sábado, 3 de outubro de 2015

Entre folhas escritas, outras por escrever.

Entre folhas escritas, outras por escrever 
O meu coração amolece  pelo sentimento
Sempre que chegas e apenas para me ver
Trazes-me a luz de volta  ao pensamento

Sinto de perto o teu perfume em presença
Saindo das pétalas, carinho que me aquece
Quero escrever as coisas da nossa vivença
E ter no meu livro quem não me esquece

És luz divina que me  acompanha na vida
Inspiração dos meus dias em que atrevida
Solto as frases sem rimas e em declaração

E em todas as folhas escritas para recordar
O que contigo cresci escrevendo sem parar
És a luz e força. que precisa  meu coração.
****
Cidália Ferreira

25 comentários:

  1. Linda poesia Cidália e há sempre muitas folhas esperando pra serem preenchidas! bjs, chica

    ResponderEliminar
  2. Lindo, bela poesia minha amiga e como diz a Chica há sempre muitas folhas à espera de serem escritas.
    Um abraço e bom fim de semana.

    ResponderEliminar
  3. Olá, querida Cidália!

    Deixe antes de mais, que lhe pergunte se está bem, pke eu não tenho memória curta.
    Estou a ouvir uma música linda, de fundo, no seu blogue, que me ajuda a "desconcentrar" e a comentar. Tenho o hábito de ter o som do PC desligado, e acabo por não ouvir boas músicas. Não sei se acontece isso consigo ou não. Eu coloco sempre um vídeo, em baixo, no meu blogue, e poucos comentadores falam dele. Talvez, como eu, tenham o som desligado ou calado.

    É sempre, ou quase sempre, a primeira pessoa a comentar o que escrevo, e hoje não foi exceção. Obrigada pela atenção e por se esforçar por fazer um comentário um bocadinho maior, em relação ao habitual, pke eu sei k a Cidália lê, sente, mas comentar o k eu e os outros escrevem, não é, para si, para muitos, tarefa fácil, uns por dificuldade, outros pke estão sempre com pressa e precisam, têm de "despejar" qualquer coisa, qualquer palavrinha, para agradecer ou receber a "troca" e o "Lindo, adorei", dá para tudo e para todos e fica sempre, hipocritamente, bem.

    Está a ficar mestra (dizia-me há dias uma pessoa que a palavra mestra não existia na Língua Portuguesa. Existe sim, respondi-lhe e é o feminino do vocábulo mestre, só que nós continuamos a ver sempre determinados palavras, SÓ no género masculino. Cultura que herdámos!) , mestra, isso mesmo, dizia eu, em fazer sonetos e não só, pke sabe dar conteúdo e aplicar as regras, de forma correta, deste género literário, sobretudo, mas gosto muito da sua prosa poética, livre, solta e quase branca (com pouca rima).

    O nosso "livro", a nossa vida é como um livro, em k umas folhas já foram escritas, outras estamos a escreve-las e outras ainda, se Deus quiser havemos de as escrever. Ora, foi isto que a Cidália escreveu no seu lindíssimo(sem favores, nem verbo bajular) e bem estruturado poema, tendo sempre presente a componente sentimental.

    É ele, o seu "amado", que quer, que deseja todos os dias, para lhe dar alegria, cor e cheiro ao seu dia, alento, e sobretudo sentimento.
    Compara-o, e muito bem, a uma LUZ e a uma FORÇA, que a ilumina e que lhe dá ânimo para continuar neste caminho, às vezes, sinuoso, k é a vida, mas temos que ir andando, palmilhando, não para chegar ao fim, mas sim para continuar a viver cada etapa da nossa existência, com fervor, empenho e muito amor. E a Cidália sabe TÃO BEM caminhar!

    Gosto muito da imagem que encima o seu poema: adoro luz, nas suas diversas formas, livros e rosas vermelhas.

    Tenha um amoroso e venturoso fim de semana.

    Beijos e um sincero abraço.

    ResponderEliminar
  4. Belíssima poesia !!!!!!!!! Lindo sábado!!!!!!!! Beijos

    ResponderEliminar
  5. Querida Cidália
    Que bela declaração de amor! Já tinha saudades de ler os seus belos poemas.Parabéns.
    Um beijinho
    Beatriz

    ResponderEliminar
  6. Oi Cidália,adoro seus poemas,pois são escritos com alma de uma verdadeira poetisa.
    E esse ficou lindo de viver.
    Que hajam sempre muitas folhas para escrever lindos versos.
    Bjs e um ótimo domingo.
    Carmen Lúcia.

    ResponderEliminar
  7. Que poesia mais linda Cidália, do coração mesmo!
    Que possa sempre escrevê-las!
    Amei.
    Beijos!
    Mariangela

    ResponderEliminar
  8. Magnífico!

    A nossa vida é um livro com folhas escritas e outras em branco.

    Beijinhos.

    ResponderEliminar
  9. Francamente bonito. Bem escrito, bem rimado, fazendo do entrelaçar de palavras sublimes versos que, no seu cruzar, formaram um poema divino de amor, desejo, sentimento, entrega
    Confesso que gostei muito
    Beijo

    ResponderEliminar
  10. Que bom, Cidália, sentir um amor tão grande assim.
    Lindo!
    Beijos!

    ResponderEliminar
  11. Cidáliamiga

    Belo soneto, mas JÁ ACABOU O DIA DE REFLEXÃO!!! (00:25) Vou VOTAR COSTA!!!

    Qjs do Leãozão

    ResponderEliminar
  12. Adorei ler a magnífica poesia!
    Tenha muitas mais folhas para escrever tão belas poesias de amor.
    Bom Domingo
    Grande beijo.

    ResponderEliminar
  13. Minha amiga um amor assim tão pleno tem que ficar registado.
    Um belo momento de poesia.

    Um beijinho

    ResponderEliminar
  14. um poema cheio de amor e esperança.
    cheio de cor e positivismo.
    gostei!
    beijinho
    bom domingo
    obrigada!
    :)

    ResponderEliminar
  15. Oi Cidália, adorei sua poesia
    Beijos no coração
    minicontista

    ResponderEliminar
  16. Um lindo poema de amor!! Felizardo do remetente ..

    Beijinhos

    ResponderEliminar
  17. Que linda poesia Cidália! Que o amor seja sempre essa luz que impulsiona o nosso coração...
    Beijos

    http://simplesmentelilly.blogspot.com.br/

    ResponderEliminar
  18. Uma luz extraordinariamente brilhante irrompeu o teu cantinho num dia chuvoso! Inspirou em ti um magnífico poema com uma elaboração e emoções perfeitas! Adoreiiiii Cidália, lindo demais...um beijo gigante para ti e feliz semana

    ResponderEliminar
  19. Que maximo amei a poesia
    Canal:https://www.youtube.com/watch?v=EgeQXJjUpSQ
    Blog:http://arrasandonobatomvermelho.blogspot.com.br

    ResponderEliminar
  20. Que linda poesia e imagem Cidália, bom domingo, ótima semana
    beijos

    ResponderEliminar
  21. Entre folhas escritas e outras por escrever, existe sempre uma valiosa inspiração.
    xx

    ResponderEliminar