quinta-feira, 17 de outubro de 2013

"Sou...Nada!"


Dou por mim a rebobinar
Tanta coisa…que passou
Tantas vezes…a perguntar
Porquê... eu…
 Um coração mole, sensível, sofrido
Sou tudo, o que apetece dizer…
Sou o aborrecimento… a solidão
Sou a lágrima derramada
Sou o estorvo, no meio do “nada”
Sou a incontrolável peça, que quer estar no teu puzzl
Sou tanta coisa … sou nada…
Sou apenas uma sombra
Sou a ilusão das palavras
Sou o coração magoado
Sou o tempo, sou a chuva
Queria eu ser, o teu sol…
Teu madrugar, teu amor
Queria ser... mas não sou
Não sou nada, nem ninguém
Sou apenas uma sombra
Que te segue… No “Além.”
******
Cf

22 comentários:

  1. Lindo, todos temos estes momentos de reflexão, quem nunca teve?
    Beijinhos Cidália.

    ResponderEliminar
  2. Linda, profunda e reflexiva poesia! beijos,tudo de bom,chica

    ResponderEliminar
  3. Oi Cidália,
    Você é tudo para Deus!
    Portanto não precisa mais de nada, pois Ele é onipotente.
    "Simbora" Que atrás vem gente.
    Beijos
    Lua Singular

    ResponderEliminar
  4. Não diga,não sou nada!
    Somos tudo e temos sempre a proteção do nosso Divino Mestre.
    bjs amiga Cidália
    Carmen Lúcia-mamymilu

    ResponderEliminar
  5. Sempre somos alguma coisa na vida de alguém, talvez não como gostaríamos. Mas para Deus somos tudo e somos muito. Um poema tristes amiga. Bjus e bom dia!

    ResponderEliminar
  6. Que a felicidade encontre e estacione em teu coração
    Beijo

    ResponderEliminar
  7. Lindos versos poéticos, inspiração é isso, nos faz sentir tudo ao mesmo tempo!
    Abraços!

    ResponderEliminar
  8. oi Ci,

    Não podemos perguntar pq eu?
    E sim pra que eu?
    Pra ser testemunho de vitória, para transformar vidas, para alegrar almas.
    A Dorli, está certa: Vc é tudo para Deus.

    bjokas com carinho =)

    ResponderEliminar
  9. Se isto fosse prosa já estavas a levar uma "descasca" querida Cidália, mas a poesia permite todas as "forças de expressão"; ser nada, ser estorvo, ser sombra!...:-( E eu a pensar que escrevo coisas tristes....!...;-)
    Mas compreendo tão bem essa tristeza que por vezes nos toma de assalto e sem aviso, essa desolação que dura apenas o tempo em que se escreve um poema. Depois fica-se bem outra vez. Escrever é acto tão libertador!
    xx

    ResponderEliminar
  10. Bom dia Cidalia.. que negócio é esse de não ser nada .. tu é tudo isso sim.. não tem nada de sombra tu é a própria luz beijãoo

    ResponderEliminar
  11. Podemos ser Nada ou ser Tudo!

    Podemos escolher!

    beijos

    ResponderEliminar
  12. La vida se conforma de pequeñas piezas, el punto es saber vivirlas

    Besos Cidália

    ResponderEliminar
  13. Tanta angústia!!!!! A vida tem períodos maus...outros bons.....é assim que se compõe!!!! O encontro do teu "EU" aceitando as adversidades como possíveis vitórias...lutando .... mantendo sempre presente que a vida não é complicada demais....nós é que a complicamos!!!! Desejo que toda a felicidade do mundo preencha o teu espírito!!!! Faz o favor de seres feliz....!!!! Abraço com carinho

    GABY

    ResponderEliminar
  14. Não, não, não.. não é sombra não.. é a mais doce realidade revestida de você. É que o outro lado não te sentiu como deveria ter sentido e te enxergado com os olhos do coração.
    Longe de você ser essa somrba tão bem descrita em seu poema.
    bjs
    Ritinha

    ResponderEliminar
  15. Olá Cidália,

    Poesia intensa e muito linda.
    Tenho acompanhado você e observo que você está bem à vontade na escrita e nos versos. Está ficando cada vez melhor na tradução de suas inspirações.
    Parabéns!

    Beijo.

    ResponderEliminar
  16. Olá!!!, Deus te abençoe boa noite, amiga eu amo a sua visita, e para DEUS, somos tudo, S-U-C-E-S-S-O A-M-I-G-A.
    Blog: http://arrasandonobatomvermelho.blogspot.com.br
    Canal de youtube: http://www.youtube.com/NekitaReis

    ResponderEliminar
  17. Belíssimo poema.
    Gostei.
    Não conhecia o teu blogue.
    Beijinhos, Alice.

    ResponderEliminar
  18. Você é tudooooo,amiga!

    Amei o poema,mas lembre que ninguém é nada.

    Muito menos você!

    Beijinhos


    Dryka


    Blog Suas Histórias Nossas Histórias

    ResponderEliminar
  19. Olá Cidália,
    Que belo poema triste. Somos muito para nosso Deus, nem que o mundo inteiro nos despreze Ele estará sempre firme segurando nossa mão.Ser sombra jamais minha amiga, você é muito importante pra muita gente.
    Beijos com carinho e tenha um lindo final de semana.
    Marilene

    ResponderEliminar