8 de outubro de 2022

Se escrevesse o que sente a minha alma

~~~~~~
Se escrevesse o que sente a minha alma
Escreveria certamente um livro extenso
Um livro aberto de vogais em suspenso
Com virgulas e pontos finais em calma
~
Se eu escrevesse a minha vontade de ler
Tal como é a minha vontade de vaguear
Seria, talvez, a aventura do verbo amar
Mesmo que tivesse, de alguém, descrever
~
Mesmo que fosse em folhas amareladas
Importava, era, o verdadeiro sentimento
Que transportasse a escrita do momento
Numa tarde de outono, letras timbradas
~
Escreveria o livro da minha vida, talvez
As coisas que amaciassem o meu coração
E são tantas, as vezes, que sinto emoção
Por extensas lembranças, também altivez.
~~~~~~
Cidália Ferreira

37 comentários:

  1. Se eu escrevesse o que sinto
    Entre tantas palavras de premeio
    Diria a verdade, porque não minto
    Sinto borboletas quando te leio
    .
    Borboletas nos sentimentos
    E também no coração
    Porque em todos os momentos
    Ler-te gera em mim, emoção
    .
    Os teus poemas são ternura
    De um coração que ama
    Ler-te é felicidade, doçura
    Puro sorriso, alma em chama
    ...........
    Beijinho

    ResponderEliminar
  2. Muito bonito e sentido e sim deverias escrever um livro embora te diga que o que deixas aqui no teu espaço já é um livro!
    Beijos e um bom dia

    ResponderEliminar
  3. Como é impossível escrever tudo o que a alma sente, limitemo-nos a escrever o que nos passa pela cabeça...
    Gostei do seu poema, onde a inspiração é rainha.
    Continuação de boa semana, amiga Cidália.
    Um beijo.

    ResponderEliminar
  4. Há histórias... que nos fazem sorrir, chorar... mas nunca terminaríamos o livro....há sempre coisas a contar...
    Lindo...
    Beijos e abraços
    Marta

    ResponderEliminar
  5. Gostei :)
    E que livro bonito vinha daí, tenho a certeza!

    Beijocas

    ResponderEliminar
  6. Se fôssemos escrever tudo sobre nossas vidas seria um enorme e profundo livro! beijos, chica

    ResponderEliminar
  7. Escribir un libro sobre todo lo que uno siente, será una obra magistral , sentimientos puros. Un abrazo.

    ResponderEliminar
  8. What a lovely poem. Thanks for sharing. Have a good day :)

    ResponderEliminar
  9. Um dia vai escrever esse livro.
    : )

    ResponderEliminar
  10. Belo poema :)
    Gostei muito
    Beijinhos e continuação de uma tarde excelente

    ResponderEliminar
  11. Boa tarde Cidália,
    Gostei muito deste poema, muito inspirado e emotivo.
    Beijinhos,
    Ailime

    ResponderEliminar
  12. Hi,

    Nice blog. I am new. Do you want to follow each other?

    https://fashionandwishlist.blogspot.com/

    ResponderEliminar
  13. Mais um bonito poema que vim cá conhecer!
    Isabel Sá
    Brilhos da Moda

    ResponderEliminar
  14. Nossa existência por si já é um livro sendo escrito a cada dia se experiência . Quando se tem a habilidade de poetizar alguns momentos, assim como você fez nesse poema, é maravilhoso.
    Um beijo Cidalia.

    ResponderEliminar
  15. O outono doce e triste é ideal para dar asas às nossas emoções 🖤
    A imagem || fotografia mostra exatamente as minhas tardes de outono 🍂

    ResponderEliminar
  16. Belo, sentido, e realista poema, onde as emoções emergem, em cada verso escrito.
    Gostei muito, amiga Cidália!
    Votos de um excelente fim de semana.
    Beijinhos!

    Mário Margaride

    http://poesiaaquiesta.blogspot.com

    ResponderEliminar
  17. Olá, Um poema intenso antepondo interrogações: que segredos e emoções apoquentam o seu coração ? abraços.
    Estou aqui:https://kantinhodasmensagens.blogspot.com
    https://kantinhodaedite.blogspot.com

    ResponderEliminar
  18. Um maravilhoso intimista poema, que revela toda sensibilidade da poeta.
    Você escreve a historia de sua vida em cada amanhecer e a faz em poesia.
    Muito lindo Cidália.
    Beijo e paz e feliz fim de semana.

    ResponderEliminar
  19. Os blogues não são escrever o que sentimos??
    Bjs, bfds

    ResponderEliminar
  20. Lindo, Cidália!
    A sua vida mostra-se em cada verso dos poemas que compartilha.
    Continue poetizando e encantando.
    Beijo, feliz fim-de-semana.

    ResponderEliminar
  21. O sentir expresso em versos, Cidália. Neles sempre colocamos um pouco de nós. Bjs.

    ResponderEliminar
  22. Todos temos uma história. E nesse livro da vida, temos momentos maravilhosos e momentos tristes, alegrias e desilusões. Importa valorizar tudo o que de belo a vida nos dá e tentar esquecer os momentos menos bons! Só assim poderemos confiar no futuro!

    Um beijo e bom fim de semana!

    ResponderEliminar
  23. Cidália, lindo poema! Que talento você tem. Parabéns

    ResponderEliminar
  24. Quase nunca somos capazes de traduzir fielmente o que a nossa alma sente.
    Um abraço.

    ResponderEliminar
  25. Que bonito!

    Beijinho, sonhos bons :)

    ResponderEliminar
  26. Bom dia de sábado, querida amiga Cidália!
    Escreve já toda sua vida em emoções poéticas que nos encantam.
    Tenha um final de semana abençoado!
    Beijinhos com carinho fraterno

    ResponderEliminar
  27. Seria por certo um belo livro 👏👏👏😘

    ResponderEliminar
  28. Seria um livro catártico, timbrado pela cor do outono.
    Abraço amigo.
    Juvenal Nunes

    ResponderEliminar
  29. eu tb. se cuida. beijos, pedrita

    ResponderEliminar
  30. Olá Cidália!
    Admiro que tem o dom das palavras.
    Eu já gosto de produzir em imagens.
    Tenha uma semana iluminada.
    Abraços LOiva

    ResponderEliminar
  31. Um belo poema de que gostei, Cidália!
    Beijos

    ResponderEliminar
  32. Mais um poema bem revelador da sua imensa sensibilidade, Cidália!
    Adorei ler! Beijinhos
    Ana

    ResponderEliminar

A vossa visita e comentário é o balsamo que alimenta a minha alma... Muito obrigada. Todos os poemas expostos são de minha inteira autoria, no que, apenas deverão ser partilhados com os devidos créditos da Autora: DEP. Legal: 374 492/14 - Cidália Ferreira - (Eu) 😘