quarta-feira, 7 de outubro de 2015

Neste ermo abandonado e ao encontro da lua.

Neste ermo abandonado e ao encontro da lua
Contemplo a subtileza das nuvens que correm
Pintadas a várias cores, sorrisos de que amua
Das árvores abandonadas, outras que morrem

No crepúsculo, apanho o relento e a solidão
Fazem-me  companhia durante tua ausência
Sopram  os ventos em fúria  nesta escuridão
Sacudindo os ramos e toda a nossa essência 

Brilha a lua, num olhar de quem se enternece
Neste esplendor, o teu lugar sempre prevalece
Numa espera, neste ermo abandonado ao luar

Assim como as árvores se despem com tempo
As nuvens afastam-se trazendo-me o momento
Que desejo encontrar...ao contemplar teu olhar.
****
Cidália Ferreira.

30 comentários:

  1. Lindo um belo poema minha amiga.
    Um abraço e continuação de uma boa semana.

    ResponderEliminar
  2. As nuvens devem sempre passar e depois, esperamos o melhor! bjs, chica

    ResponderEliminar
  3. Bom dia, as nuvens escuras invadem o nosso estima sem que tenhamos pedido, assim, para que a nuvem escura desapareça, devemos agarrar bem uma nuvem branca iluminada e seguir com ela.
    AG

    ResponderEliminar
  4. Lindo Cidália, um poema sob a inspiração da lua. Celestial. Bjs

    ResponderEliminar
  5. Lindo!!!!!!!!!!! Ótimo dia, Cidália!!!!!!!! Beijos

    ResponderEliminar
  6. A lua é sempre musa inspiradora dos poetas.
    Lindo Cidália.
    Bjs-Carmen Lúcia.

    ResponderEliminar
  7. Um soneto inspirado pela magia da lua. Muito belo !

    Um beijinho

    ResponderEliminar
  8. Lindo poema amiga.
    Daqueles que toca, mas não magoa, dos que se sente e fazem sorrir.
    Beijinho e Feliz semana !!!!!!

    ResponderEliminar
  9. O que interessa é que as nuvens se afastam e chegará o momento de contemplar o olhar que desejas.
    Belo poema, Cidália.
    xx

    ResponderEliminar
  10. A lua em sua enorme beleza, sempre nos inspira!
    Linda poesia Cidália!
    Beijos,
    Mariangela

    ResponderEliminar
  11. Oi Cidália,
    Um lindo poema como sempre,
    A lua e o passarinho veio para trazer a paz
    Beijos no coração
    minicontista

    ResponderEliminar
  12. Oi Cidália,
    Obrigada por mais um lindo poema.
    Beijokas!
    http://viciadaporlivro.blogspot.com.br/

    ResponderEliminar
  13. Eis mais um belo poema, um canto à natureza e à paixão. Um abraço daqui do sul do Brasil. Tenhas uma boa noite.

    ResponderEliminar
  14. A lua essa eterna inspiradora!

    Poema sublime!

    Beijinhos.

    ResponderEliminar
  15. Que linda imagem trazendo inspiração, amei ler amiga Cidália!
    Abraços!

    ResponderEliminar
  16. Que lindo poema sempre arrasando com os nosso corações.
    Canal:https://www.youtube.com/watch?v=EgeQXJjUpSQ
    Blog:http://arrasandonobatomvermelho.blogspot.com.br/

    ResponderEliminar
  17. Bom dia Cidália,
    bonito poema, a lua inspira amores.

    Ótimo quinta feira.

    Bjs

    Tânia Camargo

    ResponderEliminar
  18. Uma boa inspiração entre a noite e a lua. Amei

    Optimo dia...beijos...=http://quadrasepensamentos.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
  19. Poema encantador amei
    Canal:https://www.youtube.com/watch?v=EgeQXJjUpSQ
    Blog: http://arrasandonobatomvermelho.blogspot.com.br/

    ResponderEliminar
  20. Mais um lindo poema Cidália!! Quem nunca deixou a mente viajar, enquanto admirava um belo luar? Beijos

    http://simplesmentelilly.blogspot.com.br/

    ResponderEliminar
  21. Cidália Ferreira, dá gosto ler e reler um soneto desta envergadura, da qual já mostraste os dotes de poetisa.
    Abraço

    ResponderEliminar
  22. A poetisa escreveu e escreveu bem. Fiquei fascinado com o poema que nos leva a viajar pelos ermos do silêncio, transcritas por entre as luzes da imaginação e subtilezas do crepúsculo. Cheio de bonitas e bem elaboradas metáforas.
    Cumprimentos

    ResponderEliminar
  23. Um soneto onde a lua é o personagem principal pelo seu encanto.
    beijos

    ResponderEliminar
  24. Encantador poema!! Mais um que deu para ler e reler.
    Uma noite feliz
    Beijinhos.

    ResponderEliminar
  25. OI CIDÁLIA!
    É SEMPRE PRAZEROSO VIR AQUI, TE LER ENTÃO, É DEMAIS.
    ABRÇS
    -http://zilanicelia.blogspot.com.br/

    ResponderEliminar
  26. Toda natureza conspira, inspira, aspira os encontro. Bela poesia, Cidalia.

    ResponderEliminar
  27. A Lua é uma excelente fonte de inspiração para um lindo Poema !

    ResponderEliminar
  28. Magnífica inspiração ao luar! Imagem soberba! Este poema está fabulosamente construído, com grande carga emotiva e sempre com o teu toque mágico e pessoal. Amei Cidália....és um poetiza de mãos "cheias" e grande alma sentimental...muitos beijinhos para ti e feliz dia

    ResponderEliminar