terça-feira, 9 de julho de 2013

"Escuta-me"


“Escuta-me”
Não te vás embora…
Não me vires as costas …
Logo agora...
Sabes que todas as verdades doem…
Espera… Fica aqui comigo
Nestas horas ingratas
em que mais preciso…
Não vás…Ouve a minha voz
O meu  desvario
Perdoa se sou repetitiva,
Se sou distraída…
Perdoa os meus anseios
Palavras, devaneios
Não é defeito, é feitio
Apenas uns desabafos
Ditos em desejos, cansaços 
Ser pura, ser assim
Sentir dentro de mim, 
Quando gosto, gosto de verdade,
De ouvir factos, realidades,
Seriedade, frontalidade,
Não deixes ficar a saudade
Dou por mim a falar sozinha
Não é difícil gostar de ti…
escutando a minha vontade...
O meu sentir
Essa, baixinho, em tom suave
Diz-me para te transmitir
Que não vás...

Preciso de ti… “aqui”…
****
Cf



29 comentários:

  1. Minha querida amiga e poetisa,
    Cidália !!!!!
    Obrigado pelo carinho de sempre
    Para comigo e meus trabalhos.
    Me senti honrado com a sua gentil
    Presença. Fiquei lisonjeado mesmo.
    Passando para agradecer-lhe e,
    Deixar também o meu carinho e
    Abraço.
    Belíssimo poema. Gostei muito. Meus
    parabéns.
    Uma semana maravilhosa, com muita
    Luz e amor, é o que desejo para você!!!!
    Beijos de luz!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

    POETA CIGANO – 09/07/2013
    http://carlosrimolo.blogspot.com
    “Poesias do Poeta Cigano”

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Muito obrigado pela sua visita..
      beijo
      Volte sempre

      Eliminar
  2. Quase um "Ne me quitte pas" à portuguesa...:-) Parabéns!

    ResponderEliminar
  3. Lindo poema como sempre à nos encantar!

    bjs amiga Cidália.

    Carmen Lúcia-mamymilu.blogspot.com

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Carmen Lúcia.Prazer de Escrever

      Obrigada pelo seu carinho

      Beijinhos
      volte

      Eliminar
  4. Bom dia Cidália.. tua poesia me faz lembrar de algo que ouvi..
    temos dois ouvidos e uma boca .. o que quer dizer ouça mais e fale menos rsrs
    bjs e tenha um lindo dia

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá Samuel... Talvez tenha razão..

      Beijo, obrigado pela visita.
      volte sempre

      Eliminar
  5. Muito bem. Adorei o poema, parabéns pela inspiração

    Deixo um abraço

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigado, fico feliz por gostares. Porque, em nada se compara com a tua enorme qualidade como "Poeta"
      Tu sim...

      Retribuo o Abraço
      Volta mais vezes.

      Eliminar
  6. Quando se abre o coração e se atende o chamamento da alma acontecem poemas lindos como este.
    Oxalá o seu amigo/a a ouça e não parta, atendendo assim à voz do seu coração, numa homenagem maravilhosa, e de uma amizade admirável
    É muito bom entrar no seu blogue e ler poemas em que as palavras são o grito de uma alma amiga

    Felicidades para o seu blogue.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Rick,
      Deixou-me sem palavras.
      Obrigado pelo seu carinho, penso que não mereço, mas gosto, lool...

      Volte sempre.
      Abraço.

      Eliminar
  7. Olá Cidália,
    Passando novamente por aqui para apreciar seus belos poemas.
    Parabéns, a poesia é linda!
    Amiga, viver a vida é uma arte! Saber viver, mesmo nos momentos difíceis, é o melhor caminho para a felicidade.
    Viva o melhor do presente e deixe o futuro nas mãos de Deus.
    Seja feliz !!
    Beijos em seu coração.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Ilca Santos,obrigada pelas palavras de conforto..
      Gostei..
      Beijnho volte sempre

      Eliminar
  8. Confesso que gosto de poesia e quando é bem escrita, com conteúdo, perco mesmo o meu tempo a ler
    Gostei muito de ler este, como noutros poemas, insertos neste blogue, super agradável de visitar

    Beijo

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Confesso que também gostei da sua visita, seja bem vindo

      Obrigado pela visita, e pelas suas palavras bonitas.

      volte mais vezes.

      Eliminar
  9. Poema traduzindo um amôr não presente!!!! Um amôr aparentemente não correspondido...amôr que seja em todo o seu sentimento sentido jamais teremos que pedir perdão pela impetuosidade dos actos e do que falamos expressando esse amôr!!! Gostei! Continua....Abraço-te!

    GABY

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Minha querida amiga..
      Obrigada pelas tuas carinhosas palavras,gostei
      beijokas
      volta sempre

      Eliminar
  10. Lindo poema miguxa com tuas palavras exprimem o k muito vai na alma. Grande bisou <3

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Bem Não deixaste nome... Mas pelas palavras, és a Elisabete Raposeiro..

      Miguxa obrigada pela tua visita..
      És linda..

      Volta sempre.Beijinhos

      Eliminar
  11. Será que vale a pena suplicar , quando quem amamos não nos quer?

    Magnífico e melancólico poema!

    Beijinhos.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Mona Lisa
      Acontece né??
      Obrigada pela visita.
      Beijinho

      Eliminar
  12. Oi Cidália:
    Linda poesia, nunca li nada tão maravilhoso!
    És uma poetisa nata
    Beijos
    Lua Singular

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Dorli, que bom que gostou, fico feliz.

      Obrigada pela visita
      beijinho
      volte sempre.

      Eliminar
  13. Que poema de amor lindo,Cidália!

    È uma poeta!

    Obrigada pela visita e feliz Dia do Amigo!

    Beijos

    Donetzka

    ResponderEliminar