sexta-feira, 15 de outubro de 2021

Numa árvore onde o silêncio se torna audaz


 *****
Sente-se paz num deserto no meio do nada
Onde o sol se expõe por detrás da natureza
A brisa é respirável, saudável e enamorada
Onde se deseja viver em paz, por gentileza
*
Numa árvore onde o silêncio se torna audaz
Talvez por ser sozinha e se ergue, não morre
Seca e volta a brotar, na estação mais fugaz
Mesmo que seja no ermo, onde tudo decorre
*
Céu azul, na resplandecência do sol nascer
Onde a calma, é a reflexão do meu coração
Não existe nada mais belo, que saber viver
Mesmo no silêncio de uma nova convicção.
*****
Cidália Ferreira

51 comentários:

  1. La vida es lo que tiene que es bella y mucho más cuando la miramos en el silencio del camino. Un abrazo

    ResponderEliminar
  2. Por vezes a solidão faz-nos falta. Estar sozinho, pensar, deixar vaguear o pensamento, leva-nos a verdadeiros oásis de ternura. Poema muito bonito que me fascinou ler

    Beijo

    ResponderEliminar
  3. Saber viver é fundamental. LINDA tua poesia e imagem perfeita! beijos, tudo de bom,chica

    ResponderEliminar
  4. Oi Cidália o silencio as vezes é uma boa companhia, sob uma arvore podemos refrescar as ideias.
    Lindo poema.
    Beijos,Vi

    ResponderEliminar
  5. Perfecto poema del silencio y esa paz que tantas veces añoramos, buscamos y no sabemos encontrar. ¿Dónde encontrarla, si no en la propia naturaleza?
    Me gustó mucho y ha sido todo un placer leerte.
    Un abrazo y buen resto de semana.

    ResponderEliminar
  6. Olá, Cidália!
    Por vezes, precisamos de um silêncio assumido, onde nos interrogamos e refletirmos, em saudável solidão.

    Gostei muito de ler.

    Continuação de boa semana!

    Beijinhos!

    Mário Margaride

    http://poesiaaquiesta.blogspot.com

    ResponderEliminar
  7. eu gosto do silêncio da natureza. belo poema. beijos, pedrita

    ResponderEliminar
  8. Belo poema, Cidália! :-)
    Boa noite!
    Beijinhos**

    ResponderEliminar
  9. A natureza nos dá a paz que sempre procuramos
    e o silêncio para acalmar nossos pensamentos.

    Um abraço

    ResponderEliminar
  10. Olá Cidália!
    Espero que esteja bem!
    Que lindo poema, gostei da comparação com a árvore!
    Beijinhos e continuação de boa semana!

    ResponderEliminar
  11. Lindo poema, Cidália!
    A natureza nos tranmite calma.

    Beijinhos e uma boa noite.

    ResponderEliminar
  12. Belíssimo poema, amei!
    Tenha uma boa noite Cidália!
    Beijos.

    ResponderEliminar
  13. Tão bonito!!

    Um dia feliz.
    http://www.opecadomoraemcasa.pt/

    ResponderEliminar
  14. Belo poema , Cidália. Envolvente , introspectivo. Amei ler e me transportei para o momento. A foto é linda e se assemelha a um local que passo diariamente. Abraços.

    ResponderEliminar
  15. As árvores que morrem sempre de pé.
    Bjs

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. As árvores morrem de pé em silêncio ou gritando audaciosamente?!

      Eliminar
  16. Um belo poema, com uma conclusão poeticamente interessante.
    Gostei imenso.
    Continuação de boa semana, querida amiga Cidália.
    Beijo.

    ResponderEliminar
  17. Fabulous poem. Trees provide fresh air, nothing beats nature. Best wishes.

    ResponderEliminar
  18. Tu poema de hoy me transmite paz.

    Gracias.

    ResponderEliminar
  19. Tudo se renova e encontra-se paz.
    Lindo poema!

    Beijinhos Cidália

    ResponderEliminar
  20. Belo poema, gostei muito

    Beijinhos e boa noite

    ResponderEliminar
  21. Saber viver... é um acto inteligente!!!
    Bj e o meu aplaudo!

    ResponderEliminar
  22. Muito belo, seu poema, querida Cidália!!!
    Beijinhos
    Valéria

    ResponderEliminar
  23. “Numa árvore onde o silêncio se torna audaz” é um título original e audaz… ficando sem compreender o sentido.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Claro esclarecer que compreendi a mensagem do poema, só fiquei um tanto confusa com a audácia e originalidade do título.

      Votos de um fim-de-semana feliz em cima de uma árvore 🌳 ouvindo o silêncio audaz.

      Eliminar
  24. Oi Cidália querida, bom dia!
    A imagem é linda e mesmo de longe nos transmite muita paz e o poema maravilhoso.
    Bjssss amiga e um ótimo FDS p/vcs

    ResponderEliminar
  25. Boa tarde Cidália,
    Um poema muito bonito.
    Gostei.
    Beijinhos e um bom fim de semana.
    Ailime

    ResponderEliminar
  26. Olá Cidália,
    Não podia terminar melhor a semana, com este brilhante poema! Gostei muito :)
    Feliz fim-de-semana!
    Beijinho

    ResponderEliminar
  27. Como escreveu o poeta Pablo Neruda «não há silêncio que não termine».
    Cidália, gostei deste lindo poema triste.
    Beijo, FELIZ fim-de-semana.

    ResponderEliminar
  28. Não sei qual nasceu primeiro, se a imagem ou o poema, mas estão ambos em perfeita comunhão.
    Parabéns Cidália.

    Um beijinho

    ResponderEliminar
  29. Silêncios fazem bem !
    que sejam assim quando a gente sente-se feliz 'no meio do nada'
    grande abraço Cidália

    ResponderEliminar
  30. Às vezes o silêncio é o melhor amigo! Belo poema!
    Bom fim de semana! Bjs

    ResponderEliminar
  31. Gosto do silêncio, e deste teu silêncio.

    Beijinhos e bom fim-de-semana!

    ResponderEliminar
  32. Há quem diga que a vida é uma ilusão. Talvez...
    Lindo poema minha querida, beijinho

    ResponderEliminar
  33. agradecendo a visita e desejando uma boa noite.
    Beijos

    ResponderEliminar
  34. Olá Cidália
    Linda postagem, o silêncio é necessário. Bjs querida

    ResponderEliminar
  35. Olá, Cidália!
    Passando por aqui, relendo este lindo poema que muito apreciei, e desejar um Feliz fim de semana!
    Beijinhos!

    Mário Margaride

    http://poesiaaquiesta.blogspot.com

    ResponderEliminar
  36. Muitas vezes precisamos desse silêncio.

    Um ótimo final de semana.
    Abraço

    ResponderEliminar
  37. Cidália
    Linda postagem, sem comentários
    Beijos
    Lua Singular

    ResponderEliminar
  38. É no silêncio que fazemos dentro de nós que a inspiração acontece. E foste muito bem inspirada, querida amiga, pra esse belo poema.
    Beijinhos e feliz final de semana pra nós, Cidália !!

    ResponderEliminar
  39. No silêncio da alma que se encontra a base mais sólida do viver,do repensar evolutivo.
    Belíssimo Cidalia.
    Beijo e paz no coração.

    ResponderEliminar
  40. Um poema sublime em plena sintonia com a beleza da foto.
    Beijinhos

    ResponderEliminar
  41. Boa noite de domingo, querida amiga Cidália!
    Como tenho apreciado o silêncio. Cura até um 💙 destroçado.
    Tenha uma nova semana abençoada!
    Beijinhos com carinho de gratidão e estima

    ResponderEliminar

A vossa visita e comentário é o balsamo que alimenta a minha alma... Muito obrigada. Todos os poemas expostos são de minha inteira autoria, no que, apenas deverão ser partilhados com os devidos créditos da Autora: DEP. Legal: 374 492/14 - Cidália Ferreira - (Eu) 😘