segunda-feira, 28 de outubro de 2019

O Tempo caminha sozinho...

****
De costas voltadas ao meu destino
Entre meros e insanos pensamentos
Vidraças envelhecidas, estilhaçadas
Árvores, com velhas folhas, já caídas
Onde tudo me faz vaguear em desatino
*
Olho para além do meu horizonte
Não encontro as palavras certas
Para decifrar este sentimento
Que me causa estranheza constante
E tudo o que vejo aparece defronte
*
Há uma ponte que separa um caminho
De tudo, o que já fantasiei
Hoje, apenas lembranças existem
Nada mais é meu, tudo perdi
Hoje, apenas o tempo caminha sozinho
****
Cidália Ferreira.

36 comentários:

  1. Hoje o tempo caminha sozinho, ou somos nós que o fazemos?
    Abraço e bom domingo

    ResponderEliminar
  2. O tempo caminha sempre sozinho. Apenas na sua viagem tem por vezes a nossa companhia.
    Gostei de ler o poema. Mensagem triste de um coração, quiçá poético, que se deixa "embalar" pelos ventos dos tempos Outonais.

    Votos de um domingo perfeito.

    ResponderEliminar
  3. É verdade..Ele caminha e nós temos que correr com ele,rs..Linda! bjs, chica

    ResponderEliminar
  4. Com belas imagens de Outono as lembranças,
    de tudo quanto fomos e vivemos, há saudade.
    Um querer reviver e a vida segue seu curso.
    Belo trabalho Cidália com aplausos.
    Bom domingo de feliz semana com leveza e poesia.
    Beijo amiga.

    ResponderEliminar
  5. Uma inspiração digna de aplausos amiga Cidália.
    Bjs e um ótimo domingo.
    Carmen Lúcia.

    ResponderEliminar
  6. Mais um de seus maravilhosos poemas, Cidália.
    Lindo!
    Um carinhoso abraço de
    Verena.

    ResponderEliminar
  7. Esse será o pior dos enganos, porque nos enganamos a nós mesmos. É que, nunca nada é ou foi nosso. Quando conseguirmos interiorizar isso, o sentimento de perda, deixará de existir.

    Boa tarde, Cidália

    ResponderEliminar
  8. Vejo que a amiga tem mudado a temática dos poemas..as rimas estão diferentes... o encadeamento das rimas está diferente!!!
    Mas a qualidade lírica continua impecável!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. É para não ser sempre a mesma coisa! Para os meus leitores, como o Sr, não se cansarem! Lool

      Beijos. Bom Domingo.

      Eliminar
  9. Por vezes, é tão difícil decifrar os sentimentos.
    Quando tal acontece, dá-se início a um caminho por vezes com pouca magia.

    ResponderEliminar
  10. Em nossa vida só as lembranças que caminha com a gente, pois elas existem, Cidália bjs.
    http://www.lucimarmoreira.com/

    ResponderEliminar
  11. Meu coração já sentia a dor da saudade
    A falta de todos amizades
    ficaram distante num imenso vasio.
    È maravilhoso quando sentimos
    a presença de Deus.
    Deus me fortaleceu .
    Da vida, não quero muito.
    Quero apenas saber que tentei de tudo ..
    Tive tudo o que pude. Amei tudo o que valia a pena.
    E perdi apenas o que, no fundo, nunca foi meu.
    Um abraço saudoso com amor..

    ResponderEliminar
  12. Boa tarde Cidália,
    Um lindo poema.
    O tempo caminha, arrastando-nos.
    Beijinhos e boa semana.
    Ailime

    ResponderEliminar
  13. A tristeza em forma de poema, tem beleza.
    Beijinho

    ResponderEliminar
  14. Lindo poetar, amiga. Sempre com toques de tristeza,mas pérolas poéticas!


    Obrigada pela visita e volte sempre

    Beijos sabor carinho e uma nova semana de paz e alegrias

    Donetzka


    Blog Magia de Donetzka

    ResponderEliminar
  15. A começar a semana com a alma em tons de cinzento?
    Vamos levantar esse astral.
    Bjs, boa semana

    ResponderEliminar
  16. Oi Cidália
    Linda e triste a sua poesia
    Enquanto estamos vivos, vamos clareando nossos pensamentos.
    Gostei muito
    Beijos
    Lua Singular

    ResponderEliminar
  17. Mas encontrou as palavras certas para decifrar o que sente… Gostei muito.
    Uma boa semana.
    Um beijo.

    ResponderEliminar
  18. o tempo é o que nos falta mtas vezes adorei bjs

    ResponderEliminar
  19. A vida é feita a caminhar. Triste é quando não se consegue chegar ao destino almejado. Gostei de ler

    Bjos

    ResponderEliminar
  20. Inicia a semana com mais um lindo poema! :) Beijinhos e boa semana.
    --
    O diário da Inês | Facebook | Instagram

    ResponderEliminar
  21. Lindas poesias em seu blog,adorei conhecer.Obrigada pela visita!

    ResponderEliminar
  22. O tempo que segue sem detença, na sentença de não poder voltar.

    Te convido para ler: 😎 Devaneio de poeta, desvaneio de alguém.
    Um abraço. Tudo de bom.

    ResponderEliminar
  23. Que Belo Poema para começar a semana

    Beijinhos

    ResponderEliminar
  24. Lindo, mas triste...

    Depois de uma breve ausência (doente), estou de volta. O Gil com muito trabalho, incumbiu-me de vos visitar... Hoje numa passagem rápida. Espero que entendam...

    Hoje, do Gil António :-O amor e a sua ausência

    Bjos
    Votos de uma óptima Noite.

    ResponderEliminar
  25. Por vezes é dificil percorrer certos caminhos e descobrir onde nos levam.

    Triste o poema, mas lindo.

    Beijinhos Cidália

    ResponderEliminar
  26. un hermoso poema nos vuelves a dejar en esta ocasión dedicado al tiempo.

    Saludos.

    ResponderEliminar
  27. Um tema interessante e a sua poesia bastante expressiva.
    Gostei.
    Beijos
    ~~~

    ResponderEliminar
  28. Lindo poema, foi um prazer visitar esse blog, as palavras invadiram meu coração como uma brisa suave, me deixando muito feliz...

    ResponderEliminar
  29. Cidália!
    O destino traz tantas supresaas imprevisíveis, parabéns!
    Feliz novembro.
    cheirinhos
    Rudy

    ResponderEliminar

A vossa visita e comentário é o balsamo que alimenta a minha alma...Muito obrigada. Todos os poemas expostos são de minha inteira autoria, no que, apenas deverão ser partilhados com os devidos créditos da Autora: DEP. Legal: 374 492/14 - Cidália Ferreira (Eu) 😘