sexta-feira, 14 de dezembro de 2018

Perdi-me no vendaval

Rolou pelo meu rosto como a chuva que cai
Tocada pelo vento, em palavras de vendaval
Onde tanta alegria que sentia, assim se esvai
Junto com a chuva, um coração sentimental
*
Um sabor amargo, qual sal, em mar revolto
Ondas de magnitude que me levam o sorrir
Quando num soluço peço perdão, mas solto
Uma lágrima, de revolta, por não conseguir
*
Chove intensamente dentro do meu coração
Que se manifesta, no meu entristecido rosto
Não queria, nem pedi. Perdi-me na emoção
E rolou pelo meu rosto lágrima de desgosto.
****
Cidália Ferreira.

31 comentários:

  1. Muito triste, mas lindo como sempre! :) Beijinhos e boa noite.
    --
    O diário da Inês | Facebook | Instagram

    ResponderEliminar
  2. Tristeza...Inspiração linda e por vezes na realidade essas lágrimas até acontecem! beijos, chica

    ResponderEliminar
  3. Um poema triste mais bonito com palavras que fala ao coração, sentimentos, Cidália bjs.
    http://www.lucimarmoreira.com/

    ResponderEliminar
  4. Quando chove no coração... há muita tristeza!!!
    Bj e gostei de ler!!!

    ResponderEliminar
  5. https://poemasdaminhalma.blogspot.com
    Olá Cidália!
    Maravilhoso e belo poema, sentimental e triste, mas de excelente inspiração. gostei!
    Beijinho.
    Luisa

    ResponderEliminar
  6. Uma tristeza "tão bela"...

    Bjos
    Votos de uma boa noite

    ResponderEliminar
  7. Maravilhoso, sentido, muito sentimental, ilustre poema

    Gostei muito
    Bjo

    ResponderEliminar
  8. Tocou-me tanto.
    é uma verdade que aperta mesmo no coração...

    beijinhos

    Rafaela Borges || InstaGram || KnightLaand

    ResponderEliminar
  9. Poema forte amiga.
    As lágrimas de desgosto que ardem e refletem toda esta desarrumação do ser. Uma bela inspiração neste estado de coisa, que é melancolia.
    Carinhoso abraço amiga.
    Beijo e belo fim de semana com paz e amor.

    ResponderEliminar
  10. Boa noite flor muito sentimental bjs no teu coração

    ResponderEliminar
  11. Um poema algo triste numa época que devia ser de alegria.
    Bjs, bfds

    ResponderEliminar
  12. A passar por cá para conhecer mais um bonito poema.

    Isabel Sá
    Brilhos da Moda

    ResponderEliminar
  13. Momentos cinzentos...e escondem-se as lágrimas...
    Obrigada pela visita
    Beijos e abraços
    Marta

    ResponderEliminar
  14. Uma poesia melancólica, porém bonita.
    Espero que esteja bem.

    Um beijo,

    www.purestyle.com.br

    ResponderEliminar
  15. Está intenso, apesar de retratar um sentimento menos bom. Mas, às vezes, até os sentimentos negativos podem ser traduzidos com essa beleza. Beijinhos

    ResponderEliminar
  16. Sempre achei a poesia triste mais bela!
    =)
    Bjinhos ...Bom fim-de-semana
    Por aqui com, Calçadas usadas e outras paradas...

    ResponderEliminar
  17. Amiga querida, mais uma pérola de poesia! Uma linda inspiração! Bjuss

    ResponderEliminar
  18. Caros amigos leitores,

    convidamos-vos a ler o capítulo 3 do nosso conto escrito a várias mãos "Ecos de Mentes", que esta semana nos chegou pela mão da Carolina Lemos, interpretando a personagem Beatriz.

    Sempre com o mesmo carinho por vós,
    votos de excelente fim-de-semana!

    Saudações literárias!

    ResponderEliminar
  19. Quanta dor e tristeza contida nas palavras deste belo poema
    Bom fim de semana
    Beijinhos
    Maria
    Divagar Sobre Tudo um Pouco

    ResponderEliminar
  20. Poema bonito a desviar para uma tristeza melancólica...encantador
    Bjs

    Kique

    Hoje em Caminhos Percorridos - Imprensa reunida de urgência...

    ResponderEliminar
  21. Gostei bem do poema, da forma foi bem conseguido, embora deixe passar um certo ar de tristeza.
    Beijos

    ResponderEliminar
  22. Sempre um requinte o seu poetar amiga Cidália.
    Bjs-Carmen Lúcia.

    ResponderEliminar
  23. Olá Cidália,
    Embora triste, o poema
    tem muito lirismo
    e beleza...
    Tudo de bom pra você.
    Hoje e sempre!
    Beijos ;)

    ResponderEliminar
  24. Cidália!
    A melancolia do poema, condiz com a devastação trazida pelo vendaval interior.
    Parabéns!
    Desejo um ótimo final de semana!
    “Que os sinos natalícios anunciem as boas novas e te tragam um natal abençoado. Boas Festas!” (Priscilla Rodighiero)
    cheirinhos
    Rudy
    https://rudynalva-alegriadevivereamaroquebom.blogspot.com/2018/12/divulgacao-cultural-201-65-poetizando-e.html

    ResponderEliminar
  25. Um vendaval de emoções, em que cada palavra, revela a sua imensa sensibilidade, neste poema, Cidália!
    Gostei imenso!
    Beijinho
    Ana

    ResponderEliminar

A vossa visita e comentário é o balsamo que alimenta a minha alma...Muito obrigada. Todos os poemas expostos são de minha inteira autoria, no que, apenas deverão ser partilhados com os devidos créditos da Autora: DEP. Legal: 374 492/14 - Cidália Ferreira (Eu) 😘