terça-feira, 26 de maio de 2020

Vagueio na abstinência ...

****
Abro a janela e deixo a aragem entrar
Fecho os olhos, imagino no horizonte
Um paraíso onde a vida vai continuar
Onde quero sentir emoções do monte
*
Quero viver o presente, dum passado
Sem que a vida atrofie a minha alma
Sinto a janela abrir num tom versado
Onde a aragem me alimenta e acalma
*
As flores perseguem-me na inocência
Quando me deslumbro na observação
Toda esta energia me enche o coração
*
Abro a janela,  vagueio na abstinência
De olhar mudo, neste silêncio que dói
Mas que, um amanhã, algo se constrói
****
Cidália Ferreira

58 comentários:

  1. Uma janela linda que tão bem te inspirou! Lindo sentir em versos! bjs, chica

    ResponderEliminar
  2. janelas são mágicas. se cuida. beijos, pedrita

    ResponderEliminar
  3. A passar por cá para conhecer mais um bonito poema.

    Isabel Sá  
    Brilhos da Moda

    ResponderEliminar
  4. Abrir uma janela a fim de entrar o ar fresco e sair outros ares, é como abrir a janela do coração, quando se fala em poesia. A poetisa/poeta vê mais além numa questão lírica. Escreve o que sente, o que lhe vai na alma, deixando que saia por essa janela, todo um rol de sentimentos, que a/o invade.
    O presente poema é isso mesmo. A janela do coração abrindo-se para o mundo poético. Muito bonito de ler.

    Beijo

    ResponderEliminar
  5. Mais um poema interessante!
    Beijinho, boa semana.

    ResponderEliminar
  6. Abra as janelas do coração e deixe o sol entrar, deixe o amor entrar...
    Parabéns minha linda amiga, mais um belíssimo poema sensível e ao mesmo tempo doce...
    Eu ameiii

    Um grande abraço de Luz ❤️🎊🥀🌿🌷😍

    ResponderEliminar
  7. Tudo é passageiro. Dias melhores virão
    Beijinhos e uma maravilhosa semana

    ResponderEliminar
  8. Adorei! E adorava abrir a janela e ter essa vista =)

    Beijocas

    ResponderEliminar
  9. Olá Cidália,
    Compreendo tanto esta passagem: "Quero viver o presente, dum passado
    Sem que a vida atrofie a minha alma"
    Um Lindo poema para começar bem a semana!
    Fique bem, abraço carinhoso!

    ResponderEliminar
  10. Que chegue logo esses dias tão alegres.
    Lindas palavras amiga Cidália.
    Bjs-Carmen Lúcia

    ResponderEliminar
  11. vagueio entre a fé ou a esperança que uns dizem vã , em busca dessa aragem, desses dias quase inacreditáveis em que reclamávamos de tudo e de nada sem saber da sorte que tínhamos. Que se vão os dias da abstinência.

    ResponderEliminar
  12. Sentir a aragem de um amanhã a ser construído. Fabuloso!
    Você é a estrela rutilante que sabe versejar.
    Xeru Ci querida!

    ResponderEliminar
  13. é tao bom abrir uma janela podemos imajinar tanta coisa com ela aberta linda foto e lindo poema feliz semana bjs

    ResponderEliminar
  14. Um soneto brilhante.
    Gostei imenso, parabéns pelo talento.
    Querida amiga Cidália, tem uma boa semana.
    Beijo.

    ResponderEliminar
  15. Boa tarde de nova semana, querida amiga Cidalia!
    Nada atrofie sua inspiração, amiga.
    Amanhã, tudo se reconstruirá, se Deus quiser!
    Tenha dias abençoados!
    Bjm carinhoso e fraterno de paz e bem

    ResponderEliminar
  16. É preciso abrir todas as janelas ( as reais e as da alma) para deixar entrar a esperança em tempos melhores.
    Bjn
    Márcia

    ResponderEliminar
  17. Abrir esas ventanas y dejar pasar el aire fresco ...es una de las mejores cosas que podemos hacer en estos días ventilar el pasado y dejar hueco al presente ..
    Un abrazo y feliz semana.

    ResponderEliminar
  18. É o meu momento sublime a cada amamhecer. Belíssimo! Boa semana querida! Beijinhos

    ResponderEliminar
  19. Brilhante, Cidália.
    Beijinho e boa semana.

    ResponderEliminar
  20. Muito lindo!! Parabéns poetisa talentosa!
    Beijinhos,excelente semana

    ResponderEliminar
  21. Há que sempre acreditar num amanhã melhor.
    Bonito poema

    Beijinhos Cidália

    ResponderEliminar
  22. Quando uma janela não abre, há sempre outras que abrem. Não se pode desistir à primeira tentativa.

    Belo poema.
    Boa continuação.
    Beijinhos

    ResponderEliminar
  23. Olá amiga,
    Um soneto belo que oferece prazerosa leitura. Que assim seja , que a esperança de dias melhores não arrefeça,tudo é passageiro. Parabéns pela lírica inspiração.

    Bjse boa semana, com as graças de Deus!

    ResponderEliminar
  24. Por las ventanas siempre fueron los lugares por donde entro el aire fresco y a ti te trajo un bello poema.

    Saludos.

    ResponderEliminar
  25. Gostei muito

    Beijinhos de Boa e Santa Noite :) Boa semana

    ResponderEliminar
  26. Um poema muito interessante.
    Abraço, saúde e boa semana

    ResponderEliminar
  27. O amanhã virá com novas possibilidades.
    Boa noite. Bjs.

    ResponderEliminar
  28. Amiga Cidália Ferreira,
    Estamos todos abrindo nossas janelas e fechando os olhos, na esperança que tudo isso que hoje vivemos, não passe de um pesadelo... Que vamos acordar dele e seguir no horizonte, neste paraíso onde a vida vai continuar... Onde queremos todos sentir emoções no amanhã, onde algo sempre se constrói (e que seja breve esse reconstruir).
    Gostei muito dos teus versos!
    Beijos! E cuide-se!!!

    ResponderEliminar
  29. Deng Xiaoping dizia que devamos abrir a janela e entrar ar fresco.
    Mesmo que também entrem moscas.
    Bjs, boa semana

    ResponderEliminar
  30. Abres la ventana a la imaginación y que bello poema has creado. Cuídate amiga, esperemos. Saludos.

    ResponderEliminar
  31. Bonito soneto.
    Agradeço a simpatia no comentário deixado no meu blogue.
    Um abraço.

    ResponderEliminar
  32. Tão bonito!!
    Beijinhos e boa semana.
    http://www.opecadomoraemcasa.pt/

    ResponderEliminar
  33. Uma encantadora aragem poética... com aromas de esperança, nesta bela inspiração, Cidália!
    Gostei imenso! Beijinhos! Votos de uma feliz e criativa semana, com saúde para todos!
    Ana

    ResponderEliminar
  34. Haja esperança, Ci, a abstinência vai passar qualquer dia!!

    Abraço grande

    ResponderEliminar
  35. Sempre e sempre poetizando com inesgotável criatividade,
    pelo que, o confinamento deve ser leve...

    Doa semana, com dias confortáveis...
    Beijinhos
    ~~~~

    ResponderEliminar
  36. Há que abrir as janelas e deixar entrar a aragem da esperança.
    Lindo soneto
    Beijinhos

    ResponderEliminar
  37. A esperança é tudo neste momento.
    Um soneto cheio de inspiração e muito bem rimado.
    Boa semana.
    Obrigada pelas visitas.
    Beijinhos
    :)

    ResponderEliminar
  38. Abstinência nos sentimentos e nas ações , é que tenho visto... Gostei muito!

    ResponderEliminar
  39. so nice post :) I follow you # 737 , follow back?

    https://insandfashion.blogspot.com/

    ResponderEliminar
  40. Boa tarde, Cidália
    Lindo poema e a imagem também. Bjs querida.

    ResponderEliminar
  41. Ah, como gosto deste olhar pela janela até onde a vista alcança. E no fundo calmo do coração brota uma doce esperança.

    Muito lindo amiga querida.
    Beijo

    ResponderEliminar
  42. Também quero abrir a janela e sentir-me assim. Gostei
    um beijinho e uma boa semana

    ResponderEliminar

  43. Cara Cidália

    Adorei este seu poema que nos diz tanto. A abrirmos os nossos horizontes
    algo mais se junta às nossas ideias e à maneira de ver o mundo. E o amanhã
    se apresentará mais leve e profícuo.

    Beijo

    Olinda

    ResponderEliminar
  44. Oi Cidália,
    Uma linda poesia!
    Cada dia se esmerando mais!!
    Que tenha um lindo dia
    Beijos no coração
    Lua Singular

    ResponderEliminar
  45. Uma sensibilidade linda!!!

    bjokas =)

    ResponderEliminar
  46. Que belo poema :)

    Beijinhos de boa noite

    ResponderEliminar
  47. Vim de chapéu na mão e olhos nós
    pés pra te pedir perdão. Perdão se
    ofendi uma das pessoas honradas a
    quem tenho um grande respeito.
    Perdoa se me atrevi dizer qualquer
    coisa que desse margem a duplo
    entendimento ou melhor; eu quis
    dizer "fofinha" quando saiu a palavra
    indevida.
    Se me perdoar, continue mantendo
    meu nome na sua lista de amigos,
    mas se entender que para o estrago
    não tem perdão, desculpa.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Muito bem. A conversar é nos entendemos! Obrigada.

      Eliminar
    2. Eu não tenho a habilidade dos jovens no
      uso do celular, por isso deixei-me trair
      pelo corretor de palavras. Volta a te
      pedir desculpas e agradecer por estares
      pensando no assunto.
      Muito obrigado.

      Eliminar
    3. Que pena. Acho que não me perdoou.

      Eliminar
  48. Amei, também quero "quero sentir emoções do monte"
    Lindo.

    ResponderEliminar
  49. Um lindo poema sempre um prazer voltar aqui
    Bjs
    Kique

    Hoje em Caminhos Percorridos - Como elogiar uma mulher...

    ResponderEliminar

A vossa visita e comentário é o balsamo que alimenta a minha alma...Muito obrigada. Todos os poemas expostos são de minha inteira autoria, no que, apenas deverão ser partilhados com os devidos créditos da Autora: DEP. Legal: 374 492/14 - Cidália Ferreira (Eu) 😘