sábado, 15 de setembro de 2018

O calor do teu silêncio...

Imagem relacionada
É nas noites quentes que desejo o frio
O calor do teu silêncio,
Que desejo ouvir palavras sem rima
Sentir a tua alma em sintonia
E ouvir tua voz seleta,
Imagino, a musica entrando no coração
Ver o teu olhar comovente
Quando um simples beijo abre o desejo
E o desejo de construir palavras, num beijo,
Sentir o perfume da rosa caída
E imaginado nas pétalas a mera poesia
*
Desfolho notas dos meus pensamentos
Descubro um dos mais belos segredos
As notas de que nunca te escrevi
Mas que deixei em mero rascunho,
Nesta noite, vagueio silenciosamente
Recordando momentos sem fim
Daqueles, que jamais desejo esquecer,
Mas, para fortalecer os meus medos
Só o teu carinho me faz reviver
E num turbilhão de palavras, quero dizer
Que fazes, hoje e sempre... parte de mim.
***
Cidália Ferreira

30 comentários:

  1. Um silêncio que bem te inspirou! Linda! beijos, chica

    ResponderEliminar
  2. O silêncio vem de mansinho e com ele recordações de momentos inesquecíveis. É sempre assim, a poesia brota no mais quieto do vale a pena lembrar. AbraçO

    ResponderEliminar
  3. Boa tarde Cidália!
    Com sua licença poética destaco o que mais me tocou:
    "As notas de que nunca te escrevi
    Mas que deixei me mero rascunho,
    Nesta noite, vagueio silenciosamente
    Recordando momentos sem fim".
    Lindo!
    Bjs e um ótimo final de semana.
    Carmen Lúcia.

    ResponderEliminar
  4. Fazendo jus ao cliché, por vezes "o silencio vale mais que mil palavras"

    ResponderEliminar
  5. Quantas lições aprendemos no "silêncio"... Ficam armazenadas na alma! Poema tocante! Parabéns!
    Abraço.

    ResponderEliminar
  6. Recordar é viver e essas recordações estão aqui bem patentes neste belo poema.

    Bom fim-de-semana

    Beijinhos Cidália

    ResponderEliminar
  7. E quando alguém faz parte de nós... tudo fica mais fácil! Bj

    ResponderEliminar
  8. Preciosos versos que se sienten.

    Feliz tarde.

    Besos enormes.

    ResponderEliminar
  9. Se nas noites quentes deseja o frio,
    nas noites frias desejará o calor
    amiga, se puder mantenha o equilíbrio
    sem se ausentar do verdadeiro amor!

    Tenha um bom fim de semana cara amiga poetisa Cidália Ferreira.
    Beijinhos.

    ResponderEliminar
  10. Um poema muito bonito.
    Um abraço e bom fim-de-semana

    ResponderEliminar
  11. Que lindo!
    Beijinhos e bom fim de semana!

    ResponderEliminar
  12. Lindo!
    O amor é fazer parte um do outro.
    Bom fim de semana.
    Beijos

    ResponderEliminar
  13. Oi Cidália,
    Linda poesia
    Bela imagem
    Beijos no coração
    Lua Singular

    ResponderEliminar
  14. Recordar na poesia com sentido amoroso.
    Bjs

    ResponderEliminar
  15. Uma inspiração maravilhosa querida Cidália e o fechamento ficou de uma beleza magnifica coisa de arte da poesia e do coração lindo. Amei amiga.
    Beijo e bom fim de semana com paz e alegrias.

    ResponderEliminar
  16. Olá Cidália querida


    Que lindeza de poema...
    Tanto amor, que dá pra sentir.

    Beijos
    Ani

    ResponderEliminar
  17. Bonito poema
    https://retromaggie.blogspot.com/

    ResponderEliminar
  18. QUE lindo poema, es cierto, la música entra en el corazón.

    ResponderEliminar
  19. Um fim de semana que começa muito bem depois de ler este poema :)

    Beijinhos e bom fim de semana

    ResponderEliminar
  20. Além de bela poesia, o carinho e acuidade com as palavras.
    Abraços.

    ResponderEliminar
  21. Esta tristeza que sinto é minha paixão
    Só um coração apaixonado o entenderá
    Porque me perco no areal, em reflexão
    Sem saber o que o futuro me reservará... Só um coração apaixonado sabe o sabor de cada palavra, cada verso...Poetizar o amor...eternizar o amor e divino...Parabéns. Um grande abraço. Amei a linda musica.

    ResponderEliminar
  22. O silêncio faz reavivar as lembranças.
    Belíssimo poema
    Beijinhos
    Maria
    Divagar Sobre Tudo um Pouco

    ResponderEliminar
  23. Recordar é viver! No meio do silêncio soltam-se as memórias que estão bem enterradas em nós!
    Maravilhoso poema como sempre amiga!

    Um xi coração

    ResponderEliminar
  24. Cidália!
    Amei: "Desflolho notas dos meus pensamentos..."
    “O prazer dos grandes homens consiste em poder tornar os outros felizes.” (Blaise Pascal)
    cheirinhos
    Rudy
    http://rudynalva-alegriadevivereamaroquebom.blogspot.com/2018/09/divulgacao-cultural-127-53-edicao-do.html

    Gostaria, se puder, comentar na postagem onde falo sobre meu primeiro poema a ser publicado em uma Antologia, GRATIDÃO!! http://rudynalva-alegriadevivereamaroquebom.blogspot.com/2018/09/divulgacao-cultural-126-antologia.html

    ResponderEliminar
  25. As noites por vezes são tramadas!

    Mais um belo poema.

    Beijos Cidália

    ResponderEliminar
  26. É, de facto, comovente esse imenso amor de saudade
    que inspira tantos poemas vibrantes de paixão...

    Beijinhos
    ~~~~

    ResponderEliminar

A vossa visita e comentário é o balsamo que alimenta a minha alma...Muito obrigada. Todos os poemas expostos são de minha inteira autoria, no que, apenas deverão ser partilhados com os devidos créditos da Autora: Cidália Ferreira (eu) 😘