terça-feira, 23 de maio de 2017

Neste meu desassossego inebriante

É em noite escura que te mostro a beleza
Do meu corpo em constante desassossego, 
É neste silêncio em que sinto o desejo
Dos recantos do teu corpo em labirinto,
És a força do meu constante pensamento
Imaginando, cada poro teu, sendo meu
Onde me perco nos momentos mais famintos
Neste meu silêncio de iluminado desejo
Pelos devaneios... a lembrança do teu beijo
.
É em noite escura que iluminas minha mente
Neste meu desassossego inebriante
Que incendeia com palavras simplesmente
Este meu imaginário vagabundo,
És a força deste meu tanto querer
Onde habitas, no pensamento mais profundo,
É o teu corpo um pedaço instigante
Que me leva à loucura, ardentemente
Pelos devaneios, e segredos do meu prazer.
***
Cidália Ferreira

28 comentários:

  1. Um poema ... uma obra de arte ... lindo de ler e de imaginar uma pessoa dentro do contexto

    Beijuuuuuuuuuuuuuuuu

    ResponderEliminar
  2. O que dizer? MARAVILHA!!1 bjs, chica

    ResponderEliminar
  3. AMAR e sentir Prazer é uma maravilha tal como ler a sua poesia!bj

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Aquela receita é com curgete...pois ainda não nasceram as beringelas! Bj

      Eliminar
  4. "É em noite escura que iluminas minha mente"

    :)

    ResponderEliminar
  5. Que maximo arrasou como sempre amiga, obrigado pela visita.
    Blog: https://arrasandonobatomvermelho.blogspot.com.br/
    Canal:https://www.youtube.com/watch?v=DmO8csZDARM

    ResponderEliminar
  6. O amor que extasia e inebria a sensibilidade da poetisa que inunda com grande lirismo o desejo que embriaga a alma nas noites desassossego. Belíssimo, Cidália
    Beijos e um dia iluminado

    ResponderEliminar
  7. Belo poema, Cidália. Gostei.
    Uma boa continuação da semana.
    O meu abraço.

    ResponderEliminar
  8. Um poema bem sensual Cidália,repleto de romantismo e desejos.
    Adorei!
    Bjs-Carmen Lúcia.

    ResponderEliminar
  9. Li e ouvi a sinfonia do amor neste excelente e sensual poema.

    Beijinhos.

    ResponderEliminar
  10. Que lindo poema, é sempre um prazer ler estes poemas! :) Beijinhos
    --
    O diário da Inês | Facebook | Instagram

    ResponderEliminar
  11. Lindíssima poesia de amor e paixão
    Esquentou até meu rosto.kkk
    Beijos
    Lua Singular

    ResponderEliminar
  12. OI CIDÁLIA!
    SENSUALIDADE SAINDO PELOS POROS.
    LINDO AMIGA.
    ABRÇS
    http://zilanicelia.blogspot.com.br/

    ResponderEliminar
  13. Muito bonito! Parece quase como o desvendar de um mistério na noite companheira! =)
    Beijinhos

    ResponderEliminar
  14. Fico sempre sem palavras ao ler os teus poemas, sempre cheios de emoção e muitos sentimentos

    Beijinhos Cidália

    ResponderEliminar
  15. Oi Cidália,
    Lindo e intenso poema...
    onde há predominância de amor e desejo!
    Parabéns pela inspiração...
    Beijos!

    ResponderEliminar
  16. Sensual na medida certa.

    bjokas amiga =)

    ResponderEliminar
  17. Cara amiga Cidália, mestra dos versos apaixonados, estás a nos doar mais um belo poema. Um abraço daqui do sul do Brasil. Tenhas uma linda tarde.

    ResponderEliminar
  18. um poema diferente,do que estou habituada a ler da autora
    este é terno e sensual qb.
    gostei
    beijinho
    :)

    ResponderEliminar
  19. Adorei, o fogo do desejo retratado de forma sublime!
    Beijinho

    ResponderEliminar
  20. Brava Cidália Ferreira!
    Lindos teus versos de amor
    Que instiga o amante e se for
    Ao ápice, excita, pois queira

    Ou não, na fronteira
    Existe o calor
    A encandecer ao furor
    O sexo posto à fogueira

    Do amor ao exposto amante
    Sob o calor abrasante
    Que quer do amor o gozo

    Que o instinto o leva adiante
    Até à plena e bastante
    Exaustão do ser fogoso.

    Grande abraço. Parabéns! B.f.d.s. Grato. Laerte.

    ResponderEliminar
  21. Sensual, apaixonado e belo poema
    Beijinhos
    Maria

    ResponderEliminar
  22. Paixão e arrebatamento, no seu melhor!...
    Um poema maravilhoso!... E em jeito de declaração de amor...
    Adorei cada palavra! Beijinhos
    Ana

    ResponderEliminar
  23. Sensualidade, desejo e paixão...juntos são fogo que arde sem se ver!
    Que rico poema com nota máxima!Adorei e o título é fascinante!
    Um abraço grande amiga!

    ResponderEliminar
  24. Levemente erótico, como eu gosto...

    ResponderEliminar