terça-feira, 5 de novembro de 2019

A melodia do Outono.

Ondulam as águas espelhadas de amor
Rodeadas de árvores d'mera despedida
Um começo de outono, de isento calor
Caem as folhas roupagem de uma vida
*
Abrem-se caminhos por breves instantes
Caminhos trilhados, misteriosa natureza
Preservando momentos mais instigantes
E tantas vezes, se abraçam, com firmeza
*
Caem folhas sobre as águas espelhadas
As cores, o cheiro e o fresco da estação
A melodia, uma brisa, folhas matizadas
Esperando a natureza noutra vegetação
*
Atravessam-se as pontes, sinais do tempo
Os tempos que despem qualquer arvoredo
Não fosse o meu olhar singelo mas atento
Ficaria meu coração apenso num segredo
****
Cidália Ferreira

43 comentários:

  1. O outono é inspirador e tua poesia mostra que até sua melodia podemos ouvir! bjs, linda semana! chica

    ResponderEliminar
  2. Gostei muito desta sua "melodia de outono" e da melancolia que ela contém…
    Uma boa semana.
    Um beijo.

    ResponderEliminar
  3. São as cores da melancolia, lindas, sem dúvida, mas a mim criam um não sei quê a que não sei dar nome, mas me entristece.
    Lindas palavras, Cidália
    Bom dia

    ResponderEliminar
  4. Uma melodia para se ouvir através das suas palavras amiga Cidália.
    Adorei.
    Bjs-Carmen Lúcia.

    ResponderEliminar
  5. Adoro o outono mas não posso descrever com as suas palavras
    beijo

    ResponderEliminar
  6. Uma estação bem representada no poema.
    Boa tarde!
    :)

    ResponderEliminar
  7. Bela imagem e um belo poema também!

    Isabel Sá  
    Brilhos da Moda

    ResponderEliminar
  8. É, infelizmente todo se vai, é triste, mas, é a vida, é a única forma da vida se renovar... Beijinhos com carinho!!!

    ResponderEliminar
  9. I like your blog, its really dope.

    Do you want to follow each other?

    If you want, than follow me, and let me know in comments, so I can follow you back with pleasure.

    We can follow each other on Instagram @dujovicandjela, let me know in the comments so I can follow you back.



    https://bekleveer.blogspot.com/

    ResponderEliminar
  10. eu adoro o outono e este poema esta mt bonito bjs

    ResponderEliminar
  11. Um poema lindo como as cores do Outono! :) Beijinhos e boa semana.
    --
    O diário da Inês | Facebook | Instagram

    ResponderEliminar
  12. Esse poema não é engano,
    esse poema é verdadeiro
    porque estamos no Outono
    foi-se o Verão soalheiro!

    Tenha uma boa noite cara amiga Cidália Ferreira. Beijos.

    ResponderEliminar
  13. Que belo poema ;)

    Beijinhos e boa semana

    ResponderEliminar
  14. Um bonito e belo poema
    Bjs
    Kique

    Hoje em Caminhos Percorridos - Eu avisei... Ou não avisei!!!!

    ResponderEliminar
  15. Boa noite, Cidália!
    Um belo poema, que se inicia com estes versos:

    “Ondulam as águas espelhadas de amor
    Rodeadas de árvores d'mera despedida”

    Uma boa semana querida amiga Cidália, com alegria e paz.
    Um beijo.
    Pedro

    ResponderEliminar
  16. Uma Estação muito agradável em Macau.
    Bjs, boa semana

    ResponderEliminar
  17. Gosto do poema, mas cada vez gosto menos do Outono que sempre me deixa de rastos e presa por linhas à espera do ultimo abanão como as folhas mortas.
    Abraço

    ResponderEliminar
  18. O outono é sempre uma boa inspiração para belos poemas como este.

    Beijos Cidália

    ResponderEliminar
  19. O outono poetizado em fantasia romântica...
    Lindo...
    Beijos
    ~~~~~~~~~~

    ResponderEliminar
  20. Boa noite, Cidália!
    Que lindo o seu poema, adorei!
    Também quero agradecer-lhe as suas visitas, e comentários,
    que tem deixado lá no meu cantinho, fico muito grata������
    Um beijo com meu carinho, de paz e bem��������

    ResponderEliminar
  21. Gostei bastante do artigo de hoje, sempre estou aqui acompanhando seu blog. Tenho aprendido muitas coisas legais aqui e te agradeço por compartilhar...

    Beijos 😘.

    Meu Blog: Dicas da Web

    ResponderEliminar
  22. mais um bonito poema:))

    Do nosso Poeta - Gil António:- Flor Esquecida

    Bjos
    Votos de uma óptima noite.

    ResponderEliminar
  23. Oi Cidália,
    Esplêndida poesia!
    Aqui ficamos sem internet quase o dia todo, fui dormir, agora voltou.
    Beijos no coração
    Lua Singular

    ResponderEliminar
  24. Um poema para aquietar a alma!!
    Belo demais poeta!!

    Um abraço!

    ResponderEliminar
  25. Bello poema dedicado al otoño este que nos dejas en esta ocasión.

    Saludos.

    ResponderEliminar
  26. Oi Cidália
    Desculpe a demora
    Problema com o computador
    Sua poesia é linda demais
    Beijos no coração
    Lua Singular

    ResponderEliminar
  27. Oi Cidália
    O que aconteceu com seu outro blog, não tinha nada.
    Essa poesia é um primor
    Beijos no coração
    Lua Singular

    ResponderEliminar
  28. Oi Cidália,
    Que maravilhosa poesia!
    Gostei demais
    Beijos no coração
    Lua Singular

    ResponderEliminar
  29. Oi Cidália
    Já deve estar dormindo
    Desejo-lhe uma ótima segunda-feira
    Beijos
    Lua Singular

    ResponderEliminar
  30. Oi Cidália,
    Fui no outro blog e sumiram todas as imagens...
    O que aconteceu?
    Beijos
    Lua Singular

    ResponderEliminar
  31. Tal como o Outono, um poema nostálgico e belo.
    Beijinhos
    Maria

    ResponderEliminar
  32. Ai que maravilhoso!!!!!
    Adorei!!!! Uma inspiração nostálgica e divina!

    Beijinho grande

    ResponderEliminar
  33. É uma poetisa competente
    Continue assim
    Que aconteceu com o outro blog, vou lá, mas....
    Beijos no coração
    Lua Singular

    ResponderEliminar
  34. Oi Cidália,
    Estupenda poesia!
    Beijos
    Lua Singular

    ResponderEliminar

A vossa visita e comentário é o balsamo que alimenta a minha alma...Muito obrigada. Todos os poemas expostos são de minha inteira autoria, no que, apenas deverão ser partilhados com os devidos créditos da Autora: Cidália Ferreira (eu) 😘