quarta-feira, 20 de maio de 2020

Intempéries no sentimento imaturo


****
Em cada dia que termina, existe uma incerteza
A saudade de ter deixado para trás um passado
Uma vida em liberdade agitada... e com beleza
Tudo ficou, se transformou, tudo é tão pausado
*
Tudo parece pouco quando já se aprendeu tanto
Tudo deixa saudade quando num sopro se sente
Nada mais é igual, ou será melhor por enquanto
Se reaprendermos e alimentarmos a nossa mente
*
A cada dia que nasce é uma nova aprendizagem
É viver um novo tempo, num tempo sem futuro 
Vencer o medo a cada dia que passa, ter coragem
De enfrentar intempéries no sentimento imaturo
*
Entre ramos escondidos existe um sol que se vai
Existe uma brisa que refresca o pensamento vão
Entre tantos momentos uma nova vida nos atrai
A cada dia que nasce e termina... tudo é gratidão
****
Cidália Ferreira

38 comentários:

  1. Ese sol que se esconde,dejemos que salga cada día aunque sea un poquito para darnos esos rayos de luz para poder seguir en el camino de nuestras vidas ..
    Un abrazo y feliz noche.

    ResponderEliminar
  2. Boa noite de paz e esperança, querida amiga Cidália!
    Gosto dos versos finais quando aparece a palavrinha mágica que nos enche de alegria: gratidão.
    Tenha uma noite abençoada!
    Bjm carinhoso e fraterno de paz e bem

    ResponderEliminar
  3. Que belo poema

    Boa noite :)

    Beijinhos de uma Santa Noite :)

    ResponderEliminar
  4. Lindo poema Cidália
    Gostei
    Bjs
    Kique
    http://caminhos-percorridos2017.blogspot.com/

    ResponderEliminar
  5. Bom fim de noite Cidália.
    O lindo é este poder/aprender alimentar a mente em cada dia.
    Muito lindo poema.
    Beijo.
    Tudo vai ficar bem no aprendizado.

    ResponderEliminar
  6. Que cada novo dia seja mesmo um recomeço.
    Bjs

    ResponderEliminar
  7. Cada día hay algo que aprender. Precioso poema amiga. Saludos.

    ResponderEliminar
  8. A vida é composta por uma permanente aprendizagem. Não se deve esquecer o passado, mas sim, com ele, aprender a viver o presente, e preparar melhor o futuro.

    Oxalá que tudo volte a ser livre e o sorriso volte aos lábios ... de forma visível, sem máscara nem viseira.

    Beijo

    ResponderEliminar
  9. A vida é feita de incertezas....

    Isabel Sá  
    Brilhos da Moda

    ResponderEliminar
  10. Dias incertos não podem nos afastar da gratidão por tudo já vivido e pelos dias que virão.
    Xeru

    ResponderEliminar
  11. Estamos sempre a aprender...

    Bonito poema sentido.

    Beijinhos :)

    ResponderEliminar
  12. Entre tantos ramos, há sempre o sol a acreditar! bjs, chica

    ResponderEliminar
  13. A cada renasce do dia é uma nova aprendizagem... Um novo recomeço!

    Parabéns, maravilhoso poema!

    Um grande abraço de novos recomeços.

    ResponderEliminar
  14. Jamais seremos perfeitos...
    Mas podemos tomar a iniciativa de melhorar todos os dias!

    ResponderEliminar
  15. Só de se saber que há sempre um novo recomeço, vale sempre a pena.

    Beijocas

    ResponderEliminar
  16. Tudo se resume em “gratidão “... Um poema bonito, Cidália, o porvir, certamente, está nas mãos do Deus bondoso!
    Boa quarta-feira... Muita saúde e vivas inspirações...

    ResponderEliminar
  17. lindo poema, lindo título. tem horas q é difícil olhar o passado, mas anda mais difícil olhar o futuro. estou tentando olhar um dia de cada vez. se cuida. beijos, pedrita

    ResponderEliminar
  18. Bom dia querida Cidália.

    O poema é lindo e sentido, sem esses fatos passados não se tem história pra contar, bom é poder agradecer ao invés de lamuriar. Um jóia poética e brilhante.

    Tenha um feliz dia flor!

    Bjsss

    ResponderEliminar
  19. as suas palavras conseguem sempre aquecer-nos a alma, como uma lição de vida.

    ResponderEliminar
  20. Bom dia, como tem passado?

    Pois sim, amiga! Gratidão pelo poema e poema música!

    Tenha um bom resto de semana!

    ResponderEliminar
  21. Nesse cotidiano anômalo que ainda vivemos (sairão primeiro, benza Deus), os dias tem que sempre ser um renascer, embora tão iguais...
    Abraços.

    ResponderEliminar
  22. Cidália, precisava tirar a máscara pra sacanear
    o velho, precisava?(risos)
    Tinha de ser você pra falar o que disse.
    Te amo, poeta. Beijos.

    ResponderEliminar
  23. Bem verdade :) um dia de cada vez e aprender todos os dias :)

    Beijinhos

    ResponderEliminar
  24. Agradecer sempre, querida Cidália.
    Belíssimo poema.
    Um carinhoso abraço
    Verena

    ResponderEliminar
  25. Cidália,
    esperança e gratidão
    são sempre as melhores
    companhias para os versos.
    Bjins
    CatiahoAlc.

    ResponderEliminar
  26. Que beleza este seu belo e verdadeiro poema minha amiga!
    A vida é mesmo assim!
    Só nos resta esperar sem nunca saber o quê!
    Resta-nos a esperança, que venham dias melhores!
    Beijinhos com carinho. Fique bem.

    ResponderEliminar
  27. a minha avo dizia aprendemos até morrer e penso que é verdade adorei o teu poema bjs

    ResponderEliminar
  28. Parabéns amiga. Que apesar de tudo o ano que tem pela frente, seja de saúde e boa inspiração.
    Abraço e saúde

    ResponderEliminar
  29. Esperança e esperar!
    Vencer o medo está difícil,mas temos que confiar em Deus e acreditar que tudo isso vai passar e uma luz solar,tornará brilhando em nossas vidas.
    Lindo poema amiga Cidália.
    Bjs-Carmen Lúcia

    ResponderEliminar
  30. CIDÁLIA!
    Mesmo com as intepéries, o sol sempre brilha.
    #FiqueEmCasa
    cheirinhos
    Rudy

    ResponderEliminar
  31. Um poema para pensar - gostei pela ideia de se sentir gratidão e pela esperança
    um beijinho

    ResponderEliminar
  32. Excelente poema, como sempre!!!!!

    Continuas com maravilhosas inspirações e fortes emoções!

    Beijinho grande

    ResponderEliminar
  33. Sensória e belíssima percepção sobre a premente necessidade
    de vivermos com gratidão e sempre com esperança no porvir.
    Meus efusivos parabéns, Cidália, um terno abraço e ótima semana.

    ResponderEliminar
  34. Apesar destes tempos diferentes... tudo é caminho... aprendizagem... e esta fase também passará!
    Uma belíssima inspiração, que tão bem traduz as emoções e inquietações do momento...
    Um beijinho grande! Daqui a pouco estarei de volta por aqui, apreciando os demais posts que por aqui se me têm escapado, nestes tempos, em que as novas rotinas de precaução, aqui por casa... me deixam às vezes, em estados de pura exaustão!... Mas fazer o quê? É por uma boa causa!...
    Até já!
    Ana

    ResponderEliminar
  35. Cada dia que nasce pode ser um novo começar.
    Maravilhoso poema
    Beijinhos

    ResponderEliminar

A vossa visita e comentário é o balsamo que alimenta a minha alma...Muito obrigada. Todos os poemas expostos são de minha inteira autoria, no que, apenas deverão ser partilhados com os devidos créditos da Autora: DEP. Legal: 374 492/14 - Cidália Ferreira (Eu) 😘