terça-feira, 28 de julho de 2015

Sinto que perdi a noção

Sinto que perdi a noção
 Do tempo, que já foi tempo
Onde tudo era beleza
Como fresca, a natureza,
Até as tuas pegadas 
Que seriam infindáveis
Se tornaram recordação
Da minha pura ilusão,
E todo o deslumbramento  
Que alcançavam meus olhos
Era o sussurro do vento
Que meu coração seguia,
Teu rasto, minha reflexão
Como bela é a paisagem
Olho em volta, tudo em vão
Nem cheiro da tua aragem,
Há certos momentos do dia
Que recuar no tempo, eu queria.
***
Cidália Ferreira

29 comentários:

  1. Um belo poema minha amiga, gostei.
    Um abraço e continuação de uma boa semana.

    ResponderEliminar
  2. Imagem magnífica para um poema majestoso! Como seria divino viajar no tempo e reviver todos os bons momentos que recordamos e que nos deixa o coração em mágoa e saudade. Lindo poema Cidália! Mais um na tua infindável lista de grandes emoções escritas! Um beijinho e um dia feliz

    ResponderEliminar
  3. Há sempre tempo para recuperar os desejos,nunca desistir
    Amei a poesia amiga Cidália.
    Bjs-Carmen Lúcia..

    ResponderEliminar
  4. Nunca podemos perder a esperança nessa vida,pois sempre há esperança para recuperar o que achamos que perdemos, Cidália beijos.
    http://www.lucimarestreladamanha.blogspot.com.br/

    ResponderEliminar
  5. Bom dia Cidália! A vida é feita de idas e vindas, é um jogo do perade e ganha, qdo pensamos que tudo está perdido, Deus nos abre as janelas da Esperança. Lindos versos.
    Tenha um lindo e abençoado dia!

    Bjs!

    ResponderEliminar
  6. A vida tem desses sobressaltos... ora vamos, ora voltamos e nas curvas um amor, um carinho, uma desilusão, um novo amor mas recuar é totalmente impossível e inviável
    Um belíssimo poema amiga
    Beijos com carinho

    ResponderEliminar
  7. Um poema encantador, como todos os que escreve.
    Dia feliz, bjs

    ResponderEliminar
  8. mas amanhã é outro amanhecer e novos dias virão, cheios de sol e magia.
    :)

    ResponderEliminar
  9. Adorei. Este poema é um espelho dos seus sentimentos.Parabéns

    Maria da Saudade Paiva

    ResponderEliminar
  10. Estamos presas ao tempo não podemos voltar ao passado, nem pular para o futuro.
    Mas podemos recordar o que foi bom.

    bjokas =)

    ResponderEliminar
  11. Valeria a pena recuar no tempo? Duvido.
    Beijinho

    ResponderEliminar
  12. O amor faz com que perdemos a noção do tempo!!
    Lindo poema Cidália,beijinhos.

    ResponderEliminar
  13. Cidália, há sempre tempo sem tempo, é desse que havemos de recuperar.
    Abraços

    ResponderEliminar
  14. Boa tarde Cindalia
    Sempre me emociono com o seu blog. Os seu poemas são lindos.
    Beijokas!!!

    ResponderEliminar
  15. Amei seu post lindo o poema! Te espero no meu blog, beijão <3

    http://blogbaudefeminices.blogspot.com.br/

    ResponderEliminar
  16. Querida amiga Cidália, subscrevo as palavras da Luisa Martins "Imagem magnífica para um poema majestoso"
    Um abração daqui do sul do Brasil. Tenhas uma boa noite.

    ResponderEliminar
  17. Lindo demais seu poema,querida amiga Cidália.Imagem linda!

    Sempre há tempo de se recuperar os belos momentos,amiga.

    Recuar no tempo,voltar aos dias de alegria,podemos fazer,reescrevendo tudo em nova página em branco do livro de nossas vidas.

    Meu computador e conexão estão péssimos.

    Estou entrando pelo modo seguro.

    Obrigada pela visita,linda noite de terça-feira.

    Beijos sabor carinho

    Donetzka

    ResponderEliminar
  18. Bonito poema.

    Isabel Sá
    http://brilhos-da-moda.blogspot.pt

    ResponderEliminar
  19. Olá, Cidália!

    Creio k todos nós temos momentos como os k descreveu no seu poema, mas o importante é continuar. O tempo, como bem sabe, não recua, não volta atrás.
    Sou pouca dada a lembranças, mas não estou "vacinada" contra elas.
    Está a escrever mto bem, com certeza de mão, com semântica (sentido) e com aquela simplicidade que é seu apanágio. Parabéns pela evolução na escrita.

    Agradeço visita e comentário.

    Tenha um dia feliz, luminoso e risonho.

    Beijos, com muita estima e consideração, que, por si, sempre tive.

    ResponderEliminar
  20. E já agora pelo título, o amor não faz, PELA NEGATIVA, com que percamos a noção do tempo. Nós sabemos exatamente onde estamos, com quem estamos e o k estamos a fazer, só k há fatores internos e externos a nós, que fazem com que nos comportemos, desse modo. É assim, é humano. Não se preocupe, minha querida Cidália, pke somos todos iguais, nesse campo.

    Beijos e um forte abraço.

    ResponderEliminar
  21. Voltar o tempo é impossível...Lindo poema! bjs praianos,chica

    ResponderEliminar
  22. Caia na realidade e siga por que nem tudo estar perdido
    Canal:https://www.youtube.com/watch?v=eNNlFtDc1-o
    Blog: http://arrasandonobatomvermelho.blogspot.com.br/

    ResponderEliminar
  23. Passando para agradecer o carinho. Poema triste, porém belo. Bj

    ResponderEliminar
  24. Desculpa a demora nas respostas, lindona, mas por razões profissionais tive que me ausentar da blogosfera. Em breve voltarei em força.
    Beijinho

    ResponderEliminar
  25. Excelente poema! Se eu pudesse voltar no tempo acho que não mudaria muita coisa.

    www.studiocriativoartemeva.blogspot.com

    ResponderEliminar
  26. Que poema lindo Cidália. Eu bem que gostaria de voltar um pouquinho no tempo!
    Beijos!
    Mariangela

    ResponderEliminar