quarta-feira, 14 de outubro de 2015

Saí porta fora, sem noção

Saí porta fora, sem noção
Do tempo, nem do momento
Sai por aí tristemente
Com uma dor no coração,
São palavras que caem e cortam
A alma de alguém que ama,
Entristecido coração, o meu
Que sai procurando refugio 
No meio tanto e tão vazia,
Vou silenciar minhas palavras
Que acabaram, perderam encanto
Que um dia já foi o teu,
Choram meus olhos perdidos
Não encontram o caminho
Fazendo-me perder os sentidos,
Sai porta fora chorando
Refugiei-me sozinha num canto
Desejando acabar com este tormento.
***
Cidália Ferreira.

20 comentários:

  1. Poema triste e dolorido,mas lindo em palavras.
    Bjs amiga Cidália.
    Carmen Lúcia.

    ResponderEliminar
  2. Querida amiga Cidália, leio este poema como quem cantarola uma fado. Este poema poderia e deve ser musicado.
    Um abraço daqui do sul do Brasil. Tenhas uma boa noite.

    ResponderEliminar
  3. Minha amiga, que poema tão triste, o que se anda a passar contigo? Espero que seja apenas um poema. Porém, ficou muito bonito!!

    Beijinhos e quero quando aqui voltar, ler coisas mais alegres.

    ResponderEliminar
  4. Tristes momentos que nos põem sem rumo.

    Talvez devamos nesses instantes nos lembrar do que escreveu Schopenhauer, que o mesmo por do sol triste, é o nascer do sol alegre em outro canto do mundo.

    Um abraço, Cidália.

    ResponderEliminar
  5. Já me senti assim algumas vezes, mas voltei
    a reencontrar-me.
    Um poema triste que entendo muito bem.
    xx

    ResponderEliminar
  6. Lindíssimo poema, concordo com nosso amigo comum o Dilmar, deveria ser musicado de tão lindo, triste, mas lindo com os versos bem colocados!
    Abraços linda amiga!

    ResponderEliminar
  7. Quantas vezes saímos , sem noçaõ...

    Bons sonhos , Ci

    ResponderEliminar
  8. Triste,mas belo demais seu poema,querida amiga Cidália.

    O amor muitas vezes machuca,mas como não amar? Seria não viver!

    Aproveitei a conexão que melhorou um pouquinho hoje e vim me deliciar no seu espaço.

    Beijos sabor carinho e semana de bênçãos e alegrias!

    Donetzka

    ResponderEliminar
  9. A tristeza e o sofrimento transformados num belo poema.
    Um abraço e continuação de uma boa semana.

    ResponderEliminar
  10. Entrelaçar de sentimentos num poema triste mas muito bonito
    Quando a tristeza é dor, os sentimentos são como o vento frio. Gelam a alma.
    Bom dia
    Beijo

    ResponderEliminar
  11. Triste mas belo poema!!!! Lindo dia, Cidália!!!!!!!!! Beijos

    ResponderEliminar
  12. Nenhum sofrimento dura a vida toda, e ainda bem por isso

    bjokas =)

    ResponderEliminar
  13. Um belo poema composto com as notas da tristeza e da nostalgia mas com envolvente musicalidade
    Um lindo dia, Cidália
    Beijos

    ResponderEliminar
  14. Oi Cidália,
    A tristeza nos leva a doenças
    Alegre-se, enquanto houver esperanças
    Beijos no coração
    minicontista

    ResponderEliminar
  15. Existem momentos da vida da gente em que sentir tristeza é inevitável. Mais, o importante é não se deixar ficar por muito tempo se sentindo assim.
    Belo e melancólico poema Cidália! Beijos

    http://simplesmentelilly.blogspot.com.br/

    ResponderEliminar
  16. Interessante inspiração e tema. "Saí porta a fora sem noção" quero te desejar um dia mais, lindo, mais abençoado, mais cheio da doce presença do Senhor Jesus. Eu te amo no amor de Cristo Jesus

    ResponderEliminar
  17. Deambulando por aí só e amargurada, soltaste os gritos do teu coração e elaboraste um poema bonito e tocante.A poesia é assim, inspirada na alegria e tristeza. Muitos beijinhos Cidália e faz favor de ser feliz

    ResponderEliminar