segunda-feira, 16 de junho de 2014

São pegadas.



Pintei teu rosto numa linda tela
Que guardo junto ao meu peito
Julgava-me eu, uma Cinderela
Por ter-te pintado ao meu jeito

Rabiscava nela como em poesia
Palavras pedidas de compaixão
Não ser apagada a minha alegria
E tudo o que me resta no coração

Uma tela com adornos de beleza
Melodias escritas no seu esplendor
Deixaste teu rasto pela natureza
São pegadas, despedidas de amor.
***

Cidália Ferreira.

20 comentários:

  1. Bom dia amiga poetiza.
    Lindo poema (mais um, claro) e desejo que ao seguir essas pegadas, encontro o sorriso da alegria.......nem que seja na parte do calcanhar !!!!!
    Feliz semana !!!!!!!!!!! bj

    ResponderEliminar
  2. Tristes pegadas quando significam despedida de um amor! Linda poesia! Ótima semana! bjs,chica

    ResponderEliminar
  3. Linda amiga Cidália, de volta matando a saudade dos meus amados amigos, entre eles, você!
    Obrigada pelo seu carinho comigo!
    Amei ler aqui, saudade é mesmo de doer, de amor então, nem se fala, pelo menos sem ser assim, com lindos versos poéticos como os seus!
    Abraços amiga linda e querida!
    Ivone

    ResponderEliminar
  4. bom dia amiga é lindo o seu poema,triste,como o amor as vezes é.Obrigada por nos brindar com poemas lindos e no fundo têm sempre algo de verdadeiro

    ResponderEliminar
  5. Bom dia Cidália.. é o que todos queremos.. deixar pegadas de amor.. mas por vezes tb deixamos a das despedias não é.. bjs de bomLapidando Versos dia



    ResponderEliminar
  6. Nós sempre nos sentimos Cinderela,
    e precisamos acreditar que haverá um final feliz.
    bjs amiga e um ótimo final de semana.
    Carmen Lúcia.

    ResponderEliminar
  7. Bom dia Cidália, também quero deixar pegadas de amor na areia, mas pegadas alegres, mais também corremos o risco de deixar pegadas tristes, linda a poesia tenha uma ótima semana beijos.
    Blog /Fan Page / Twitter /

    ResponderEliminar
  8. oi Ci

    O ser amado a gente pode levar na tela, na lembrança e no coração.

    bjokas =)

    ResponderEliminar
  9. Bom dia! Como sempre passo aqui e leio uma bela poesia... as de amor são sempre minhas favoritas. Beijos!

    ResponderEliminar
  10. É impressão minha ou as pegadas são de afastamento?

    Deixo beijo.

    ResponderEliminar
  11. Boa tarde,
    pegada que se despede do amor com o pé esquerdo, pegada que caminha para um novo amor com o pé direito, linda poesia.
    Dia Feliz
    AG
    http://momentosagomes-ag.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
  12. Oi Cidália,
    Acabei de ouvir o hino de Portugal
    Boa sorte para vocês....
    Um amor acaba, outro recomeça; assim é a vida
    Beijos
    Lua Singular

    ResponderEliminar
  13. Oi tia Cidália,
    Desculpa, errei o nome

    Mundo dos Inocentes

    ResponderEliminar
  14. Boa tarde, Cidália, bonito poema.
    Somos sempre as Cinderelas... pena que os príncipes que chegam, vão levados.
    Bjo amigo
    Carmem

    ResponderEliminar
  15. Mais uma leitura empolgantge.
    Felizmente encontrei um tempinho.
    Beijo. D

    http://acontarvindoceu.blogspot.pt

    ResponderEliminar
  16. Oi Cidália,
    Que pena, estava ouvindo o jogo....
    A vida é cheia de tropeços e acertos e lindos sonhos para recomeçar
    Beijos
    Lua Singular

    ResponderEliminar
  17. Pegadas de amor perdido.

    Magnífico poema!

    Beijinhos.

    ResponderEliminar
  18. Triste y muy hermoso poema Cidália
    Besos

    ResponderEliminar
  19. Querida Cidália
    A tela faz com que tenha sempre presente a figura do ser amado.
    Parabéns pelo poema.
    Beijinhos
    Beatriz

    ResponderEliminar