segunda-feira, 24 de abril de 2017

Viaja em meu corpo, pelos labirintos

Imagem relacionada
Numa viagem ao meu mundo solitário
Onde meus sentidos vão ao teu encontro
E pela escuridão da noite quente
Este desejo que em mim despertas
São devaneios, arrepios, suores da mente,
Vem, viaja em meu corpo, pelos labirintos
Os mais misteriosos do imaginário,
Descobre a fragrância do meu perfume
E meu corpo despido de preconceito
Que se perde pelos sonhos mais famintos,
.
A noite chegou, vagueias no pensamento
O vazio permanece, excitante momento
Fazes parte do sonho, do meu devaneio
Que entra em meu corpo voluptuoso,
E no silencio da noite escura 
Onde o desejo é o balsamo de minha alma 
Vagueiam tormentos em meu corpo saudoso,
Desassossegas-me, tiras-me a calma
Tiras-me o sono, despertas-me o desejo
Onde dava tudo, por apenas, um só beijo.
***
Cidália Ferreira.

sexta-feira, 21 de abril de 2017

Hoje, tenho saudades...

Foto de Cidália Ferreira.
" eu "
Hoje tenho saudades, saudades de tudo
Do ontem, e de um  passado que deixei
Saudades do tempo, sem  contratempo, 
Saudades de ti, de mim, mas sobretudo
Da atenção que jurei dar-te mas não dei
.
Saudades do vento em forma de amor
Da chuva, a minha  grande inspiração,
Até as estrelas me ajudavam no tempo
Em que a inspiração era como o motor
Que comandava meu saudoso coração
.
Saudades  do teu  cheiro e da juventude
Dos abraços sentidos por  nós trocados,
Dos dos sorrisos  de menina, de outrora
Em que minha  felicidade em plenitude
Fazia parte de mim, mas foi-se embora.
****
Cidália Ferreira.

quarta-feira, 19 de abril de 2017

Sinto em teu corpo o calor do teu prazer

Nesta noite iluminada pelo teu ser
Como chuva de estrelas em brandura 
Que iluminam, aconchegam meu coração,
Sinto em teu corpo o calor do teu prazer
Que me transmite segurança sem se ver,
Neste momento em que o desejo, a paixão
Fazem parte de toda a minha loucura,
Quero sim, que me aconchegues nesta noite
Em que os desejos são a minha companhia, 
.
Não saberás o valor do meu carinho
Quando entras em meus sonhos enamorados,
São teus beijos partículas de poesia
Que espalhas em meu corpo desejoso,
São nossas vestes a transparecia, o glamour 
De todo o nosso momentos esplendoroso
Nesta noite iluminada pelo teu ser
Saberás tu o valor que tens para mim
Quando nesta entrega sentirás, o meu amor.
***
Cidália Ferreira.

segunda-feira, 17 de abril de 2017

Vencida pela saudade beijei o mar, o areal...

Resultado de imagem para imagens de saudade
Vencida pela  saudade  beijei o mar, o areal
As ondas faziam a cama mostrando alvura 
Todo o seu  cheiro a maresia parecia surreal 
Nesta  frescura, saudade, nunca será loucura
.
As ondas segredam-me a tua visita em breve
Que seja ao meu mundo onde sempre esperei
Esta  saudade é tão profunda, mas  tão leve
Na areia molhada o teu nome escrito deixarei
.
O perfume das ondas encantam  meu coração
Quando as vejo chegar e partir. Como te sinto
Nunca será um adeus, sabes que não te minto
.
Vencida pela saudade deixei-me ficar à espera
Sentir as ondas em turbilhão, é minha quimera
Pois neste mar é tua visita, a minha inspiração
****
Cidália Ferreira.

sexta-feira, 14 de abril de 2017

Uma Santa e feliz Páscoa.

Páscoa Imagem 2

«Que nesta Páscoa haja muito doce na tua vida. O doce sorriso daqueles que amam a doce alegria de ter o pão na tua mesa. A doce esperança e um futuro de paz e prosperidade »
----

PARA TODOS VÓS, EXTENSIVO AOS VOSSOS FAMILIARES E AMIGOS, UMA SANTA E FELIZ PÁSCOA. QUE A PAZ RESIDA NOS VOSSOS CORAÇÕES. 
.
ABRAÇO-VOS COM AMIZADE E CARINHO

Resultado de imagem para amendoas coloridas
Leve a sua...

quarta-feira, 12 de abril de 2017

Parecia serena, sem sono, em noite calma

Resultado de imagem para imagens uma noite mal dormida
Parecia serena, sem sono, em noite calma
Onde todos os pensamentos vãos
Assaltavam minha mente que tentava dormir
Tantas recordações, quanta saudade,
Tantas coisas que podia ter vivido, não vivi
Tantos desejos perdidos, uma verdade
Tantos beijos que sonhei dar e não dei,
O luar iluminava meu quarto... noite longa
Onde meu coração cansado se agitava,
.
Parecia serena, sem sono, mas pensava
Em tantas coisas que marcaram minha vida
Pensava em ti...em mim... em nós,
Nas coisas que podias ter dito e não disseste
Nos beijos que prometeste dar e não deste,
Mas foi assim, numa noite mal dormida
As horas, companheiras do momento
Como tu, que dormias longe, mas sempre perto,
Dos meus sonhos, e de todos os meus pensamentos. 
***
Cidália Ferreira

segunda-feira, 10 de abril de 2017

Para que serve meu gosto em abraçar o vento.

Resultado de imagem para imagens para refletir
Para que serve meu gosto em abraçar o vento
Se não lhe  vejo o andamento, apenas o sinto
Em suaves remoinhos, o estranho sentimento
Onde reflicto olhando o nada em mar faminto
.
Correm as nuvens em  apressada tempestade
Como lágrimas do pensamentos, qual desejo
Sinto que o vento me acompanha na verdade
Deixando em mim, o sabor de um doce beijo
.
Para que serve a minha  insistente dedicação
Se continuo tão sozinha neste isolado mundo
Apenas o mar, a testemunha  do meu coração
Sabe que o meu  abraço ao vento, é profundo
.
E neste  sentimento onde  espero um abraço
Pode ser  do vento, mesmo que esse, tu sejas
Podes num sopro  deixar-me  num embaraço
Neste sentimento és meu vento, onde estejas.
****
Cidália Ferreira 

domingo, 9 de abril de 2017

Momento de reflexão.

Imagem relacionada
Para reflectir...
Para alguns amigos/as, que estão a passar por um mau momento...apenas uma coisa, nunca percam a fé, a vossa fé. Independentemente da religião. Porque a fé, cada qual tem a sua. Força e Fé...

UM DOMINGO DE PAZ, AMOR E HARMONIA

sexta-feira, 7 de abril de 2017

Sinto o calor dos teus doces lábios.

Resultado de imagem para images sensuais
Sinto calor dos teus doces lábios
Em suaves movimentos arrepiantes,
Sinto a leveza das tuas mãos passeando
Pelos recantos do meu corpo excitado
São teus sussurros carinhos ofegantes
E teus beijos, o elixir que me acalma,
É meu corpo o alimento dos sábios
Por te pertencer se sente abençoado,
.
É a tua voz terna e tão doce
Os teus abraços, meu porto seguro
São momentos, puros devaneios
E desejos que em ti procuro,
Tremem nossos corpos em puro desejo
Abraçados pela embriaguez do sonho
Desejosos, carentes e sem rodeios
Unidos, pela recordação de um beijo.

***
Cidália Ferreira

quarta-feira, 5 de abril de 2017

Quando sozinha solto o grito de revolta

Resultado de imagem para imagens saudade
Quando sozinha  solto o grito de revolta
Olhando o céu, em nublada turbulência 
Sinto que o meu pedido nunca terá volta
Mas a minha vontade é pura insistência 
.
Pairam as nuvens negras em meu redor
Como pássaros  que cercam  o momento
Chilreiam, danças esvoaçantes de amor 
Fazendo-me aliviar este  duro tormento
.
Quando sozinha vagueio pela distancia
São as aragens impossíveis de alcançar
Mas fica o meu peito que em relutância
Me faz querer tanto o teu corpo abraçar.
****
Cidália Ferreira 

segunda-feira, 3 de abril de 2017

Não sei para onde ir, mas sei onde quero estar

Imagem relacionada
Não sei para onde ir, mas sei onde quero estar
Sei, de onde vem esta ansiedade 
Esta alegria que se esconde na tristeza
Que me bloqueia os caminhos para ir,
Olho o momento em meu redor
Estou sozinha, sofrendo esta dor
De alegria, um vazio que não volta 
Não sei onde quero estar,
Mas sei, para onde, a vontade de fugir
.
O que adianta querer o impossível 
Quando meu coração solta o grito de revolta
Caio em mim em desesperado silêncio
Seco as lágrimas deixadas pela saudade,
Contento-me com o misto de emoções
Deixando que a aragem as leve para longe,
Nunca foi tão desejada esta viagem
Neste misto de emoções em tempestade
Queria ir, quero abraçar, esta é a realidade.
***
Cidália Ferreira.

domingo, 2 de abril de 2017

Abençoado mês de Abril.

Bom dia
Damos as boas vindas ao mês de Abril que, começou da melhor maneira, para mim, para nós. Ontem dia 1, "dia das mentiras", recebi logo de manhã, a melhor alegria de minha vida. Nasceu o meu netinho Guilherme, (Gui).Um bebé com 3k300g  e 52 cm e lindo...Mãe e filho estão bem. Claro, é da minha filha, irmão da Bruna.  Estou ainda em ansiedade, pois a vontade era pegar o primeiro avião ir até lá. Estamos muito felizes. Não sei que diga mais. Sinto um misto de alegria e tristeza, que me bloqueia. Queria estar lá. Queria dar mimos. Queria dar apoio, também à Bruna. Queria tratar no meu menino. Queria viver esta alegria de perto. 

Agora sou avó de três lindas crianças. Estou tristemente feliz.

sexta-feira, 31 de março de 2017

Entre os silencios de uma natureza tão calma

Imagem relacionada
Entre os silencios de uma natureza tão calma
Onde meros pensamentos atravessam a ponte
Não há distância que defina o meu horizonte
Enquanto olhar em verdadeiro estado d'alma
.
Serenam as águas, silenciam-se os momentos
Olham-se as árvores, contempla-se a destreza
Das águas que correm sem qualquer ligeireza
No silêncio, o balsamo de nossos sentimentos 
.
Em cada margem que avisto, um carinho meu
Em cada ramo, um pensamento, qual renascer
Como o sol que espreita ligeiro, ao amanhecer
E nos dá vida, porque meu sentimento é o teu
****
Cidália Ferreira.

quarta-feira, 29 de março de 2017

Cada pétala minha, a ti pertence.

Resultado de imagem para imagens sentimentais
Como desfolhar pétalas de um malmequer
Se não sais do nobre meu pensamento,
São como as raízes que alastram meu corpo
Incondicionalmente permanecem
Do amor que te sinto no momento,
Não será um desfolhar qualquer
Mas são pétalas perfumadas que se vão
E me ficam gravadas no coração,
.
Como desfolhar o malmequer se o guardo
No cofre onde a chave te pertence
Posso abri-lo, olha-lho com carinho
Deixar falar a voz do meu silêncio, 
Desfolhar, recordar cada pedaço nosso
Seguir as coordenadas do caminho
Sem perder o cheiro do perfume
Pois cada pétala minha, a ti pertence.
***
Cidália Ferreira.

segunda-feira, 27 de março de 2017

Na incerteza de um caminho melhor.

Na incerteza de um caminho melhor
Vagueiam tristes  meus pensamentos
Tudo parece tão cinzento, pormenor
Que meus  olhos vêm sem tormentos
.
Nada mais certo tenho neste olhar
Quando espero a vida sem certezas
Nada mais importante  que  chegar
Ao teu coração e eliminar tristezas
.
Na incerteza, vagueia meu coração
Por longos caminhos, pura emoção
Mas que passam e não voltam mais
.
Nada mais certo tenho nesta espera
Quando  na razão, o coração impera
E meus sentimentos continuam leais
****
Cidália Ferreira.

sábado, 25 de março de 2017

Eras parte do meu sonhar, acordada .

Eras parte do meu sonhar, acordada 
Quando olhava as paredes do quarto vazio
Imaginava-te, deslumbrava minha mente
Esboçava um sorriso desejoso
Enquanto lá fora, a chuva caía,
Sonhava acordada, o teu corpo beijava
Minhas mãos tocavam-te, um arrepio
Era felicidade na ponta dos dedos,
Eras tu, o causador de meu sonho tão frio
.
Meus lábios sussurravam docemente
Queriam ser, donos da nossa verdade
Queriam beijar-te sem ter medos,
E neste sonho duma noite mal dormida
Sentia a frieza do quarto vazio
E apenas a cumplicidade, 
De um sonho que não existia,
Mas ficaste preso ao meu corpo somente
Porque eras parte do meu sonho, irreal
***
Cidália Ferreira.

quinta-feira, 23 de março de 2017

Numa observação para lá de uma vidraça

Foto de Cidália Ferreira.
(Imagem minha ) 
Quando em viagem se sente a melancolia
Dos dias revoltados em tristes momentos
Seguem viagem, inseguros pensamentos
Deixando que a tristeza olhe em rebeldia
.
O meu pensamento olhava, triste imagem
Apenas o vidro separava as ondas do mar
Queria poder sentir no meu coração, o ar
Vindo daquela sombra em bela miragem 
.
A viagem seguia, a chuva teimava em cair
O meu olhar na escuridão tentava abstrair 
São tantas, as tristezas que viajam comigo
.
Numa observação para lá de uma vidraça
A chuva, o vento, soprando em desgraça 
E nesta viagem triste, melancólica...Sigo 
****
Cidália Ferreira.

terça-feira, 21 de março de 2017

Quem me dera...

Quem me dera saber escrever
Umas linhas em poesia
Contaria a tanta gente
O que meu coração presente,
Sofre de noite e de dia
Por quem ama e não esquece,
Porque sendo ou não poeta
Toda pessoa merece
Uma vida com alegria
Sem ter que fingir a dor
Que na realidade sente
.
Mas como não sei escrever
Aqui fica a minha dor
Fingir eu não sou capaz
Porque meu chora coração,
Refugio-me na saudade
Escrevo palavras em vão
Que não serão em demasia,
Caem lágrimas de ansiedade
Voando em liberdade,
São partículas do meu amor
Que saem, com se fosse poesia
***
Cidália Ferreira

segunda-feira, 20 de março de 2017

Meu olhar atravessa margens do infinito

No silêncio das águas  deixo meu olhar
Por tão bela  paisagem onde me refugio
Sinto o murmúrio das águas a orvalhar
E sobre a minha  alma serás meu elogio
.
E no meu silêncio um céu tão carregado
De tantos, pequenos nadas, não importa
Teu coração será meu segredo guardado
E o teu silêncio, não me fechará a porta
.
Meu olhar atravessa margens do infinito
São as águas, testemunhas do meu grito
Onde  liberto as mágoas do meu coração
.
No meu silêncio deambulam sentimentos
 O meu coração emociona-se, são lamentos
De quem no silêncio te olha, com emoção.
****
Cidália Ferreira 

domingo, 19 de março de 2017

Triste melancolia.


Cliquem, para poderem ver... (meu)

Hoje sinto uma melancolia inexplicável...Uma saudade tremenda...Uma dor inacabável... Hoje estou assim...triste...

Feliz dia do Pai.

Resultado de imagem para Imagens dia do pai com frases

Feliz Domingo

Feliz dia para todos os Pais

Feliz dia, para o Pai dos meus filhos

E feliz dia para os Pais das minhas netas.
.
Sejam imensamente felizes, hoje e sempre.

sexta-feira, 17 de março de 2017

Soltam-se...

Resultado de imagem para imagens de pensamento
Soltam-se pensamentos, devaneios meus
Como ventos que sopram fortemente,
Abre-se minha alma à tempestade
Como quem quer vaguear sem destino
levando apenas o que pede o coração,
Para trás, uma vida de anseios
Em cada palavra solta tormentos se vão
Nestes pensamentos que voam livremente
.
Soltam-me, como pássaros que se libertam
levando leves fardos, pesadas mensagens,
Até o meu sorriso se esvai na ventania
Ficando apenas o rosto sem alegria,
Uso minhas forças para me precaver
Doutras tempestades que ainda virão,
Mas nos meus pensamentos quero reviver
Livrando-me, desta ansiedade, triste agonia.
***
Cidália Ferreira

quarta-feira, 15 de março de 2017

Queria voltar atrás...

Resultado de imagem para Imagens-  passos- voltar atras no tempo
Queria voltar atrás no tempo mas sem pressa
Queria ser o que não  sou  mas sem vaidade 
Porque  essa, nunca  entrou, é uma verdade
Queria que o tempo parasse e sem promessa
.
Queria ser, como que  já fui, durante a vida
Queria voltar a ser a energia que me guiava
Queria ser o passado  de uma era precavida
Porque essa, simplesmente eu vislumbrava
.
Queria voltar atrás nestes passos de firmeza
Ser a criança que não fui na minha infância
E que nada  disto fosse o peso  da distância
Queria voltar, à minha força, e sem tristeza.
****
Cidália Ferreira

segunda-feira, 13 de março de 2017

Sinto que o horizonte alcancei

Resultado de imagem para imagens horizonte
Olho o horizonte, olhar sem demora
Sinto que as águas querem serenar,
Quando o dia acaba, o sol vai embora
As nuvens chegam para contemplar,
E os raios de sol que ainda espreitam
É como esperança que renasce
Das águas serenas da maresia
Que me acalmam, me fazem pensar
Em quão belo foi a luz do dia
.
Sinto que o horizonte alcancei
Onde vagueei em breves momentos
Nas águas, flutuam sentimentos
Os raios protegem-me das contradições
Que a vida me dá, sem razão,
Mas sei, que neste mar me inspiro
E deixo para trás as desilusões,
Levando apenas o conselho do mar
Porque outro dia chegará ao meu coração.
***
Cidália Ferreira

sábado, 11 de março de 2017

Longe vai o meu olhar...

Imagem relacionada
Pode ser a musica, carinho que tanto precisas
Sei que em todos os momentos  te reconforto,
Quando as  palavras  se cruzam, são indecisas
Porque meu coração é a carência, tão sozinho,
Tenho  sentimentos que guardarei para sempre
Mesmo que meu peito esmoreça eu te acarinho
Porque meus os olhos choram constantemente.
.
Longe vão meu olhos para além do horizonte
Pensamentos e emoções, tudo no meu coração
De ti, guardo todas as recordações, qual fonte
De forte inspiração como bem sabes provocar
Deixando o meu sentimentos por ti, mais forte
Porque teu sofrimento me impede a libertação,
Longe vão meus olhos, que te desejam abraçar
****
Cidália Ferreira.

quinta-feira, 9 de março de 2017

Deixo que a minha força voe por aí

Imagem relacionada
Deixo que meus pensamentos voem
Num turbilhão de sentimentos tão tristes
Olho o hoje, lembro o ontem
Penso no amanhã
Onde tudo pode ser tão cruel, quem sabe,
Nada nesta vida é assim tão certo,
Olham meus olhos a tristeza que virá,
Nenhum coração se apronta para assumir
As agruras, que estão ali tão perto.
.
Deixo que a minha força voe por aí
Como borboletas que procuram a luz,
Que atenuem, a tua, que é a minha tristeza
E iluminem os sofredores corações
Porque existem momentos tão ingratos
Que nos deixam sérias desilusões, 
Quando os sonhos acabam, a tristeza conduz
Os corações frágeis às emoções
Deixando nossos pensamentos sem firmeza,.
***
Cidália Ferreira.

terça-feira, 7 de março de 2017

No silêncio, a noite chega devagarinho

Foto de Cidália Ferreira.
Murmuram  belas no silêncio da noite 
As águas que emanam belos momentos
Trazem a felicidade para nosso deleite 
Levando o passado de outros tormentos
.
Serenam ao meu olhar, quanta saudade
Das manhãs, apanhando a brisa do mar
Outros caminhos são a impossibilidade 
De encontrar no sol, a vontade de amar
.
No silêncio, a noite chega devagarinho 
As nuvens parecem em perfeita sintonia 
De quem espera a incerteza dum carinho
.
Murmuram as águas em poesia cantada 
No silêncio, meus sonhos de monotonia 
Onde  espero, por tanto, ou talvez nada.
****
Cidália Ferreira

segunda-feira, 6 de março de 2017

Saberás tu o quanto te protejo.

Abro a minha porta para poder entrar
Todo o carinho que me queiras dar,
Entra, sorri para mim, abraça-me
Liberta tudo o que tens dentro de ti
Mesmo que o momento seja tenso
A chave do meu coração será tua
Recebe-a, guarda-a, que ainda há tempo
.
Sinto-te tenso, carente, sem rumo
Como um barco no mar, à deriva
Sinto, que não serei eu a tua diva
Mas abro-te meu coração, assumo
.
Saberás tu o quanto te protejo
Ao entregar-te a chave para entrares 
Pode parecer misterioso, devaneio
Mas a minha porta fechada, entreaberta
Recebe tuas tristezas, que são as minhas,
Demoraste. Fui à porta e espreitei,
Deixei a chave para entrares, sem receio.
***
Cidália Ferreira 

domingo, 5 de março de 2017

Para reflectir, Bom Domingo

Imagem relacionada

Na vida, todos os "obstáculos" que encontramos, servem para nos fazer "crescer" e  fazer de nós pessoas mais fortes. Nunca os devemos abandonar, mas sim, ter força e fé, para os conseguir ultrapassar.

Tenham um Domingo de paz e Amor

sexta-feira, 3 de março de 2017

Chove, como se molhasse minha alma

Chove, como se molhasse minha alma
Tão fria, é como dentro de mim a sinto
Caem as pétalas que libertam a calma
Fica a tristeza dentro de meu instinto 
.
Este sentimento que a chuva me traz
Onde as lágrimas escorrem sem querer
Só a tua doce companhia me satisfaz 
Mas divide comigo o que te faz sofrer
.
Caem  pétalas perfumadas de tristeza
Sinto como ela  invade o meu coração
Que se enche de  revolta, da incerteza
.
Chove lá fora, chegam  os sentimentos
Revoltas de vidas, que exigem reflexão
Para que nos aliviem certos tormentos.
****
Cidália Ferreira 

quarta-feira, 1 de março de 2017

Podem todas a flores murcharem

Resultado de imagem para Imagens tristes de chuva
Pode a tristeza ser a nossa companhia
Se o sol não aparecer com o sorriso,
Pode um coração sofrer sem querer
Quando falta a alguém a alegria
Porque a chuva voltou e quer ficar
Mas haverá sempre uma flor, um olhar
Que jamais te deixará esmorecer
.
Podem todas a flores murcharem,
Pode a chuva leva-las de vez
Mas haverá sempre uma outra
Que te acompanha com altivez
Mesmo que nunca a possas tocar
Podes sentir seu perfume no ar
E esquecer um pouco o que te faz sofrer
.
Pode a tristeza chegar e ceifar tua alegria
Mas nunca estarás só neste caminho,
Podem minhas forças de nada te valerem
Mas sei, que esta minha forma de carinho
Poderá aconchegar teu enorme coração
Para que a tristeza atenue e vejas florir
Nem que seja uma só flor e te faça sorrir.
***
Cidália Ferreira

segunda-feira, 27 de fevereiro de 2017

Recebo em minhas mãos mágoas em sofrimento

Voam  pensamentos da palma das minhas mãos
Como sentimentos que mostram uma realidade 
Guardo em mim  momentos que não serão vãos
Porque o meu coração demonstra solidariedade 
.
Fica  tudo tão  negro à nossa volta, falta alegria
E a coragem de seguir  em frente. Vais conseguir
És vida, és fonte da minha inspiração, és mestria
És todo um sentimento guardado em mim, a fluir
.
Recebo em minhas mãos mágoas em sofrimento
Aconchego ao meu coração momentos de revolta
Acreditar que teu caminho seja leve no momento
Porque o sofrimento atenua, mas não  terá volta
.
Deixa-me acarinhar  teu coração que tanto sofre
Deixa-me sussurrar-te, não mergulhes na solidão
És meu  pensamento, o meu alento, és meu cofre
 És tanto, que teu  sofrimento  abala meu coração.
****
Cidália Ferreira.

domingo, 26 de fevereiro de 2017

Feliz Domingo...Para reflectir.

Porque é Domingo...

Mensagens de Bom dia  - Mensagens de bom dia bom domingo
Podemos fazer uma reflexão, e ver, quão especiais são as amizades verdadeiras que se cruzam na nossa vida...
.
QUE O VOSSO DOMINGO SEJA ILUMINADO, DE PAZ, AMOR E ALEGRIA.

sexta-feira, 24 de fevereiro de 2017

A vida surpreende-nos constantemente

Resultado de imagem para imagens melancolia
Nunca esta estrada poderá ser tão longa
Como longa é, a distancia que nos separa
Onde tantas coisas existem tão erradas,
Existem corações que sofrem em silêncio
Porque a vida se encarregou de oferecer
Um caminho longínquo, mas tão amargo,
.
A vida surpreende-nos constantemente
Ora o sol nos sorri, ora foge de nós
E nos corações mais sensíveis à dor
Não há nada que nos faça esquecer
Quem de nós precisa, diariamente 
Para que o destino não seja predador,
.
A estrada é longa, como o destino marcado
Quantas vezes no silêncio o sofrimento domina,
Podem as estradas ser o silenciador da alma
Quando os passos dados nos levam ao passado,
Vamos creditar, que o melhor estará para vir
E ao final da estrada, a vitória te fará sorrir.
****
Cidália Ferreira.

quarta-feira, 22 de fevereiro de 2017

Estas páginas que tanto te desejo escrever

Estas páginas que tanto te desejo escrever
Ficam num livro, que o meu coração acolhe
Outras páginas já escritas, sentido de viver
É força  vinda dum interior, não se escolhe
.
Poderão as  nuvens seguir tão carregadas
Como o meu coração guarda sentimentos
Quando segredos em lágrimas derramadas
Se partilham, gerando intensos momentos
.
As águas serenam quando chega  teu olhar
Contemplo neste recanto nuvens suspensas
À despedida, o pôr-do-sol me faz orgulhar
.
Em cada página desfolhada vejo teu sorriso
Esvoaçando e deixando mensagens intensas
Ficando guardadas em páginas de improviso
****
Cidália Ferreira.

segunda-feira, 20 de fevereiro de 2017

Sem ti...

Imagem relacionada
Sem ti, pode o sol iluminar-me, não aquece
Momentos de desalento querem voltar,
Meu coração silenciou-se, tristemente
São retalhos de uma vida que me entristece,
O sol que faz lá fora, pouco importa
Quando dentro de mim tudo é escuridão,
Olho o ontem, penso, que certamente
Nada me fará mais falta ao coração
Que simples palavras, o que me reconforta,
São devaneios meus que preciso soltar...
.
Sem ti, pode o sol brilhar, parecer sorridente
Não preenche a fala que meu coração sente, 
Momentos vãos, que me tiram a calma
Espero, desespero, por palavras lindas
Mas a solidão voltou, é minha companhia,
Lembrando apenas as palavras vindas
Outrora, quando meu encanto era tua poesia
Que guardava nos recantos da minha alma,
Sem ti, tudo perde o brilho, fico deprimente
Ansiosa, para que renasça um novo dia.
****
Cidália Ferreira

domingo, 19 de fevereiro de 2017

Neste Domingo...

Imagem relacionada
Para reflectir...
BOM DIA...
Desejo-vos a todos, um excelente e sereno Domingo, de Paz, felicidade e Amor...Sejam sempre felizes. 

DOMINGO FELIZ A TODOS.

sexta-feira, 17 de fevereiro de 2017

O tempo é o amigo dos eternos amantes

Sinto minha alma adormecida, esperando
Pelas  estrelas que  me iluminam a mente
Soltam-se os meus sentimentos, gritando 
São os desabafos que a minha alma sente
.
É a minha paixão quem me descontrola
E me faz gostar cada vez mais da ilusão
Escrevo, apenas  para quem  me consola
E me deixa enternecida nesta conclusão
.
O tempo é o amigo dos eternos amantes
Guardam segredos e olhares penetrantes
Nos beijos que jurámos dar e não demos
.
Se a minha alma acorda quando chegas 
Me beijas e num  abraço me aconchegas
Então, és meu...enquanto nós vivermos.
****
Cidália Ferreira  

quarta-feira, 15 de fevereiro de 2017

Num amanhecer entre as flores mais belas

Num amanhecer entre as flores mais belas
Onde todos os sonhos são a força do nosso ser
Esperamos o sol que nos prometeu
Que voltaria, quando tu e eu
Nos unisse-mos em momentos de prazer,
No jardim mais belo dos nossos corações
Onde o sol se esconde de algumas ilusões
Deixando-nos entre as flores que brilham
Para nos alegrar neste novo amanhecer
.
E como as flores exalam perfume
O nevoeiro faz-nos pensar e reviver,
Os pingos caem serenamente
Ambiente silêncioso, perfeita sintonia,
Contemplamos as flores em campo silvestre
Em cada novo dia, nasce entre nós, alegria,
Olhamos em volta com a mesma ternura
Com que abraçamos a vida eternamente
Fazendo destes momentos, a nossa loucura.
***
Cidália Ferreira

segunda-feira, 13 de fevereiro de 2017

Ondas que contemplam a minha chegada

Imagem relacionada
Ondas que contemplam a minha chegada
Onde procuro momentos  belos, passados 
Desabafo a minha saudade, e apaixonada
Sussurro  baixinho, de olhos bem fixados
.
As ondas suscitam  alegria em meu redor
Meu olhar alcança o mais  belo horizonte
Os salpicos  parecem sentimentos de amor
O teu, que tanto desejo encontrar defronte 
.
E na melodia das ondas sinto meu coração
Tremendo de desejo, qual  mar  de tentação
Onde deixo escapar a saudade, que tortura 
.
As ondas levam-me a recordar momentos 
Mesmo que tempestades  sejam tormentos
Os que me deixam tão feliz nesta aventura
****
Cidália Ferreira.

domingo, 12 de fevereiro de 2017

Feliz Domingo.

Resultado de imagem para imagens com mensagens de bom domingo

Que o vosso Domingo seja repleto de amor e paz. Apesar da chuva, podemos sempre apreciar o que de bom ela nos dá. Um dia muito feliz para todos nós.


sexta-feira, 10 de fevereiro de 2017

Quando nossas bocas se tocam, ao luar

Imagem relacionada
Quando nossas bocas se tocam, ao luar
E nosso olhar terno se envaidece
Com palavras ditas num só olhar
Os nossos corpos sentem a ternura 
Dum frenesim que nos faz enlouquecer
Onde apenas só tu, ao anoitecer
Me provocas ataques de loucura,
São sentimentos que não se esquecem
.
Nossos corpos se desejam fortemente
Como quem deseja a luz para viver,
Nossos olhos que falam em silêncio
Quando se cruzam num beijo sem se ver,
Clamam sentimentos, palavras de amor
Que incendeiam a chama que nos une,
Onde nossas bocas à luz do luar
Se tocam, e se beijam, silenciosamente 
***
Cidália Ferreira 

quarta-feira, 8 de fevereiro de 2017

O tempo é conselheiro e faz-me reviver

Ai como eu queria voltar atrás no tempo
E parar, apenas  nas coisas boas da vida
Esquecer as tristezas  dum contratempo
Que ficaram em minha alma desprovida
.
Mas o tempo não pára e faz-me pensar
Se vale a pena continuar  com a ilusão
Recordar  as mágoas  faz-me regressar
A um  passado turbulento de  desilusão
.
Se hoje o tempo eu pudesse retroceder 
Como a minha vontade tem de entender
Voltaria ao momento onde te encontrei
.
O tempo é  conselheiro  e faz-me  reviver
Pequenos momentos que posso descrever
Que sentimentos verdadeiros, demonstrei
****
Cidália Ferreira

segunda-feira, 6 de fevereiro de 2017

...Afinal, era o sonho que me torturava.

Imagem relacionada
Ouvia a musica que tocavas para mim
Aquela, que ambos gostávamos de ouvir
E nossos corpos entrelaçados, um dia
Dançaram como se o mundo não tivesse fim,
Sentíamos o calor do desejo
Daquela música que nos dava vida,
Parecia o nosso amor em poesia
Onde apenas aconteceu um beijo
.
Ouvia o som da tua voz tão límpida
Cruzar-se com as notas musicais, ao luar
Onde longe dos olhares me fascinavas,
Cada música que tocavas era uma balada
Que me encantava, me deixava enamorada
Que soava em meus ouvidos e ficava
Na minha mente como musica de embalar
Deixando-me eternamente apaixonada
.
Mas afinal, era o sonho que me torturava
Acordei no silêncio das minhas paredes
Lá fora, a chuva caía lentamente
O vento soprava suave, e olhando a janela
Imaginava-te ao piano, com tua voz tão bela,
Mas não existe nada mais deprimente
Que estar sozinha e saber que me pedes
Para desistir do meu sonho, para todo sempre.
***
Cidália Ferreira

domingo, 5 de fevereiro de 2017

Hoje...

Resultado de imagem para Imagens chuvosas de boa tarde  bom Domingo
Para reflectir...

Hoje, apenas vos desejo um Domingo de paz e muita saúde, para todos.


sexta-feira, 3 de fevereiro de 2017

Longos são os caminhos ao amanhecer

Longos são os caminhos, que percorro 
Como  árduos são os pensamentos sãos
Que se cruzam como  fogo, num morro 
Onde meu olhar tem sentimentos vãos  
.
O céu enevoado das manhãs cinzentas 
Tapa a beleza  do sol, que  não aparece
Deixando que chuva deixe turbulentas
Montanhas e marés. A gente esmorece
.
Longos são os caminhos ao amanhecer
Onde cada dia pode ser uma  aventura
Como chuva que cai, fazendo  florescer
O meu caminho, onde te faço a procura
****
Cidália Ferreira 

quarta-feira, 1 de fevereiro de 2017

Uma saudade de 23 anos.

Isolei-me do presente, voltei ao passado
Com a convicção na lembrança,
Recordar coisas que me levaram à saudade
Mesmo de quando era criança
Onde as ilusões eram a esperança
E a vida tinha outra cumplicidade
.
Isolei-me, meditei sobre os anos passados
lembrei-me das coisas que me faltaram
Aquelas que provocaram o vazio sem fundo
Onde tudo não passou de uma miragem,
Lembro a guerreira que me trouxe ao  mundo
E me deixou, para seguir sua viagem
.
Isolei-me e libertei sentimentos
Deixei as lágrimas escorrer por momentos
Vi a lua tão bela, desaparecer
Fiquei tão só com meus pensamentos,
Fiz ao passado, a viagem do meu coração
Os anos passaram. Mãe, recordo-te com emoção.
***
Cidália Ferreira

terça-feira, 31 de janeiro de 2017

É a chuva, lágrimas do meu pensamento

Resultado de imagem para imagens de chuva, tristes
Enquanto vejo a chuva escorrer na vidraça
Meus olhos choram, tristes, desorientados 
Sinto, que à minha  volta reina a desgraça
Pelos pingos que  escorrem tão apressados
.
Neste cinzento a  minha vida faz sentido
Quando por  perto te  sonho e me entrego
Aos desvairos, meu imaginário escondido
Sonho meu, incompreensível, não o nego
.
É a chuva, lágrimas  do meu  pensamento
Que cai sobre mim, deixa-me em tormento
Neste vidraça molhada onde  vou esperar 
.
Mas enquanto  desespero pela tua chegada
Falta-me o sol e sinto-me  desaconchegada 
Neste canto onde a solidão acaba de chegar
****
Cidália Ferreira 

sábado, 28 de janeiro de 2017

Espero-te, como quem espera a esperança

Espero-te, como quem espera a esperança
Das ondas do mar sem tempestade
Das gaivotas que caminham em liberdade
No silêncio do areal molhado,
Lugar vazio, talvez marcado
Onde te espero sozinha, esperançosa, 
Escrevo na areia as notas imaginadas
Onde nós dois temos afinidades
Como a música cantada mas silenciada
Deixando-me nesta espera, ansiosa,
.
Espero-te sobre imaginados pensamentos
Como melodia tem as ondas do mar
Formando versos, desejos de encantar
Num silêncio que desejamos ter,
As ondas abrandaram, as nuvens voltaram,
E nesta espera de melodia e desejo
O brinde levava-nos a um doce beijo,
Mas neste momento não te vejo chegar
Meu imaginário acordou e pensou,
A espera é a saudade, e o medo te perder.
***
Cidália Ferreira 

quinta-feira, 26 de janeiro de 2017

Noite fria, lareira acesa e coração apertado

Noite fria, lareira acesa e coração apertado
No sentimento, a culpa, uma lágrima caída
Nas chamas onde me aqueço estou retraída
Imagino o brinde no momento desesperado 
.
Em noite fria, meu pensamento atormenta
Preciso da tua chama  para poder respirar
Esta lareira, não é  mais  que um recordar
Das lembranças, onde a saudade aumenta
.
Imaginava-nos  assim num brinde caloroso
Onde as palavras fossem beijos silenciados
E os corpos sentissem o impacto afectuoso 
.
Mas fica apenas no coração de quem sofre 
Que entre chamas, tempestades e amuados 
Ficam sentimentos gravados  no meu cofre
****
Cidália Ferreira