiga.

    ResponderEliminar
  17. Um poema muito dorido, Cidália.
    Beijo

    ResponderEliminar
  18. Lindo post.

    Arthur Claro
    http://www.arthur-claro.blogspot.com

    ResponderEliminar
  19. Mas devemos limpar as lágrimas e caminhar ao Sol...
    Obrigada pela visita
    Beijos e abraços
    Marta

    ResponderEliminar
  20. Mais um bonito poema que vim aqui conhecer.


    Isabel Sá
    Brilhos da Moda

    ResponderEliminar
  21. Uma boa terça-feira.

    Beijinho grande no coração <3
    www.danielasilva.pt

    ResponderEliminar
  22. O tristonho isolamento irá trazer, por fim, renovadas esperanças ao seu dulcissimo coração, Cidália. Parabéns por tão linda e tocante expressividade. Um terno abraço e votos de uma semana repleta de alegria e paz.

    ResponderEliminar
  23. O poema é triste, mas não deixa de ser belo. Gostei.
    Bjs

    ResponderEliminar
  24. Poema triste, mas muito belo.

    Beijinhos Cidália

    ResponderEliminar
  25. Gostei deste poema tão melancólico
    Bjs

    Kique

    Hoje em Caminhos Percorridos - Peito vrs Tomates

    ResponderEliminar
  26. Cidália!
    Nada como um bom silêncio para refletir e continuar firme e forte.
    cheirinhos
    Rudy
    https://rudynalva-alegriadevivereamaroquebom.blogspot.com/2019/05/divulgacao-cultural-38-80-poetizando-e.html

    ResponderEliminar
  27. Poema muito forte e tocante!
    Pegaste nas palavras e emoções certas e o resultado foi um colossal poema apesar da tristeza que dele emana.
    Adorei!!!

    Beijinho grande

    ResponderEliminar
  28. E a tristeza... é um campo tão fértil em matéria de inspiração!...
    Um poema muito belo... que nos toca fundo! Gostei muito!
    Beijinhos, Cidália!
    Ana

    ResponderEliminar
  29. Palavras tristes que tocam a nossa alma.
    Beijinhos
    Maria

    ResponderEliminar

A vossa visita e comentário é o balsamo que alimenta a minha alma...Muito obrigada. Todos os poemas expostos são de minha inteira autoria, no que, apenas deverão ser partilhados com os devidos créditos da Autora: Cidália Ferreira (eu) 😘